Acesso Rápido

    Morning Call: PIB, Pré-sal e privatizações, Google, Cerveja, Zona do Euro e Estados Unidos

    “O que os sábios fazem no começo, tolos fazem no final.”

    – Warren Buffett

     

    Gráfico do dia

    Ciclo emocional no mercado de ações.

    O que aconteceu nas últimas 24hrs

     

    PIB

    Governo libera previsão oficial do crescimento do PIB brasileiro em 2019, com redução de 2,2% para 1,6%.

    A projeção do Ministério da Economia foi feita numa apresentação bimestral de avaliação de despesas e receitas.

    • A projeção oficial do Produto Interno Bruto é usada como parâmetro em diversos âmbitos do governo.
    • Com a nova estimativa, o PIB nominal caiu de R$ 7,311 trilhões para R$ 7,249 trilhões.
    • As estimativas para a inflação subiram para 4,1% no ano de 2019.

     

    Pré-sal e privatizações

    Segundo Paulo Guedes, os grandes leilões do pré-sal serão realizados no segundo semestre de 2019.

    Também ocorrerão diversas privatizações na segunda metade do ano.

    • Segundo Guedes, o intuito é levantar capital para reduzir o endividamento brasileiro, que é a segunda maior fonte de gastos do país;
    • O maior gasto do Brasil é a previdência, e terceiro maior gasto é a despesa com os servidores públicos.

     

    Google

    O intercâmbio de anúncios do Google está sendo investigado por autoridades irlandesas.

    A gigante de tecnologia está sendo acusada de acessar informações confidenciais de usuários da internet.

    • O órgão regulador de proteção de dados da Irlanda está abrindo investigação para averiguar se informações sobre raça, saúde e visões políticas foram ilegalmente acessadas.

     

    Cerveja

    A cerveja é mais barata em países onde o consumo é mais alto.

    O que você deve saber hoje

     

    Zona do Euro

    Índice PMI Industrial preliminar liberado hoje.

    • O indicador controla a quantidade de atividade industrial que ocorreu durante o mês.

     

    Estados Unidos

    Indicador de venda de casas novas será liberado para consulta.

    O documento quantifica a força do mercado imobiliário americano residencial.

    • Resultados acima dos projetados são considerados positivos para a valorização do dólar.
    Suno Research
    Compartilhe sua opinião
    1 comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *