Acesso Rápido

    Como funciona um Fundo de Direitos Creditórios Não-Padronizados (FIDC-NP)?

    Como funciona um Fundo de Direitos Creditórios Não-Padronizados (FIDC-NP)?

    Com a evolução no ambiente de investimentos, o mercado brasileiro vem apresentando opções cada vez mais variadas. Porém, a maioria ainda continua desconhecida pelo grande público. Esse é o caso, por exemplo, dos Fundos de Investimento em Direitos Creditórios Não-Padronizados – os FIDC-NP.

    Por reunir ativos com um nível maior de risco, essa tipo de fundo de investimento acaba apresentando uma ótima rentabilidade – principalmente quando comparada a outros produtos financeiros mais tradicionais. Mas por ter um caráter mais restrito, o investimento em FIDC-NP permanece pouco explorado pelo mercado em geral.

    O que é um FIDC-NP?

    Um FIDC-NP é um fundo de investimento em renda fixa que aplica pelo menos 50% do seu capital em direitos creditórios não-padronizados. Esses direitos, também chamados de “recebíveis”, representam uma série de valores que uma empresa tem a receber no curto, médio e longo prazo.

    Ou seja, por meio de um processo conhecido como securitização, ativos como vendas a prazo, cheques, duplicatas, dívidas, parcelas de cartão de crédito, são reunidos e “convertidos” em um título. Dessa forma, o FIDC-NP atua comprando esses títulos por menos que eles valem. O lucro desse investimento vem da diferença entre o que o fundo pagou e o que ele vai receber ao cobrar as dívidas no futuro.

    Qual a diferença entre um FIDC e um FIDC-NP?

    Existem dois tipos de Fundo de Investimento em Direitos Creditórios: o FIDC padronizado e o FIDC Não-Padronizado. A diferença entre eles está no nível de risco dos ativos que cada um pode adquirir.

    Ou seja, um FIDC “tradicional” só pode investir em títulos de crédito convencionais, que são mais seguros e não apresentam nenhuma particularidade.

    Mas um FIDC-NP, além dos títulos convencionais, também pode adquirir direitos creditórios com maior risco, como:

    • Créditos já vencidos ou com o pagamento pendente;
    • Créditos em litígio ou recuperação judicial;
    • Precatórios;
    • Créditos de existência futura e montante incerto;
    • Derivativos de direitos de crédito;
    • Cotas em outros fundos de direito creditório não-padronizados;
    • Outros tipos de créditos não regulares.

    Dessa forma, como um FIDC-NP investe em ativos de maior risco e menor liquidez, os rendimentos oferecidos costumam ser maiores do que a média.

    Como funciona um FIDC-NP?

    Por ser um fundo de investimento, um FIDC é bastante semelhante a outros fundos disponíveis no mercado. As suas principais características de funcionamento são:

    • Aplicação: através de subscrição no momento de criação do fundo ou por compra de cota no mercado secundário.
    • Forma de resgate: aberta (quando os cotistas desejarem) ou fechada (apenas no encerramento do fundo);
    • Tipos de cota: cota sênior (com preferência de resgate) ou cota subordinada (onde o pagamento ocorre só depois das cotas sênior);
    • Tributação: Incidência de Imposto de Renda no resgate (de acordo com tempo de aplicação) e IOF. Não existe a cobrança de come-cotas.
    • Garantia: Assim como os outros fundos de investimento, os FIDC-NP não contam com cobertura do Fundo Garantidor de Crédito (FGC);

    Vantagens dos FIDC-NP

    • Rentabilidade atrativa em comparação com outros fundos, ficando normalmente acima de 130% do CDI;
    • Administração feita por instituição gestora altamente especializada, muitas vezes com suporte exclusivo para seus clientes;
    • Classificação e monitoramento de risco, com avaliação de carteira feita por agências de rating.

    Desvantagens dos FIDC-NP

    • Aplicação restrita apenas para investidores qualificados, que possuam aplicações superiores a R$ 10 milhões.
    • Risco maior em comparação aos FIDC padronizados e outros fundos de investimento;
    • Baixa liquidez para negociar cotas no mercado secundário;

    Vale a pena investir em um FIDC-NP?

    Como o FIDC-NP exige que o investidor tenha uma carteira de investimentos com pelo menos 10 milhões, nem todas as pessoas conseguem acessar esse tipo de fundo.

    Porém, para quem tem condições, o FIDC-NP é uma ótima alternativa para investidores um tolerância de risco mais avançada. Eles podem ser interessantes principalmente para uma estratégia de diversificação de carteira – já que sua rentabilidade é bem elevada para um produto de renda fixa.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    16 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Antonio 26 de agosto de 2019

      Estão emitindo boletos em meu nome, sem minha solicitação!
      Já foram dois emitidos, que eu descobri, sem querer.

