conta salário
Por: Gabriela Mosmann

Conta salário: como funciona essa modalidade de conta bancária?

Hoje em dia, é cada vez mais comum a busca por uma conta bancária que não implique em tarifas, facilitando um melhor controle das finanças pessoais. A conta salário é uma dessas contas sem tarifas. Todavia, ela não possui os mesmos serviços que uma conta corrente convencional.

A conta salário é um serviço muito específico quando comparado às demais contas. Dessa forma, será importante compreender quais as vantagens e quais as limitações de utilizar um recurso desse tipo.

O que é a conta salário?

A conta salário é uma conta bancária que serve apenas para que o funcionário receba sua remuneração ou outros benefícios empregatícios, como 13º salário e férias. Ou seja, não é possível receber depósitos ou outros montantes nessa conta que não oriundos do empregador do titular da conta.

Controle de gastos

Há duas principais vantagens da conta salário, a primeira é referente a gratuidade nas tarifas bancárias. A segunda é em relação à possibilidade de abertura de conta mesmo que o titular da conta possua restrições no CPF.

A conta salário não é uma conta convencional. Uma das suas especificidades é em relação à sua abertura. Essa modalidade só pode ser criada pelo empregador, e ela é feita em nome do funcionário.

Como abrir uma conta salário?

Para concretizar sua criação, o colaborador terá que apresentar os seguintes documentos para abertura da conta salário:

  • Carta de recomendação da empresa (geralmente, constando o valor do salário);
  • RG e CPF;
  • Comprovante de residência.

Uma questão que acaba por aparecer dada essa particularidade, é quem tem direito a conta salário? Apesar da responsabilidade da abertura da mesma ser do empregador, todo cidadão tem direito a ela.

Apesar disso, as empresas não são obrigadas a disponibilizar esse tipo de conta para os funcionários. Mas esse acaba sendo um processo comum, sobretudo em grandes corporações, pois facilita o fluxo de pagamento de salários.

Outro ponto importante é como fechar a conta salário. O empregador, além de ser responsável pela abertura, é responsável pelo também pelo seu encerramento. Dessa forma, quando ocorre o fim do vínculo empregatício, é importante verificar se ela foi finalizada. Visto que ela não poderá ser usada para outras funções, nem mesmo para receber salário de outro empregador.

Quer organizar melhor as suas finanças? Baixe a planilha da vida financeira da Suno e tenha uma ferramenta útil em mãos.

E-book Comece a Investir na Bolsa

Principais diferenças para conta corrente

Há importantes diferenças da conta salário para a conta corrente e que impactam as movimentações comuns do dia-a-dia, como:

  • Não é possível usar talão de cheques;
  • Não autoriza a emissão de cartão de crédito para o titular da conta;
  • Não permite saldo negativo, ou seja, não possui cheque especial;
  • Não permite o recebimento de depósitos que não sejam feitos pelo empregador.

Apesar desses limites da conta salário, ela possibilita outras funções que acabam sendo suficientes para operações mais simples, como:

  • Cartão de débito;
  • Saques;
  • Consulta de saldo e extrato;
  • Transferência para outras contas;
  • Recarga de celular.

Contudo, apesar desses serviços serem permitidos em uma conta desse tipo, não são todos os bancos comerciais que disponibilizam-nos. Dessa forma, é importante estar atento aos serviços que o banco oferecem em cada caso.

Transferência do valor recebido para outro banco

O fato de uma pessoa ter uma conta desse tipo não implica que ela é obrigada a manter o dinheiro nela. A portabilidade da conta salário permite que o titular transfira o valor recebido para outra aplicação sem custos.

Essa transferência pode ser realizada inclusive de forma automática, para facilitar o processo. Essa possibilidade é garantida ao titular da conta, também gratuitamente. A única exigência é que a conta de destino tenha a mesma titularidade da conta de origem.

Orçamento familiar

Outro ponto é que a portabilidade de salário deve ser formalizada para que seja efetivada. A formalização deve ser realizada junto ao banco. Dessa forma, o valor será transferido para a outra conta informada no mesmo dia em que o empregador realizar o crédito para o funcionário.

Esse artigo ajudou você a entender como funciona a conta salário? Deixe suas dúvidas e comentários abaixo.

Gabriela Mosmann

Gabriela Mosmann é analista de investimentos na Suno Research. É economista, mestre e doutoranda em Finanças pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Possui também certificação CNPI.

2 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Marcio Neri de Souza 5 de junho de 2020

    Foi muito importante , tirei todas as dúvidas , sobre a conta salário

    Responder
  • Guedes 5 de julho de 2020

    Excelente esclarecimento, mas me parece que a conta salário tem um limite de saques que se refere não ao valor sacado, mas à quantidade de saques em 30 dias. Como isto não foi abordado no texto, gostaria de saber: não há mais, essa limitação?

    Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

207 artigos
Ações

FIIs

58 artigos
FIIs
profit (1)

Planilha Gratuito

Controle
SUAS
FINANçAS

Uma planilha 100% Gratuita para ajudar você a organizar as suas finanças!

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!