Dow Jones
Por: Marcos Baroni

Fiikipedia – Ladeira acima

Fiikipedia

Prof. Baroni – 28 de maio de 2020

Ladeira acima

Hoje (28/05/2020), às 21h, recebo dois convidados especiais para uma Live importante para quem investe em Fundos de CRIs Pulverizados. Contarei com a presença do Gestor de uma Servicer (Conveste) e um especialista no mercado de fundos imobiliários (FII Fácil). São eles:

  • Bruno Almeida – Diretor de Operações (Conveste)
  • Diogo Arantes – Especialista em Fundos Imobiliários (FII Fácil)

Live:

Em meio à pandemia, tivemos a publicação do Boletim de Fundos Imobiliários da B3 (ref. abr-20), onde temos dados importantes a serem observados (e celebrados). O principal deles é, com absoluta certeza, o volume crescente de novos investidores.

Note que nossa indústria de FIIs cresceu 3,36% em relação à quantidade de investidores e, agora, já somos 818 mil cotistas. Entendo que este ano devemos atingir a marca emblemática de 1 milhão.

Será, hein?? Vamos trabalhar para isto! Topa? Incentive amigos e familiares.

É importante reforçar que os dados são referentes à abr-20 e, diante disto, pudemos constar que os FIIs voltaram a negociar com desconto frente aos seus valores patrimoniais – este é um indicador que alguns cotistas observam na hora de tomarem decisões. Lembro, mais uma vez, que o “VP” atual tende a ser ajustado no futuro próximo, especialmente em função desta pandemia que deverá (re)precificar os ativos em geral.

Fonte – B3

O mercado segue, majoritariamente, sendo formado por investidores Pessoas Físicas com cerca de 62,37% de participação. Outra parcela importante (27,18%) são os Investidores Institucionais que, no Brasil, são representados, em boa parte das vezes, pelos Fundos de Fundos (FOFs).

Em linha com o esperado, a liquidez segue diminuindo desde o início do ano, embora 2020 esteja sendo um ano com mais negócios do que em 2019.

Fonte – B3

Em abr-20, os FIIs mais negociados no mercado secundário foram XPML11, HGBS11, XPLG11, VISC11 e BCFF11. Vale observar que 03 dos 05 ativos são relacionados a shoppings centers, setor que mais sofre na crise.

Em 2019, foram 68 ofertas sendo que, até o momento, já tivemos 25 novas emissões. É razoável assumir que tenhamos quantidade semelhante, embora o volume possa ser inferior. Em 2019, foram R$ 22,4 bilhões. Já em 2020, apenas R$ 8,4 bilhões até o momento.

Por outro lado, a quantidade de novos fundos imobiliários negociados na B3 tem aumentado: 2019 (220 FIIs) / 2020 (236 FIIs).

Apesar de todas as dificuldades, o mercado de Fundos Imobiliários no Brasil tem se mostrado resiliente, não só do ponto de vista de risco e retorno, como também em solidificar sua base de investidores.

Claro, teremos ainda desafios pela frente, sobretudo pela grave crise que se desenha do ponto de vista econômico e sanitário. Porém, seguimos confiantes que iremos superar as dificuldades e que os juros baixos possam favorecer impulsionar ainda mais nossa indústria de FIIs.

Vamos em frente: ladeira acima!

Telegram Suno
Marcos Baroni

Marcos Baroni é analista CNPI, especialista em Fundos Imobiliários da Suno Research e professor há 22 anos em cursos de graduação e MBA nas áreas de Gestão de Projetos e Processos. Formado na área de TI e com especialização em Educação, investe no mercado financeiro desde o início de sua carreira. Há 12 anos, leva conhecimento por várias cidades do Brasil sobre como conquistar a independência financeira através dos fundos imobiliários como ativos geradores de renda passiva e formação de patrimônio.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

208 artigos
Ações

FIIs

54 artigos
FIIs
building

eBook GratuitO

Investindo em

Fundos
Imobiliários

Descubra como receber dividendos mensais dos melhores imóveis do Brasil

Frame

NÃO VÁ EMBORA AINDA...

Inscreva-se e receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!