Acesso Rápido

    Fiikipedia: PARA O ALTO E AVANTE

    Por questão de agenda, tivemos de fazer uma mudança na Live desta semana: a princípio, iríamos falar sobre “Investidores com Restrições aos FIIs”, porém, tivemos de alterar a data para 18/07/2019. Portanto, hoje, vamos receber dois convidados: LEANDRO BOUSQUET e ILAN NIGRI, Gestores do Fundo Logístico da Vinci Partners (VILG11) – vamos debater sobre os ativos do portfólio e tendências de mercado.

    LIVE – SUNO RESPONDE (04/07/2019 às 21h)


    De tempos em tempos, gosto de trazer os dados atualizados do BOLETIM que é publicado mensalmente pela B3. É uma forma de mostrar a todos vocês que o nosso mercado está crescendo de forma sustentável, isto é, consigo enxergar claramente a consolidação da indústria de FIIs no Brasil.

    Vejamos alguns destaques, lembrando que todas as imagens foram extraídas do Boletim da B3 (ref. maio/2019):

    Em 2014, tínhamos 127 Fundos Listados e agora já são 181. Claro que alguns destes Fundos não possuem liquidez suficiente que justifique a cobertura mais próxima por parte de uma empresa especializada. No entanto, mostra que vários players começaram a “olhar” para os FIIs como veículos de investimentos diretos (e indiretos) em imóveis.

    O ponto que realmente mais me chama a atenção é o crescimento da quantidade de investidores – somos 341.886. Quando comecei a investir, mal tínhamos 10% disto. Nesta década, pudemos constatar uma verdadeira Revolução. Só fico aqui imaginando como será a próxima! 🙂

    É fato que o mercado de FIIs tem foco na pessoa física, com 72,14% desta fatia de mercado. Vale ponderar, inclusive, que 25,94% são Investidores Institucionais – na prática, os “IIs” são, essencialmente, os Fundos de Fundos, o que, na verdade, irá desembocar também na pessoa física.

    A Liquidez é outro fato que merece destaque – em 2014, o volume médio diário era R$ 21 milhões. Agora, saltou para R$ 70 milhões. Obviamente, é pouco quando comparamos com as Ações, porém, é nítido o crescimento vultuoso. Aos poucos, investidores com “bolso mais fundo” começarão a confiar que o mercado de FIIs tem “porta de entrada e saída” – isto será ótimo para a chegada de investidores estrangeiros, inclusive. A ver.

    Para resumir este artigo em uma frase: “É fantástico fazer parte de tudo isto no dia a dia e contribuir de alguma forma para o crescimento do mercado dos Fundos Imobiliários em nosso país”.

    E, por fim, lembre-se de acessar a nossa playlist no canal do Youtube, que visa mapear os principais FIIs do mercado.

    Marcos Baroni
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *