dólar futuro
Por: Tiago Reis

Dólar futuro: entenda em detalhes como funciona esse contrato

Quando investidores falam em dólar futuro eles estão tratando de uma forma bastante difundida de investir na moeda americana.

Podemos dizer que contratos de dólar futuro são acordos de compra ou venda de moeda norte-americana em um prazo futuro, por um preço antecipadamente estabelecido.

Esses contratos são negociados pela B3 e padronizados de acordo com suas datas de vencimento.

Se o interesse do investidor é comprar dólar, essa costuma ser uma forma muito melhor de operar a moeda estrangeira.

Através do Mercado Futuro, grandes especuladores compram e vendem contratos futuros de dólar todos os dias, apostando assim, nas oscilações da moeda.

Os contratos de futuro de dólar podem ser negociados em duas modalidades distintas:

  • Contratos cheios: representa uma movimentação de US$ 50 mil e é padrão a negociação de um lote mínio de 5 contratos, totalizando US$ 250 mil.
  • Minicontrato: essa modalidade representa apenas 20% do contrato cheio, portando cada contrato vale US$ 10 mil, e neste caso não há um número mínimo para a operação.

Qual o motivo de negociar dólar futuro

dólar futuro

A motivação básica para a realização desses contratos é a proteção contra a exposição dos efeitos das variações cambiais nas atividades de um agente econômico.

Isso acontece porque em determinadas empresas, uma alta ou queda brusca do dólar pode causar efeitos potencialmente adversos sobre suas finanças.

Desse modo, procurando mitigar esse risco, muitas empresas realizam estratégias de hedge, utilizando contratos futuros de taxa de câmbio.

Adicionalmente, especuladores também podem tentar conseguir gerar ganhos através da negociação dos contratos.

Em suma, aquele que compra um contrato futuro de dólar está apostando na valorização dessa moeda frente o real. De modo a lucrar com a venda ou liquidação desse contrato na sua data de vencimento.

Por outro lado, quem vende um contrato futuro de dólar aposta na desvalorização dessa moeda frente o real. Tendo como objetivo sempre lucrar no momento da liquidação do contrato.

Como operar dólar futuro?

dólar futuro

Para comprar contratos de dólar futuro no Brasil, os operadores devem procurar uma corretora de valores que disponibilize um Home Broker. É necessário também que o investidor tenha uma margem de garantia para que a operação seja liberada.

Essa margem também pode ser aceita através da concessão de títulos públicos ou CDBs.

O vencimento desses contratos acontece no primeiro dia útil de todos os meses do ano na Bolsa de Valores.

Desse modo, na B3, os contratos de futuro de dólar funcionam da seguinte maneira:

Cada papel tem uma nomenclatura diferente. O contrato cheio é denominado pela sigla DOL, enquanto o minicontrato é WDOL.

Além disso, essa nomenclatura vem acrescida da letra correspondente ao mês de vencimento do contrato (F, G, H, J, K, M, N, Q, U, V, X ou Z) e de dois números correspondentes ao ano de vencimento do contrato.

No momento da liquidação do contrato é feito uma operação inversa à posição original, na data de vencimento do mesmo. Desse modo, a posição do especulador é automaticamente zerada no dia do vencimento. Aquele especulador que estiver comprado será vendido, e vice-versa.

Por fim, a incidência de imposto de renda sobre a liquidação de um contrato de dólar futuro é de 15% sobre o lucro líquido da operação.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

205 artigos
Ações

FIIs

52 artigos
FIIs

eBook Gratuito

INvestindo
No
Exterior

Descubra como você também pode investir nas maiores empresas do mundo.