Leilão de imóveis
Por: Tiago Reis

Leilão de imóveis: o que é esse recurso e quando é usado?

Chegar à situação de um leilão de imóveis é um dos riscos de quem dá um bem imobiliário como garantia de uma operação de crédito e não consegue honrar o compromisso. Para evitar essa situação, é preciso fazer um planejamento financeiro antes de contrair dívidas.

Em contrapartida, pode recorrer a um leilão de imóveis quem deseja adquirir uma casa ou apartamento e está em busca de maiores descontos na compra.

O que é leilão de imóveis?

Um leilão de imóveis vende imóveis que foram tomados em ações judiciais ou extrajudiciais. A ideia é que estas casas e apartamentos sejam negociados por um preço menor do que o encontrado no mercado imobiliário convencional. Existem dois tipos de leilão:

  • Leilão judicial
  • Leilão extrajudicial
Orçamento familiar

O leilão judicial costuma demandar um longo tempo, justamente pela necessidade de realização de um processo judicial antes da obtenção do imóvel.

Nesta modalidade, é bastante comum encontrar imóveis que estão sendo leiloados para pagar as dívidas do seu antigo proprietário. Algo que é frequente em processos de falência.

O mesmo ocorre com imóveis herdados, que constam em um processo de inventário, cujas despesas precisam ser cobertas. E não é preciso que haja uma construção para o imóvel ir a leilão. Assim como existe o leilão de apartamento e de casa, há também o leilão de terrenos, que tem a mesma finalidade dos demais.

Já o leilão extrajudicial de imóveis também é conhecido como leilão de alienação fiduciária de imóvel. Esta modalidade é a que ocorre sem que seja necessário um processo judicial. O mais comum é que estes imóveis leiloados tenham sido tomados pelo banco após o cliente não pagar as parcelas do financiamento.

Como tal penalidade está prevista em contrato – e ainda está prevista na Lei 9.514/1997 – o processo judicial não é necessário. Isso torna todo o processo de revenda do imóvel mais rápido.

Para evitar prejuízo (e maximizar seu lucro), a instituição financeira toma o imóvel e o coloca para leilão. Os mais famosos deles são os leilões da Caixa, justamente por este ser um banco conhecido pelo seu crédito imobiliário.

Quer aproveitar oportunidades de investimento em imóveis? Baixe o e-book que ensina a investir em fundos do setor.

Controle de gastos

Cuidados ao entrar em um leilão

Um ponto importante a ser observado é que nem sempre estes imóveis estão desocupados. Isso porque a responsabilidade de fazer a desocupação é de quem adquire o bem. Se ele foi perdido por dívidas, os ocupantes podem enfrentar problemas financeiros que os impeçam de sair de lá, o que pode atrasar o processo.

Mas, do ponto de vista de um investidor, não é interessante obter um bem do qual não será possível usufruir tão cedo. Por isso, é bom descobrir se o imóvel desejado está vazio ou não.

É bom ainda visitar o local para ver o seu estado de conservação. Afinal, não é um investimento baixo o suficiente para se comprar no escuro. É possível que o bem esteja com problemas como estrutura comprometida, mofo, pinturas descascando e precisando de uma reforma o quanto antes.

Ainda que o intuito não seja residir nele, mas sim alugá-lo, fazer um arrendamento ou revendê-lo, há uma perda de tempo e dinheiro. Por isso, a indicação de conhecer o imóvel antes de fechar a compra, ainda que seja um leilão online, realizado em um site de leilões.

Foi possível entender mais sobre leilão de imóveis com este artigo? Deixe suas dúvidas nos comentários a seguir.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

207 artigos
Ações

FIIs

56 artigos
FIIs
profit (1)

Planilha Gratuito

Controle
SUAS
FINANçAS

Uma planilha 100% Gratuita para ajudar você a organizar as suas finanças!

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!