Por: Tiago Reis

Radar do Mercado: C&A (CEAB3) tem prejuízo de R$ 192,1 milhões no 2T20

A C&A é uma empresa do varejo que atua com moda e serviços financeiros. Ela comercializa produtos como roupas, acessórios, celulares e eletrônicos. O setor financeiro atua junto ao Banco Bradescard, com serviços como emissão e administração do cartão C&A, empréstimo pessoal e seguros.

A empresa foi fundada em 1841 pelos irmãos holandeses Clemens e August Brenninkmeijer – suas iniciais deram origem ao nome da marca. A C&A está presente com mais de 1,8 mil unidades em 24 países da Europa, América Latina e Ásia.

A C&A teve prejuízo líquido de R$ 192,1 milhões em decorrência da pandemia causada pelo coronavírus.

A Receita Líquida Total ficou em R$ 294,5 milhões, uma queda de 76,6% se comparada com o 2T19 (R$ 1,2 bilhão).

E-book: 10 Perguntas e Respostas sobre o IR na Bolsa

Chega de dúvidas! Conheça a resposta das 10 perguntas mais comuns dos investidores sobre o Imposto de Renda na Bolsa de Valores.

Em comunicado, a empresa destacou a evolução do canal de venda online e comentou: “O resultado desta evolução foi o crescimento de vendas do eCommerce. Nosso GMV atingiu R$189,2 milhões e nossa receita líquida online apresentou aumento de 356%, ou 4,5x o observado no mesmo período no ano passado, chegando a R$ 139,6 milhões e representando 50% das vendas totais de mercadorias”.

Mas isso foi não suficiente para evitar um Ebitda ajustado negativo de R$ 114 milhões.

A receita do vestuário apresentou queda de 79,7%; a do Fashiontronics, queda de 65,7%. Por sua vez, o indicador de vendas de mercadorias nas mesmas lojas (Same Store Sales) ficou 77% inferior ao 2T19. No negócio de Vestuário, o indicador foi 79,7% menor; no de Fashiontronics, 66% menor.

A receita líquida de Serviços Financeiros, resultante da parceria com o Bradescard, foi de R$ 15,9 milhões. Houve, portanto, uma redução de 74% em decorrência das medidas adotadas para mitigar o impacto da pandemia – como isolamento social e fechamento do varejo de forma geral – e do aumento da provisão para perdas esperadas de crédito.

A linha de outras receitas, que inclui comissões de operadoras de telefonia – ativação de planos de celulares vendidos pela C&A, receitas provenientes de recarga de celular e prestação de serviços, entre outros –, apresentou uma redução de 40,9% no 2T20, ficando em R$ 3,5 milhões.

Para saber mais sobre os resultados de outras empresas, clique aqui e confira a agenda completa de resultados do segundo trimestre de 2020 (2T20).

Telegram Suno
Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

1 comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Marcos+Antonio+de+Oliveira 20 de agosto de 2020

    Muito bom.

    Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

207 artigos
Ações

FIIs

56 artigos
FIIs
navigation

Conteúdo Gratuito

Radar do
Mercado

Os principais fatos relevantes do mercado, comentados no seu e-mail diariamente

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!