rendimentos marginais decrescentes
Por: Tiago Reis

Rendimentos marginais decrescentes: o que diz esse principio econômico?

Dentro da microeconomia, um fenômenos mais estudados é o comportamento das empresas, principalmente quanto a sua forma de produção. Existem uma série de princípios e postulados que formam uma teoria microeconômica geral da produção – e um dos mais importante deles é a Lei dos Rendimentos Marginais Decrescentes.

Apesar de não constituir uma regra universal – já que em algumas vezes é possível observar justamente o contrário, a Lei dos Rendimentos Marginais Decrescentes pode ser constada empiricamente em numerosas situações. Por isso, esse princípio ajuda a explicar diversos fenômenos, se tornando um dos pressupostos econômicos básicos para a teoria da produção.

O que é a Lei dos Rendimentos Decrescentes?

A Lei dos Rendimentos Decrescentes é uma teoria que estuda o acréscimo de insumo de acordo com o aumento de produção, sendo também conhecida como lei da produtividade marginal decrescente ou por lei das proporções variáveis.

Com isso, segundo a lei de rendimentos decrescentes, em uma condição ceteris paribus – ou seja, quando todos os outros fatores permanecerem constantes, em um certo ponto, o produto marginal de um fator de produção irá diminuir à medida que a quantidade utilizada desse fator aumenta.

Como funciona a Lei dos Rendimentos Marginais Decrescentes

Microeconomicamente, uma produção (Y) é o resultado da combinação de três fatores de produção: capital (K) e trabalho (L)tecnologia (A). Todos esses fatores são complementares – ou seja, precisam ser aplicados ao mesmo tempo para desenvolver o processo produtivo.

Portanto, a função de produção é dada pela seguinte fórmula:

Y = f(A,K,L)

A longo prazo, todos os fatores de produção podem ser ajustados. Isto é, dentro de alguns limites, tanto o trabalho, quanto o capital e a tecnologia são substituíveis. Porém, no curto prazo, apenas os fatores produtivos variáveis (mão-de-obra e matérias-primas) podem ser alterados. Fatores fixos, como capital e tecnologia, tendem a permanecerem os mesmos.

Logo, segundo a lei dos rendimentos decrescentes, a produtividade marginal no curto prazo é decrescente. Logo, uma produção adicional cada vez menor é gerada à medida que se aumentam um fator variável e se mantem fixos os restantes.

Ou seja, depois de um certo nível, quanto mais unidades de um insumo são utilizadas, menos resultado cada unidade desse insumo irá gerar no resultado final da produção.

Exemplificando a Lei dos Rendimentos Marginais Decrescentes

Um dos exemplos mais utilizados para explicar esse princípio é a produção agrícola. Nesse exemplo, os fatores de produção envolvidos são dois: terra e número de trabalhadores.

Mantendo a extensão da terra e a produtividade do trabalho como fatores constantes (ou seja, a plantação é feita sempre no mesmo espaço e com as mesmas técnicas de plantio), só seria possível aumentar a produção ao aumentar o número de pessoas trabalhando nela.

Logo, ao acrescentar mais um trabalhador no plantio, a produção total irá aumentar. Porém, após isso, ao adicionar outro trabalhador, a produção irá aumentar, mas em um nível menor do que a adição anterior. Como a extensão da terra é a mesma, o novo trabalhador não vai conseguir gerar a mesma produção adicional dos trabalhadores anteriores.

Dessa forma, quando toda a extensão da terra já está sendo utilizada, o acréscimo na produção ao aumentar o número de trabalhadores vai diminuindo sucessivamente. Por isso, se considera que esse sistema apresenta rendimentos marginais decrescentes.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

2 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Elisangela 24 de setembro de 2019

    Muito obrigada

    Responder
  • Luciano Moraes 17 de maio de 2020

    Boa explicação para o conceito!

    Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

207 artigos
Ações

FIIs

56 artigos
FIIs
kisspng-warren-buffett-business-stock-nebraska-sales-warren-buffett-5b5ea4d6586671.9006389715329292383621

eBook Gratuito

Invista Como
Warren Buffett

Aprenda a usar a estratégia do Value Investing, usada pelo maior investidor do mundo!

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!