Acesso Rápido

    Radar do Mercado: Alpargatas (ALPA4) comunica venda da marca Mizuno

    Radar do Mercado: Alpargatas (ALPA4) comunica venda da marca Mizuno

    A Alpargatas (ALPA4) informou ao mercado que realizou a venda da unidade de negócio relativa à operação da marca Mizuno no Brasil para a Vulcabras Azaleia (VULC3).

    A alienação corresponde aos ativos da Mizuno – exceto os industriais –, além das atividades de comercialização dos produtos da marca, incluindo os canais de e-commerce e as lojas exclusivas, bem como a relação contratual com a Mizuno Corporation, empresa japonesa detentora da marca globalmente.

    A avaliação base do negócio gira em torno de R$ 200 milhões, embasada no capital de giro da marca. Pelo acordo, os atuais recebíveis da Mizuno ficam com a Alpargatas e serão contabilizados na estrutura de pagamento da operação.

    O acordo ainda prevê que a Vulcabras deverá pagar o valor estimado de R$ 32,5 milhões à Alpargatas, sendo R$ 10 milhões até o fechamento da operação e o restante em até cinco dias úteis após a determinação do valor final, que será ajustado de acordo com o estoque de produtos.

    Minicurso: Investindo em Fundos Imobiliários

    Inscreva-se no nosso minicurso curso gratuito sobre FIIs e aprenda os principais conceitos para investir e viver da renda de Fundos Imobiliários!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    A Alpargatas comunicou que a venda faz parte de seu plano estratégico, uma vez que poderá intensificar seu plano de crescimento, priorizando as marcas Osklen e Havaianas.

    Nesse sentido, a companhia poderá remodelar e reestruturar suas fábricas para que estejam preparadas para atender ao crescimento dos novos produtos que serão lançados no Brasil e no exterior.

    Por outro lado, a Vulcabras viu a oportunidade de adquirir a marca porque poderá ampliar ainda mais sua relevância no segmento de artigos esportivos, onde a Mizuno possui uma forte presença. A empresa é dona da Olympikus e faz a gestão da Under Armour no Brasil.

    Por fim, a transação ainda está sujeita ao cumprimento de determinadas condições pendentes, incluindo a separação da unidade de negócio da Mizuno em uma nova empresa, além da aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

    A Mizuno está presente no Brasil há mais de 20 anos. Ela é uma das líderes no mercado de artigos esportivos, faturando cerca de R$ 444 milhões em 2019.

    Tags
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    3 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Carlos André 22 de setembro de 2020

      Considero que com o aviltamento constante dos salários dos simples mortais, agravado em sobremaneira pela pandemia e seus possíveis desdobramentos de uma possível segunda onda, os preços serão verdadeiramente acessíveis ao consumidor final ?

      Responder
    • Mario Ernesto Humberg 22 de setembro de 2020

      A venda da Mizuno favorece a Vulcabrás?

      Responder
    • Antonio Augusto Tavares Zaidan 22 de setembro de 2020

      Olha, sou investidor a moda antiga, já usei muito Mizuno nos anos 90, mas agora, quando vou na academia, não vejo ninguém sarado com um Mizuno nos pés, e essa venda, para quem tem muita itsa4, me deixa mais confiante.

      Responder