Acesso Rápido

    EWZS: conheça o ETF brasileiro de Small Caps negociado nos EUA

    EWZS: conheça o ETF brasileiro de Small Caps negociado nos EUA

    Existe um ETF que representa as principais small caps brasileiras em uma das maiores bolsas de valores dos Estados Unidos: o EWZS.

    Através do EWZS, é possível investir de forma dolarizada nas small caps listadas na bolsa de valores brasileira (B3).

    O que é EWZS?

    O EWZ, formalmente iShares MSCI Brazil Small Caps, é um ETF composto por ações de companhias brasileiras, negociado na NASDAQ, uma das principais bolsas de valores dos Estados Unidos e do mundo.

    Na B3, internamente, estão disponíveis alguns fundos de índices direcionados para Small Caps, como é o caso do SMAL11 e do SMAC11.

    E-book: Invista como Warren Buffett

    Baixe gratuitamente o nosso ebook e aprenda os conceitos por trás da estratégia de Warren Buffett, o maior investidor de todos os tempos!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    As grandes diferenças entre estes ETFs nacionais e o EWZS, são:

    • EWZS é negociado internacionalmente;
    • EWZS é dolarizado, portanto variações no câmbio também podem afetar os resultados desse investimento.

    Por outro lado, assim como os ETFs brasileiros, o índice que serve como benchmark para o EWZS é o SMLL, principal índice de small caps do Brasil.

    Basicamente, para obter o resultado planejado, o fundo de índice compra ponderadamente as ADRs (American Depositary Receipts) das Small Caps que compõem o SMLL, para assim conseguir replicar o resultado do índice.

    As ADRs são certificadas de ações emitidos por instituições financeiras americanas com lastro em títulos de valores imobiliários internacionais. No caso do EWZS, as ADRs são lastreadas em títulos de valores mobiliários brasileiros.

    Como funciona o EWZS?

    O grande objetivo do EWZS é conseguir performar de forma similar ao índice de small caps do mercado brasileiro.

    Por isso, as principais small caps do Brasil fazem parte da composição do ETF, como é o caso do(a):

    Entretanto, como o investimento é dolarizado, as variações cambiais também tem efeito sobre o valor do fundo de índice.

    Isso quer dizer que, em uma situação de alta do índice de SMLL, por exemplo, não necessariamente o EWZS terá uma alta proporcional.

    Isso porque, caso o dólar seja valorizado, a alta será comprometida. Em contrapartida, se o dólar desvalorizar, o efeito da alta do do SMLL será atenuado.

    Portanto, é possível concluir que a combinação das variações no SMLL e na relação dólar-real formam um valor próximo ao EWZS index.

    Para investir diretamente neste ativo, é preciso ter acesso a uma corretora de valores estrangeira que realize a intermediação das operações na NASDAQ, bolsa de valores onde o ETF é negociado.

    ETFs podem ser boas opções para quem quer começar a investir na renda variável. Quer saber tudo que precisa para começar a investir bem? Baixe o Ebook Manual do Investidor.

    Vantagens do EWZS

    As vantagens do EWZS são as seguintes:

    1. Diversificação

    Por ser um fundo de índice, o MSCI Brazil Small Caps é uma opção em relação a diversificação na renda variável, já que é composto por ADRs de diferentes ações de empresas de diversos setores econômicos.

    2. Praticidade

    Investimento diversificado de gestão passiva, onde o investidor não precisa analisar profundamente cada ativo adquirido.

    3. Maior potencial de rentabilidade

    As small caps são empresas de menor valor de mercado, mas que, caso entregue retornos positivos, têm maior potencial de valorização acima da média.

    4. Ganhos podem ser acentuados pelo câmbio

    Como o valor do dólar também influencia o resultado do ETF, baixas no dólar podem potencializar o retorno ou amenizar perdas do investidor.

    Desvantagens do EWZS

    Em contrapartida, é fundamental listar também algumas desvantagens do EWZS.

    1. Disponível apenas no exterior

    Apenas investidores cadastrados em instituições financeiras que podem intermediar operações na Nasdaq são capazes de investir seus recursos nesse ETF.

    2. Taxa de administração

    Como o EWZS é um ETF e, portanto, um fundo de investimento, é necessário arcar com o pagamento de uma taxa de administração de 0,59% a.a.

    Apesar de baixa, é sempre interessante evitar o pagamento de taxas que podem comprometer os ganhos do investidor.

    3. Impacto das variações cambiais

    Se por um lado a desvalorização do dólar pode pressionar o valor do ETF para cima, a valorização da moeda pode ser desinteressante no curto prazo para o investidor deste ativo.

    4. Alta volatilidade

    Como as small caps costumam ser companhias menos sólidas do que as grandes empresas da bolsa, é comum que estejam sujeitas a uma maior volatilidade, que pode ser mal vista, sobretudo para investidores mais conservadores na renda variável.

    E-book: Aprenda como analisar uma ação

    Baixe gratuitamente o nosso ebook e conheça os principais critérios para se analisar uma ação antes de investir!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Vale a pena investir no EWZS?

    ETFs são opções interessantes para quem quer começar investir na bolsa de valores e ainda não tem confiança o suficiente para selecionar de forma ativa ações para a sua carteira de investimentos.

    Todavia, existem diversos ETFs listados na B3, tornando menor a necessidade de recorrer  a esse tipo de ativo em bolsas de valores estrangeiras.

    O mais recomendado, sobretudo para os iniciantes, é começar a investir de forma simples e dentro do domínio de conhecimento do investidor.

    Esse artigo te ajudou a entender o que é o EWZS? Deixe dúvidas e comentários no espaço abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *