correção monetária
Por: Tiago Reis

Correção monetária: veja como calculá-la na prática

Você sabia que a correção monetária já foi amplamente utilizada na economia brasileira?

Ainda atualmente a correção monetária está presente. No entanto, uma vez que o país superou a hiperinflação, ela tem se tornado menos recorrente.

O que é a correção monetária?

A correção monetária é o ato de corrigir valores pela variação da inflação do período. Esta correção também é conhecida pelo termo atualização monetária. O seu objetivo é, basicamente, compensar as pessoas das perdas decorrentes do aumento geral no nível de preços na economia.

Por exemplo, suponha que você possui um crédito a receber do banco no valor de R$ 10 mil. Além disso, este valor também deve ser corrigido pela inflação.

Guia de Economia para Investidores

Confira os principais conceitos econômicos e aprenda como a economia pode influenciar seus investimentos com o nosso ebook gratuito de Economia para Investidores!

Logo, se a inflação acumulada do período for de 50% isto significa que o seu crédito irá valer R$ 15 mil ao fim do período.

Em algumas ocasiões os valores podem ser corrigidos também pela variação do valor de moedas estrangeiras, como o dólar.

Índices de correção monetária

Existem diversos índices de correção monetária. Isto ocorre pois cada é mais um apropriado para determinado propósito.

Para uma empresa exportadora, por exemplo, que depende bastante do valor do dólar, pode ser interessante ter uma atualização monetária em relação ao dólar.

Já para um cidadão assalariado preocupado em manter o seu poder de compra, o índice mais apropriado é o IPCA.

Outros índices de correção monetária bastante comuns são:

Por que realizar a atualização monetária?

A atualização monetária é realizada, principalmente, para recompor o poder de compra da população.

Imagine, por exemplo, que seus gastos mensais são no valor de R$ 10 mil. E que também o seu salário é este exato valor.

Se a inflação acumulada dos próximos 5 anos for no valor de 20% isto significa que seus gastos serão de R$ 12 mil ao final do quinto ano. Isto ocorre pois os preços subiram em 20%.

Portanto, para manter o seu poder de compra, muitas vezes é utilizada a atualização monetária. Se o seu salário, por exemplo, tiver um aumento de 20%, você manterá o seu poder de compra.

Caso o seu salário não seja corrigido você estará mais pobre. Afinal, os preços subiram e o seu salário não. Ou seja, você terá perdido poder de compra.

Esta atualização é utilizada na correção do valor do salário mínimo.

É importante ressaltar que, para obter um aumento do seu poder de compra, você deve ter um aumento de renda acima da inflação.

Isto, muitas vezes, não ocorre. Uma das formas de fazer o seu dinheiro render acima da inflação é investindo no mercado de renda variável.

10 livros que todo investidor deveria ler

Como calcular a correção monetária?

Muitas pessoas se questionam como calcular a correção monetária.

Para ajudar nesta tarefa existem ferramentas online disponibilizadas por instituições privadas e públicas.

Afinal, realizar o cálculo da atualização monetária manualmente é uma tarefa muito árdua. Por isso, essas instituições que possuem uma grande base de dados facilitam os cálculos. Para isso basta que você insira as datas e os valores a serem corrigidos.

Uma das ferramentas mais práticas para fazer este cálculo é fornecida pelo Banco Central. Esta ferramenta faz parte do programa “calculadora do cidadão”.Você pode acessá-la clicando neste link.

Na ferramenta você pode optar por diversos índices, tais como: CDI, IPCA e IGP-M. Após isto, basta inserir a data inicial e final, bem como o valor a ser corrigido. Observe, na imagem abaixo, um exemplo do uso da ferramenta para corrigir o valor de R$ 1 mil.

Para esta simulação foi utilizado o índice IGP-M e o período de outubro de 2008 até outubro de 2018.

exemplo de como calcular a correção monetária

Portanto, fica claro como é simples realizar o cálculo da correção monetária. Porém, se restou alguma dúvida, deixe sua pergunta abaixo nos comentários e compartilhe conosco a sua opinião sobre esse cálculo.