      Responder
    • carlos henrique jacobino 9 de setembro de 2019

      Boa tarde, meu nome é Carlos Henrique Jacobino, Eu fiz um empréstimo no banco Santander e ao retirar o dinheiro não consegui , pois estava broqueado ,neste FUNDO DE INVESTIMENTE EM DIREITOS CREDITÒRIO NÂO PADRONIZADO. Broqueio Judicial, e tive que entrar na justiça por danos Moraes e desbloqueio da conta … perdi a causa isso foi em 2013,e ainda esta broqueada minha conta no Santander e ainda consta o valor de 12.000 mil reais….vocês pode me ajudar ?.

      Responder
      • Suno Research 9 de setembro de 2019

        Recomendamos que chame um bom advogado.

        Responder
    • Andryelly isabelly spolidoro saavedra 29 de setembro de 2019

      Boa noite meu nome foi sujo no Serasa por um Fundo de investimento em direitos creditorios não padronizados eu desconheço essas restrições em meu nome peço que retirem meu nome da restrição pois nunca tive nada com esta mesma empresa

      Responder
      • Suno Research 4 de outubro de 2019

        Recomendamos que procure um advogado

        Responder
    • Luciana Melendes 30 de setembro de 2019

      Ao consultar meu nome no SPC/Serasa, vi uma restrição de Fundo de Investimento em direitos creditórios não padronizado. O que poderia ser essa restrição.!?? Fiquei sem entender, não sei do que se trata.!! Obrigada

      Responder
    • maria do carmo gomes ferreira 28 de novembro de 2019

      boa tarde, eu estou com meu nome surjo no cerasa e gostaria de saber o porque

      Responder
      • Suno Research 28 de novembro de 2019

        Vá no site do Serasa e verifique seu CPF.

        Responder
    • Daniel Koch 10 de fevereiro de 2020

      Os FIDC – NP não seriam restritos a investidores profissionais, ao invés de qualificados? A descrição do tipo de investidor é dos investidores profissionais.

      Responder
    • Maria 6 de março de 2020

      Recebi uma proposta no Serasa do fundo de investimento em direito creditoro não padronizados npl2 .Não sei o que é.

      Responder
      • Carlos Moraes 3 de abril de 2020

        Esses fundos são os donos de alguma dívida que você possuía com alguma empresa. Essa empresa, sabendo que você provavelmente nunca pagaria essa dívida, resolveu vender o valor que receberia de você a uma empresa especializada em comprar títulos desse tipo, e que costuma tentar cobrar de forma mais assertiva para tentar receber alguma coisa de volta. Ou seja, o FIDC-NP (fundo de investimento em direitos creditórios não padronizados) agora é o dono do valor que você devia a alguma empresa, e como ela comprou isso por um valor da empresa, o fundo agora quer tentar recuperar o valor devido de você. Então vamos supor. Você devia 1000 reais. A empresa vendeu isso pro FIDC-NP por 100, pois acha que você não vai pagar mais, e nem quer mais fazer esforço em cobrar. O FIDC-NP, por sua vez, vai cobrar os 1000 de você e tentará te fazer uma proposta que seja vantajosa ao fundo. Eles vão negociar com você e vão pedir no mínimo 100 reais para renegociar os 1000 que você devia inicialmente. É isso, espero ter ajudado.

        Responder
    • Edinaldo Ribeiro de Almeida 25 de julho de 2020

      Não entendi nada,estou pagando um boleto do Bradesco no boleto do Santander,e veio escrito fundo de investimento em direitos creditorios não padronizados.
      Não entendi nada se tiver alguém que possa me explicar ficarei grato.

      Responder
    • nayra 1 de setembro de 2020

      Apareceu uma restrição no meu nome nessa empresa, podem me explicar do que se trata? e o valor muito alto!!!
      Exijo uma explicação!!!

      Responder
    • João Carlos Marins 16 de outubro de 2020

      Bom dia, recebi um notificado so Serasa que estou para ser negativado por vcs e não sei porque, pois nunca tive nenhum negócio com Vcs. Por favor esclarecer o que 3sta aconteceu.

      Responder
    • José Heliomar Barbosa 2 de novembro de 2020

      Fiz um acordo com este fundo de investimento só que na sexta parcela não tao liberando ele sempre está com problemas no sinal.quero solução. Se estou com. O nome limpo e meu escori abaixando pq????.

      Responder
    • Silvana 27 de novembro de 2020

      Meu sogro fez um empréstimo consignado do INSS pela caixa econômica federal e ainda não venceu a primeira parcela agora vem esse fundo aí cobrando !? Quem autorizou????

      Responder