Liquidez seca

Talvez você já saiba como investir na bolsa, e mesmo conheça o indicador de liquidez corrente. Mas já ouviu falar no indicador de liquidez seca?

Pois é, não é muito comum. A liquidez seca (LS) é utilizada para avaliar a liquidez e saúde financeira das empresas. Também é um indicador mais conservador do que a liquidez corrente.

Mas não confunda com a liquidez das ações. São métricas completamente distintas.

Então, vamos ver a fórmula:

LS = (Ativo Circulante – Estoques) / Passivo Circulante

Por exemplo: Digamos que uma empresa que tivesse:

  • Ativo Circulante: R$ 100 milhões
  • Estoques: R$ 15 milhões
  • Passivo Circulante: R$ 75 milhões

Nesse caso, a LS seria de (100-15)/75 = 1,13

Rearranjando os termos da fórmula da LS, podemos identificar a liquidez corrente , ou seja:

LS = Liquidez corrente – Estoques/Passivo Circulante.

 

Portanto, nessa fórmula podemos perceber como a LS é sempre menor do que a liquidez corrente, demonstrando ser um indicador mais conservador quando você for avaliar o balanço das suas empresas.

Calculando a Liquidez Seca – Via Varejo

Liquidez Seca - Via Varejo

Cálculo da Liquidez Seca – Via Varejo

Então, agora que você já aprendeu como calcular a liquidez seca, é hora de aplicar a fórmula em uma empresa listada. Escolhemos a Via Varejo.

Conforme a tabela acima, chegamos nos seguintes valores para o 4T17:

  • Ativo Circulante: R$ 12.443 milhões
  • Estoques : R$ 4.379 milhões
  • Passivo Circulante: R$ 14.278 milhões

Assim:

LS = (R$ 12.443 -R$ 4.379)/ R$ 14.278 = 0,56

 

Como interpretar a Liquidez Seca

Mas e como interpretar este indicador?

Então, em geral, quanto maior o indicador mais solvente está a empresa no curto prazo. Quando for maior do que 1, significa que, na data do balanço a empresa, possui mais ativos líquidos (exceto estoques) do que obrigações de curto prazo.

Por outro lado, quando este indicar for menor do que 1, significa que a companhia tem mais compromissos imediatos do que recursos disponíveis.

Contudo, conforme ensinamos neste artigo, nem sempre um indicador menor do que 1 significa que a empresa tem problemas de liquidez. Muitas vezes, a empresa não deseja ter um excesso de liquidez acima do mínimo necessário para honrar os passivos no tempo devido.

Por isso, a recomendação é sempre utilizar indicadores em conjunto. O investidor pode, por exemplo, avaliar a LS em conjunto com a liquidez corrente.

 

Desvantagens do indicador de Liquidez Seca

Desvantagens da liquidez secaQualquer indicador possui desvantagens. E o indicador de LS não é exceção. Uma das críticas a essa métrica é que nem todos os componentes do numerador da fórmula podem ser tão líquidos assim.

Por exemplo, o item do balanço denominado “contas a receber”. A companhia pode não ter provisionado suficientemente as perdas prováveis. Caso isso aconteça, a empresa conseguirá recuperar apenas uma parte do valor contábil registrado no balanço patrimonial. Um problema análogo ocorre com a linha de “tributos a recuperar”.

 

Conclusão sobre a Liquidez Seca

conclusão liquidez seca

É sempre importante que o investidor em ações faça uma análise fundamentalista das suas ações. E o conhecimento de novos indicadores é uma forma muito útil de agregar conhecimento e tomar uma decisão de investimento mais fundamentada. Nesse sentido, a liquidez seca pode ser usada em conjunto com indicadores de liquidez mais tradicionais no mercado, como a liquidez corrente.

 

Compartilhe a sua opinião
Rodrigo Wainberg

Rodrigo Wainberg

Profissional aprovado no Level III da certificação CFA, investidor em ações há 6 anos, possui registro de Analista e Consultor de Valores Mobiliários, e é Bacharel em Física pela UFRGS.