fed funds
Por: Tiago Reis

Fed funds: como funciona esse tipo de transação entre os bancos dos EUA?

Além de ser o guardião da moeda, é função de todo banco central proteger o sistema financeiro do país e assegurar a solidez de seus bancos. Nos EUA, essa tarefa recai sobre o Fed (Federal Reserve) – que, dentre outras dispositivos, utiliza os Fed funds como um dos meios para garantir a liquidez do seu sistema bancário.

Por isso, além de cumprir uma função regulatória, os Fed funds também servem como um suporte financeiro para o funcionamento de todo o conjunto de instituições financeiras daquele país.

O que são os Fed funds?

Os fundos federais, conhecidos também como Fed funds, são reservas que os bancos comerciais e as demais instituições financeiras americanas depositam junto ao Federal Reserve, o Banco Central dos EUA. Os bancos americanos são obrigados a manterem tais depósitos nos bancos do Federal Reserve, tanto para compensar transações financeiras interbancárias ou cumprir as exigências de reservas feitas pelo Fed.

Porém, os recursos depositados nos Fed funds podem ser emprestados para outros bancos. Ou seja, para ajudar os próprios participantes do mercado, os bancos com saldo positivo podem emprestar para aqueles que estiverem sem dinheiro para cumprir suas exigências diárias de reserva – que é a quantidade de dinheiro que os bancos devem manter junto ao Federal Reserve.

Como funcionam os Fed funds?

Os Fed funds funcionam como um instrumento de garantia generalizada para todo o sistema bancário americano. Dessa forma, é com a ajuda desses fundos que os bancos que se encontram em dificuldades financeiras conseguem tomar recursos emprestados para saldar suas obrigações diárias com o Fed.

Por isso, as transações no mercado de fundos federais dos EUA permitem que instituições depositárias com saldos maiores que o exigido emprestem para instituições com saldo insuficiente.

Mas apesar de não serem garantidos, o empréstimo dos Fed funds são feitos a uma taxa de juros relativamente baixa, chamada taxa de fundos federais ou taxa overnight – já que a maioria desses empréstimos é feita de um dia para o outro.

fed fundsComo é calculada a taxa dos Fed funds?

A taxa efetiva dos fundos federais, ou effective Fed funds rate (EFFR) é calculada pela média ponderada do volume das transações overnight de fundos federais, relatadas no FR 2420 (relatório de taxas selecionadas do mercado monetário). O Federal Reserve publica, todas as manhãs, a taxa EFFR para o dia útil anterior.

Mas devido a arbitragem das instituições financeiras, que atuam tanto no mercado interbancário dos Fed funds quanto no mercado aberto, as duas taxas tendem a seguir o mesmo valor. Sendo assim, pode-se dizer que a taxa dos fundos federais está intimamente relacionada às taxas de juros de curto prazo no mercado aberto.

Porém, o próprio FED também define uma meta de taxa ou intervalo para a taxa dos fundos federais. Esse valor é ajustado periodicamente, baseado em condições econômicas e monetárias do momento.

Quem participa dos Fed funds?

Os participantes do mercado de Fed funds incluem bancos comerciais dos EUA, filiais de bancos estrangeiros dos EUA, organizações de poupança e empréstimo e empresas patrocinadas pelo governo, como a Federal National Mortgage Association (Fannie Mae) e a Federal Home Loan Mortgage Corporation (Freddie Mac). Além disso, também participam as empresas de valores mobiliários e agências do governo federal.

Muitas instituições relativamente pequenas, que acumulam reservas que excedem suas exigências, utilizam suas reservas nos Fed funds para emprestar dinheiro de um dia para o outro para grandes bancos regionais e instituições estrangeiros que operam nos Estados Unidos. Agências federais também emprestam fundos ociosos no mercado federal de fundos.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

207 artigos
Ações

FIIs

53 artigos
FIIs

eBook Gratuito

Manual do Investidor

Tudo o que você precisa para dar os primeiros passos na Bolsa de Valores