O Grupo Fleury informou ontem (14), por meio de nota, que celebrou, na mesma data, um contrato de compra por meio do qual adquiriu 100% do capital social da Serdil Serviço Especializado em Radiodiagnóstico Ltda, empresa tradicional do segmento de medicina diagnóstica em exames de imagem na cidade de Porto Alegre, no Estado do Rio Grande do Sul.

No mesmo comunicado, companhia destacou que a Serdil foi avaliada em R$ 29,8 milhões, o que corresponde a 6,0 vezes o EBITDA de 2016, que atingiu R$ 5,0 milhões, sendo descontado do valor avaliado para o pagamento, o endividamento líquido da Serdil e outras retenções previstas no contrato.

 

O Grupo Fleury é uma empresa de medicina diagnóstica (exames de imagens radiológicas e análises clínicas) focado no segmento intermediário e premium, e dessa forma atingiu o patamar de ser uma das maiores empresas de medicina e saúde do País, sendo referenciada pela comunidade médica e pela opinião pública por sua grande capacidade de prestação de serviços ao cliente, inovação e qualidade técnica.

Atualmente, as principais linhas de negócio do grupo são operações em hospitais, exames laboratoriais complexos, medicina preventiva e diagnóstico odontológicos, atuando, dessa forma, em seis estados brasileiros (São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Bahia e Pernambuco) e no Distrito Federal, sendo representada pelas diferentes marcas que fazem parte da companhia, todas elas com fortes conceitos como inovação, excelência no atendimento e geração de valor para sua cadeia produtiva.

Os seus resultados também nos agrada, isto por que a companhia apresenta uma boa capacidade de geração de caixa, além de margem líquida e ROE (retorno sobre o patrimônio líquido) interessantes.

Como resultado desses números, a companhia vem apresentando um sólido e interessante crescimento ao longo dos anos.

Além disso, o histórico de pagamentos de dividendos da empresa também nos agrada muito. No exercício de 2016, por exemplo, a companhia apresentou um payout de 95% a seus acionistas, percentual esse que consideramos bastante interessante e que, ao contrário do que muitos acreditam, não impede a expansão da companhia.

A empresa possui também um histórico de bastantes aquisições desde que realizou o seu IPO em 2010, e acreditamos que grande parte desse crescimento demonstrado acima se deve ao fato da companhia possuir uma excelente capacidade de sinergia em relação aos negócios que adquire.

Por isso, entendemos que a notícia veiculada ontem pela companhia feito por meio de fato relevante a respeito da aquisição da Serdil demonstra que a Fleury está realmente compromissada com o crescimento e com a geração de valor para seus acionistas, o que nos agrada.

Enxergamos a Fleury como sendo uma excelente empresa, que apresenta uma boa gestão, um bom de crescimento, que paga bons dividendos e que atua num setor que tem muito a crescer.

O que não gostamos, contudo, é do seu atual preço, e por isso aguardamos de fora por alguma oportunidade de entrada neste ativo.

Compartilhe a sua opinião
Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.