verticalização
Por: Tiago Reis

Verticalização: entenda como funciona esse conceito produtivo

Verticalização é uma das maneiras de realizar a organização empresarial. Esse método pode ser eficaz dependendo do setor de atuação da empresa e sua estratégia.

Assim, a verticalização afeta diretamente o modo com que o negócio funciona. Atualmente, existem diversas companhias no mercado financeiro com essa estrutura.

O que é verticalização?

Verticalização é uma metodologia empresarial que centraliza a cadeia de produção. Diferentemente da horizontalização, a empresa verticalizada realiza desde a produção da matéria-prima até a distribuição dos produtos.

E-book: Comece a Investir na Bolsa

Comece a investir! Saiba tudo que você precisa saber para dar os seus primeiros passos na Bolsa com o nosso Manual Gratuito do Investidor Iniciante!

Para decidir se essa estratégia vale a pena, é importante compreender suas vantagens e desvantagens.

Vantagens da verticalização

Ao optar pela verticalização, as companhias conseguem ter maior domínio sobre seus processos. Existem algumas vantagens da verticalização em relação à horizontalização:

1. Maior controle sobre a cadeia produtiva

Ao realizar a verticalização da produção, é possível ter controle completo interno sobre a cadeia produtiva. Dessa forma, é possível administrar melhor o volume de produção e identificar gargalos no sistema.

2. Controle do estoque

Em um sistema verticalizado, a companhia armazena todos os seus produtos e matérias-primas. Dessa forma é possível ter:

  • Maior visibilidade de todos produtos armazenados;
  • Enxergar ineficiências;
  • Dar vazão a estoque antigo através de ações promocionais.

Uma das maneiras de realizar a organização física do estoque é através da verticalização de estoque. Esta é uma forma eficiente de aumentar o aproveitamento da área de armazenamento e pode ser utilizada nas organizações verticalizadas.

3. Independência de terceiros

Por realizar tudo internamente, a verticalização nas empresas não depende do envolvimento de outros stakeholders para realização das atividades. Dessa forma, a instituição consegue ter mais segurança sobre qualquer tipo de prazo relativo à entrega de produtos aos seus clientes.

Com maior compromisso relativo às entregas, ocorre um aumento do grau de confiabilidade dos consumidores, o que pode acarretar um acréscimo no faturamento da companhia.

Investindo em Fundos Imobiliários

Desvantagens da Verticalização

Apesar dessas vantagens, as desvantagens da verticalização também existem e não podem ser ignoradas. Entre elas podemos destacar:

1. Diminuição da qualidade do produto

Ao centralizar a maior parte da cadeia produtiva da empresa, é necessário realizar a gestão de várias tarefas diferentes. Pelo seu grau de diferenciação, torna-se difícil a especialização em diversos setores, o que pode causar uma diminuição na qualidade do produto.

2. Aumento da estrutura da empresa

Caso a organização decida realizar a verticalização empresarial, o esperado é que seja preciso aumentar sua estrutura. Além de investimento em Capital Expenditure (CAPEX), pode ser necessária a contratação de novas pessoas para gestão e operação desses ativos adquiridos.

3. Necessidade de capital de terceiros

Como o investimento no crescimento de sua estrutura pode ser significativo, é possível que a empresa não tenha recursos próprios para arcar com essas necessidades. Assim, seria preciso buscar financiamento empresarial para sua expansão, o que demanda planejamento financeiro extra e implica em gastos com juros.

Caso os ganhos no resultado após a verticalização não compensem o custo do capital externo, a instituição terá que arcar com um peso maior nas suas obrigações financeiras, por conta desses empréstimos de terceiros.

Análise de viabilidade da verticalização

Depois da análise das vantagens e desvantagens, o empresário deve realizar um estudo e verificar a viabilidade da implementação da verticalização. Para isso, deve-se entender em sua estrutura organizacional quais áreas podem se beneficiar desse tipo de estratégia.

Foi possível conhecer melhor a verticalização? Deixe suas dúvidas nos comentários a seguir.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

206 artigos
Ações

FIIs

53 artigos
FIIs

GARANTA ACESSO AOS DESCONTOS EXCLUSIVOS DA CYBERWEEK

não perca tempo! As ofertas terminam em:

DIAS
 HOR
 MIN
 SEG

CLIQUE NO BOTÃO ABAIXO PARA ACESSAR AS OFERTAS: