Por: Tiago Reis

Radar do Mercado: Iguatemi (IGTA3) – Companhia anuncia construção de nova torre comercial no Galleria Shopping, em Campinas

A Iguatemi Empresa de Shopping Centers anunciou ontem (26) a construção de uma torre comercial no Galleria Shopping.

“A construção da torre comercial é o primeiro passo da expansão que irá transformar o empreendimento no maior e mais completo complexo multiuso do interior do Estado”, destacou a companhia em seu comunicado.

 

De acordo com o informado pela companhia, o empreendimento terá 14 andares com lajes de 950m² de área privativa cada, salas de reunião, auditório e heliponto, estando integrada ao shopping.

“Esse projeto está aderente a nossa estratégia de adensamento do entorno e geração adicional de receitas”, salientou a Iguatemi.

Ainda, a Iguatemi co-investirá na construção, ficando com aproximadamente 7.800m² da futura torre, aumentando a ABL de seu portfólio.

A venda de torres comerciais, residenciais e hotéis reforça a estratégia da Iguatemi de desenvolver propriedades com potencial de uso misto, que valoriza os seus ativos com ocupação e fluxo qualificados, aumentando a TIR dos seus projetos e criando sinergia para os seus shoppings.

Vale adicionar, ainda, que ao lado de São Paulo, Campinas forma a primeira e única macro-metrópole do hemisfério sul.

Além disso, é a maior cidade do interior Paulista, com um PIB de R$ 70 bilhões em 2014, o 10º maior PIB do Brasil.

A cidade conta, ainda, com um índice de desenvolvimento humano de 0,810, dados de 2015.

Segundo estimativa do IBGE, em 2017, Campinas possuía cerca de 1.184.207 habitantes.

Com isso, a cidade estava em 14ª no ranking de cidades mais populosas do país.

O município de Campinas e sua região abrange mais de 3,1 milhões de habitantes e concentra uma média de 482 mil domicílios das classes A e B.

Entre as 500 maiores empresas do mundo, mais de 400 estão presentes no Brasil e 50 têm filiais na região metropolitana de Campinas.

Em relação à companhia, o Iguatemi Empresa de Shopping Centers é uma das maiores empresas full service no setor de shopping centers do Brasil.

Suas atividades englobam a concepção, o planejamento, o desenvolvimento e a administração de shopping centers regionais, outlets e complexos imobiliários de uso misto com torres comerciais.

Vale destacar que a companhia detém participação em 16 shopping centers, 2 premium outlets e 3 torres comerciais, que juntos totalizam 757 mil m² de ABL total, sendo a sua ABL própria correspondente a 459 mil m².

A Iguatemi participa, ainda, da administração de 15 dos seus 16 shoppings centers, do seu premium outlet e das suas torres comerciais.

Gostamos do Iguatemi e do seu modelo de gestão.

Vale ressaltar que a tendência de queda de inflação e a sequência de manutenção das taxas de juros no país fortalecem ainda mais o ambiente de varejo e restaura a confiança em uma perspectiva operacional ainda melhor da companhia.

Entretanto, apesar entendermos que existe uma perspectiva bastante coerente de melhora de performance da empresa no médio prazo, recomendamos aos investidores que tenham interesse em investir em ativos de shoppings centers, que o façam por meio de fundos imobiliários (FII’s).

Normalmente, os FII’s possuem uma estrutura muito mais enxuta do que possuem as empresas do setor, pois estes não pagam impostos sobre as receitas, também não possuem uma estrutura “pesada” com diretores e conselheiros, não pagam imposto de renda, além de, geralmente, não possuírem dívidas e consequentemente despesas financeiras, ao contrário de uma empresa aberta.

Neste sentido, inclusive, escrevemos um relatório bastante completo para nossos assinantes, que foi disponibilizado no dia 01 de fevereiro desse ano, tratando deste assunto com bastante profundidade.

Ademais, por conta do que foi abordado acima, preferimos seguir de fora da Iguatemi por entendermos que existem oportunidades melhores para este tipo de investimento nos fundos imobiliários.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

202 artigos
Ações

FIIs

51 artigos
FIIs
navigation

Conteúdo Gratuito

Radar do
Mercado

Os principais fatos relevantes do mercado, comentados no seu e-mail diariamente

Série Guia Suno

3 Livros pelo preço de 1

Aprenda tudo que você precisa saber para começar a investir com a série didática de livros Guia Suno