triple A

Você sabe o que significa dizer que um título possui rating de crédito triple A?

Ostentar um título triple A mostra que a companhia ou o governo credor do título possui boa probabilidade de honrar com a sua dívida.

Triple A diz respeito à classificação do risco de crédito de um credor. As agências de rating classificam o crédito das instituições partindo de boas pagadores (rating AAA) até grau especulativo.

Sendo assim, investir em títulos triple A passam segurança ao investidor.

Além disso, estes títulos dizem muito a respeito da saúde financeira de um negócio ou de determinado governo.

Rating de crédito para países

rating triple A

Notas de rating para cada agência

O rating de bom pagador, como foi dito, pode ser aplicado tanto para países quanto para empresas.

Em ambos, o propósito e as consequências das análises são similares.

O propósito já foi visto que é determinar o quão provável é que o credor honre com o seu compromisso.

Porém, quais seriam as consequências?

As consequências de ratings elevados são baixos juros oferecidos pelo credor.

Isto faz sentido pois, já que o risco para credores triple A é bastante baixo, é de se esperar que a remuneração também seja.

Ao contrário do que ocorre, por exemplo, com títulos com classificação especulativa.

Você emprestaria seu dinheiro para alguém com uma baixíssima probabilidade de pagar para ter como remuneração apenas 2%?

Obviamente que não. Pois bem, isto é o que ocorre com países com rating de crédito baixo.

Estas países costumam ter que pagar taxas de juros muitas vezes acima de 10% para que consigam compradores para os seus títulos.

Para se ter uma ideia, observe este exemplo. O Canadá possui classificação de crédito triple A. Muito por isso, a taxa de juros do país é de apenas 1,25%.

Enquanto que a Argentina, com classificação de risco de crédito B+ pela S&P, tem uma taxa de juros de 40% (dados de Junho 2018).

Estes juros altos para a dívida podem comprometer diretamente a finanças de um país.

Pois, como as dívidas se tornam custosas, é difícil sobre recursos para serem investidos.

Alguns dos países a ostentarem a nota máxima de qualidade do crédito, além do Canadá, são:

  • Austrália
  • Dinamarca
  • Alemanha

Triple A em empresas

Da mesma forma que ocorre com países, se dá também com as empresas.

Notas de crédito elevadas significam solidez financeira e baixos juros a pagar pela a companhia.

Isto pode ser encarado como um ótimo sinal para os acionistas da empresas.

Pois além de indicar que a companhia está firme financeiramente, também significa que ela terá menos despesas financeiras. Sobrando assim, mais lucros para os acionistas.

A título de exemplo, é possível citar o caso da Ambev.

A empresa brasileira de bebidas possui um sólido balanço financeiro. Por isso, o seu risco de crédito é avaliado como AAA na escala nacional.

Dessa forma, a companhia consegue emitir títulos de dívida com baixíssimo custo, e assim maximizar o retorno ao acionista.

Para investir em empresas com estas características, você pode contar com a ajuda da assinatura premium da Suno Research.

Conclusão sobre o rating triple A

conclusão sobre triple A
Investir em empresas um países com rating AAA geralmente representam investimentos muitos seguros.

No entanto, é necessário ter em mente que as agências de crédito não estão necessariamente sempre certas.

Inclusive, em algumas ocasiões erros de avaliação contribuíram para crises financeiras, como a de 2008.

Por isso, além de levar em conta a classificação de crédito triple A, é importante que o investidor faça também a sua própria análise.

Compartilhe a sua opinião

João Arthur Almeida

João Arthur Almeida

Profissional aprovado no exame (CEA) Certificado de Especialista em Investimentos da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). Aprovado também no CPA-20 e CPA-10, pela mesma instituição. Graduando em ciências econômicas pela UFPE.