Por: Tiago Reis

Radar do mercado: MRV (MRVE3) comunica prévia operacional do terceiro trimestre de 2019

Na data de ontem (15), a MRV Engenharia e Participações S.A. comunicou ao mercado e aos seus acionistas os seus dados preliminares de lançamentos, vendas contratadas, banco de terrenos, unidades produzidas, concluídas, contratadas, repassadas, geração de caixa e distratos do terceiro trimestre de 2019.

A empresa informou que obteve o seu melhor resultado de vendas líquidas em um terceiro trimestre, com um aumento de 18,8% em comparação ao 3T18.

Minicurso: Aprenda a Investir em Dividendos

Inscreva-se no nosso minicurso online gratuito sobre investimento em dividendos mais acessado do Brasil e junte-se a mais de 10.000 Alunos!

Além disso, houve uma queda de 66,1% no volume de distratos no terceiro trimestre deste ano comparado ao mesmo período do ano passado.

Cabe destacar que os distratos estão diminuindo devido à aprovação, no ano passado, de uma lei que os regulamenta , protegendo as incorporadoras de prejuízos severos.

Neste regulamento, as companhias podem reter até 50% do valor pago pelo comprador em caso de desistência.

No que diz respeito aos lançamentos, a MRV lançou um total de 9.679 unidades no terceiro trimestre de 2019, representando uma redução de 11,4% no número de unidades e de 3% no volume geral de vendas (VGV).

Além disso, foi verificado um aumento no preço médio por unidade lançada no trimestre, que se deve ao mix de produtos lançados, com um maior volume de lançamentos em capitais e regiões metropolitanas, onde o valor é mais alto.

Devido a uma paralisação de 56 dias nos repasses das vendas do Minha Casa Minha Vida (MCMV) pela Caixa Econômica Federal no 3T19, a MRV optou por realizar as vendas do mês de setembro fora do processo de Venda Garantida, contabilizando as vendas desse mês como Vendas Convencionais.

A respeito do desembolso com terrenos, a empresa atingiu, nos nove primeiros meses de 2019, o valor de R$ 513,4 milhões, representando um aumento de 53,1% em relação aos nove primeiros meses de 2018.

Assim, a MRV julga ter atingido um volume satisfatório de terrenos, com um Land Bank em torno de R$ 50,1 bilhões.

Dessa forma, as aquisições de novos terrenos se limitam a repor o estoque consumido, com foco na aquisição estratégica de terrenos destinados a aumentar o volume de lançamentos.

Por último, a MRV apresentou um total de 10.032 unidades produzidas no 3T19, representando uma variação negativa de -1% em relação ao resultado do 3T18.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

205 artigos
Ações

FIIs

52 artigos
FIIs

FALTAM POUCOS

DIAS PARA A

DIAS
 HOR
 MIN
 SEG

INSCREVA-SE E TENHA ACESSO À OFERTAS IMPERDÍVEIS!