Telegram Suno
Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

17 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ayres 12 de setembro de 2019

    A atualização por índices de tabelas, como por exemplo dos TJ’s do País, como é feito o cálculo?

    Responder
    • jorge gonzaga Gonzaga 19 de outubro de 2019

      Estou vendendo um imovel no valor de R$ 2.000.000,00 em 100 prestações mensais, sem entrada. Como devo proceder ,para cobrar a correção mensais junto com a prestação?

      Responder
  • Robson Alcântara 1 de outubro de 2019

    Bom dia Tiago Reis.
    Como posso, judicialmente, fazer para corrigir meu salário para atingir o mesmo poder de compra de 3 anos atrás?

    Responder
  • Paula 9 de janeiro de 2020

    É correto fazer a correção apenas do valor principal ou podemos usar também sobre os juros e multa?

    Responder
  • Marilda 10 de janeiro de 2020

    Quando é divulgado o índice Ipca-e? E como faço o cálculo para atualização monetária?

    Responder
    • JOSE EUSTAQUIO LAGE MOREIRA LAGE MOREIRA 22 de agosto de 2020

      Um imóvel rural adquirido ‘a 15 anos, qual seria seu valor atual corrigido, e por qual índice?

      Responder
      • Suno Research 24 de agosto de 2020

        Olá, Jose Eustaquio. Tudo bem?
        O IGP-M é o índice de referência de correção para o mercado imobiliário. No entanto, existem outros fatores que também vão influenciar no seu valor atual, como infraestrutura, localização, entre outros.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
  • william jota 10 de janeiro de 2020

    Tudo certo. Mas porque, afinal, orgãos como o INSS utilizam fatores de correção tão inferiores aos IGP/DI e IPCA? Isso é legal?

    Responder
  • elaine 20 de fevereiro de 2020

    A data inicial é a data do débito ou a data do primeiro vencimento?

    Responder
  • CARLOS 3 de março de 2020

    NÃO ADIANTA PERGUNTAR… NÃO VEJO RESPOSTAS PARA AS PERGUNTAS FEITAS…

    Responder
  • Júlio Cesar batista 5 de março de 2020

    Comprei um terreno em outubro de 2019 dei 10 mil reais de entrada e fiquei com parcelas de 1129 corrigida mensalmente pelo igpm, 144 parcelas, hj 6 meses depois da primeira parcela paga estou pagando 1170 reais.

    Responder
  • Rosicleia 1 de abril de 2020

    Não encontrei nenhuma calculadora que faça correção monetária conforme o Decreto 1.544/95, ou seja, pela média aritmética simples entre o INPC e o IGP-DI.
    Achei apenas uma tabela de correção, mas não explica como usar na prática.

    Responder
  • vanderli 22 de abril de 2020

    excelente, vc nos deu dicas muitíssimas importante. parabéns!!!

    Responder
  • Diego 29 de maio de 2020

    Bom Dia,

    preciso corrigir um valor de Cr$ 4.000,00 cruzados que foi fixado em agosto de 1986, ou seja, além das correções, existirá as conversões entre as várias moedas que mudaram. Isto é, em 1986 era Cruzado, depois cruzado novo (1989), na sequência Cruzeiro (1990), Cruzeiro Real (1993) e por fim Real (1994).

    Em suma, gostaria de uma orientação para descobrir qual seria esse valor hoje (JUN2020).

    Desde já, obrigado!

    Responder
  • Ederson 13 de julho de 2020

    Tenho 1500 para receber do governo dia 10/08. O juros e correção monetária desse valor vai da quanto?

    Responder
  • Rosana 27 de julho de 2020

    Boa noite! Posso corrigir valor dentro de 1 mês apenas?

    Responder
  • Katia 13 de agosto de 2020

    Prezados, bom dia!

    Observei que o calculadora do Banco Central faz a correção utilizando mês/ano. E nos casos de correção pro-rata die?
    Como ficaria neste caso?

    Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

208 artigos
Ações

FIIs

58 artigos
FIIs
accounting (1)

Minicurso Gratuito

Contabilidade Para investidores

Aprenda os principais conceitos sobre contabilidade que todo investidor precisa saber!

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!