Acesso Rápido

    Morning Call: Endividamento recorde, Guerra Comercial, Reforma da Previdência, Poluição, Setor Automotivo e Petróleo

    “Os indivíduos impacientes são atraídos pelo dinheiro, enquanto o dinheiro é atraído pelos indivíduos pacientes.”

    – D. Muthukrishnan

     

    Gráfico do dia

    Média das tarifas americanas impostas sobre produtos importados da China antes e depois de atos protecionistas do presidente Donald Trump.

    No dia 1 de agosto de 2019 a administração de Donald Trump anunciou que US$ 300 bilhões de produtos chineses seriam taxados em 10%.

    Endividamento recorde

    Dados divulgados pelo Banco Central apontam maior crescimento do endividamento das famílias em três anos.

    A taxa de endividamento em relação a renda nos últimos 12 meses subiu para 44,04%, maior nível desde abril de 2016.

    • O aumento do crédito acima da renda e dos juros no primeiro trimestre, e a tímida diminuição do desemprego, explicam em parte o aumento do endividamento.
    • O comprometimento das famílias para pagamento de dívidas (amortizações e juros), incluindo financiamento imobiliário, oscila em torno de 20% da renda.

    Guerra Comercial

    China permite que sua moeda ultrapasse a barreira de 7 yuans por dólar para compensar perdas com tributação, em meio às tarifas anunciadas por Trump em mais US$ 300 bilhões de produtos chineses.

    De acordo com especialistas, a medida de desvalorização cambial é uma aposta cuidadosamente calculada pelo governo chinês, que pode usar sua moeda para amortecer a pior parte do impacto da guerra comercial sem desencadear uma fuga de capital.

    • Como resultados da guerra, bolsas do mundo inteiro terminaram em baixa, com índices na Ásia caindo 2%, na Europa em 1,5% e no Brasil em 2,5%.
    • Departamento do Tesouro Americano, afirma que a “China é uma manipuladora de moedas” e que o objetivo dela é obter vantagem competitiva injusta no comércio internacional.

    Reforma da Previdência

    Após falta de quórum, discussões sobre a reforma da previdência na Câmara dos Deputados é adiada.

    Sessão de debates marcada para ontem (05), tem menos de 40 deputados, dos 52 necessários para a início das discussões.

    • Dessa forma, será necessário que os parlamentares aprovem um requerimento de quebra de interstício para votar a reforma nesta terça-feira (6).
    • A expectativa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, é de votação da reforma em segundo turno até quinta-feira (8).

    Poluição

    Fonte: World Bank

    O que você deve saber hoje

    Setor Automotivo

    Índice de produção e venda de veículos mensal virá a público hoje.

    • Serve como norteador para o setor automotivo;
    • As vendas divulgadas no mês passado, referentes a agosto, mostraram redução de 9,1%;
    • A variação na produção para o mês de agosto foi de – 15,5%.

    Petróleo

    Estoque de petróleo bruto do American Petroleum Institute (API) divulgado hoje.

    Também será realizada a reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP).

    • Informações referentes a ambos os eventos são relevantes ao indivíduo que investe em empresas correlacionadas à commodity, pois impactam na demanda e nos preços do petróleo.