Acesso Rápido

    Opção de Copom: saiba como funciona esse novo derivativo da B3

    Opção de Copom: saiba como funciona esse novo derivativo da B3

    O mercado de derivativos se expande cada vez mais conforme o Brasil desenvolve sua economia. A opção de copom é mais uma possibilidade no hall de derivativos.

    Nesse artigo, separamos as principais informações para que qualquer investidor saiba como funciona a opção de Copom, esse tipo de derivativo negociado na Bolsa.

    O que é Opção de Copom?

    A Opção de Copom é um derivativo que permite a negociação da variação na Taxa Selic Meta, definida em reuniões do Copom (Comitê de Política Monetária). Essa é uma forma de profissionais do mercado buscarem proteção (hedge) contra variações nesse índice.

    Naturalmente, esse tipo de opção, como qualquer outro derivativo, pode ser usado por traders como mecanismo de ganho de capital.

    Planilha de Controle de Investimentos

    Faça o controle completo das suas ações, FIIs e todos os seus investimentos com a nossa planilha gratuita de Controle de Investimentos!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    No entanto, fazer trade com opções acarreta maiores riscos. Para negociar esse tipo operação com maiores chances de sucesso, é necessário um conhecimento aprofundado do funcionamento da economia.

     O que é o Copom?

    O Copom é a abreviação de Comitê de Política Monetária, um conselho composto pelos membros da Diretoria do Banco Central do Brasil (Bacen), que faz oito reuniões ao longo do ano.

    Entre as funções do Copom, estão:

    • A implementação da política monetária do governo;
    • Analisar os relatórios de inflação do país;
    • Definir a meta da Taxa Selic (chamada Taxa Selic meta).

    Essa última função do Copom é a mais importante para os fins do artigo, pois nos permite entender mais sobre esse derivativo.

    O que é a Taxa Selic?

    A Taxa Selic é a principal taxa de juros da economia do país, baseando-se em títulos do Tesouro Nacional, que são negociados diariamente.

    A Taxa Selic é importante, pois ela define uma série de fatores, como a demanda de crédito e a rentabilidade de diversos investimentos atrelados ao Tesouro Nacional.

    No entanto, existem dois tipos de Taxa Selic, com algumas diferenças entre si:

    1. O que é Taxa Selic meta?

    A Taxa Selic meta é definida pelo Copom, como já foi falado anteriormente. É através dela que se baseiam diversas operações do mercado, como empréstimos bancários.

    2. O que é Taxa Selic over?

    A Taxa Selic over é a taxa negociada, efetivamente, pelo mercado. A Selic meta funciona como norteadora para a taxa de juros, enquanto a Selic over é a taxa de juros, na prática.

    É curioso ver que, apesar de serem taxas diferentes, seus valores são bastante similares, com uma variação em torno de 0,1%.

    Guia de Economia para Investidores

    Confira os principais conceitos econômicos e aprenda como a economia pode influenciar seus investimentos com o nosso ebook gratuito de Economia para Investidores!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Como Funciona a Opção de Copom?

    Nesse tipo de opção, o mercado define a expectativa da variação da taxa Selic meta a cada reunião realizada pelo Copom. Baseando-se nisso, os traders podem especular a respeito da variação na taxa definida pelo Copom a cada reunião individual do conselho.

    O prêmio varia numa escala de 0 a 100 pontos. Cada ponto equivale a R$100,00, e cada strike (série) equivale a um cenário.

    O payoff é do tipo cash or nothing, no qual apenas quem acerta o valor correto recebe o prêmio, enquanto os outros têm seu investimento zerado.

    O valor a ser recebido pelo comprador da opção é de 100 pontos (equivalente a R$10.000,00).

    Seu exercício é automático no dia do vencimento (dia seguinte à reunião do Copom), e negociações podem ser feitas até o dia útil anterior à data de vencimento (ou seja, no próprio dia da reunião do conselho).

    Opção de Copom é investimento?

    Existem várias formas de lidar com ativos de renda variável: uma delas é voltada para o value investing (ou seja, no investimento em bons ativos para o longo prazo) e outra é em especulação.

    Existem investidores que acreditam que a melhor forma de acumular patrimônio é sendo sócio de boas empresas através da bolsa de valores, pensando no enriquecimento proveniente do investimento em boas companhias.

    No entanto, se um investidor quiser especular com ações, nada o impede. Naturalmente, o ideal é que seja feita uma reserva anteriormente a esse tipo de operação.

    Além do mais, especular na bolsa possui um risco elevado, necessitando que o especulador conheça profundamente esse tipo de operação.

    Focou com dúvidas ou quer dar sua opinião sobre opção de Copom? Comente abaixo

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    1 comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • PM - COPOM 2 de setembro de 2020

      essa foto não tem a ver com o conteúdo hahaha

      Responder