Acesso Rápido

    Morning Call: Crise na Argentina e Short Selling na Amazon

    Morning Call: Crise na Argentina e Short Selling na Amazon

    “Dar ouvidos a pessoas desinformadas é pior do que não ter nenhuma resposta”. Ray Dalio

    Gráfico do dia

    Aprenda a gerar renda investindo em ações, aproveite o conteúdo disponível na Suno Premium e tenha acesso a nova recomendação da nossa Carteira Dividendos!

    Últimas 24 horas

    Argentina

    O peso, moeda argentina, tem nova queda apesar de aumento nas taxas de juros.

    • O Banco Central da Argentina, mesmo tomando medidas drásticas para conter as quedas na economia, assistiu uma desvalorização de 12% da moeda;
    • As taxas de juros argentinas foram elevadas para 60%.

    Amazon

    Com as quedas recentes nas ações da Tesla, a Amazon se torna a empresa da bolsa americana com mais pessoas apostando contra (short selling).

    • Os juros dos “shorts”, calculados usando o número de ações vendidas e o preço da ação, para a Amazon totalizavam US$9,95 bilhões ontem, segundo dados da S3 Partners.

    Banco Central

    Banco Central do Brasil aporta US$1,5 bilhão para combater efeito da crise argentina sobre dólar no Brasil.

    • O BC teve que agir após o dólar chegar a R$4,21 ontem, com a moeda encerrando o dia a R$4,14.

    China

    Onda de recuperação para as ações chinesas pode estar à caminho, segundo JPMorgan Chase & Co.

    A bolsa da China teve performance inferior aos índices mundiais, propiciada pela guerra comercial com os Estados Unidos.

    Quer usufruir dos ganhos da classe de ativos que gera retornos expressivos no longo prazo?  Confira como podemos te ajudar com as nossas assinaturas!

    Apple

    Apple vai lançar novos iPhones dia 12 de setembro.

    A expectativa é que no evento de lançamento, sejam apresentados 3 novos modelos.

    • As ações da empresa (AAPL) tiveram alta desde o anúncio dos novos celulares, cotadas a US$225,03.

    O que você precisa saber hoje

    Política

    Iniciam hoje as propagandas eleitorais gratuitas no rádio e na TV.

    • A data de término das propagandas é dia 4 de outubro.
    Suno Research
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *