capacidade produtiva
Por: Tiago Reis

O que é capacidade produtiva e qual é a sua importância para a empresa?

A capacidade produtiva de uma empresa é um indicador fundamental para analisar o fluxo operacional de qualquer empresa. Mas por ser um indicador que se relaciona diretamente com o faturamento e a lucratividade do negócio, muitos pensam que quanto maior a capacidade produtiva, melhor.

Porém, esse conceito pode ser enganoso – já que normalmente a capacidade produtiva ideal será aquela que conseguir adequar melhor o nível de produção com a demanda do mercado, gerando o menor custo possível.

O que é capacidade produtiva?

Capacidade produtiva é a quantidade máxima de produtos e serviços que uma empresa é capaz de produzir com uma determinada quantidade de recursos, em um determinado período.

Um restaurante, por exemplo, mede sua capacidade produtiva pelo número de refeições que serve por dia. Já uma indústria mede pela quantidade de itens produzidos e um comércio, pelo número de vendas.

Como analisar a capacidade produtiva de uma empresa?

Existem diferentes formas de classificar e analisar a capacidade produtiva de uma empresa. As principais são:

Instalada

Corresponde a capacidade produtiva total que a empresa tem, de acordo com sua infraestrutura. A capacidade instalada considera o potencial produtivo máximo da empresa, onde todos os fatores de produção (máquinas, insumos, matéria-prima, funcionários) estariam funcionando de forma plena – sem a ocorrência de interrupções, perdas, faltas, ou demais imprevistos.

É um indicador hipotético, que serve de referencial para a tomada de decisões estratégicas.

Disponível

Informa qual é a capacidade produtiva disponível para a empresa em um exato momento. Ou seja, o cálculo leva em conta apenas os ativos e insumos que podem entrar em funcionamento efetivamente naquele instante.

A capacidade disponível também não considerada as perdas, faltas ou paradas por qualquer motivo.

Efetiva

Representa o nível de produção que a empresa efetivamente consegue ter. É baseada em cima da capacidade disponível, mas com uma provisão de perdas, faltas, paradas por manutenção e demais interrupções planejadas durante a produção. Por serem fatores previsíveis e controlados, é possível inclui-los cálculo de capacidade efetiva.

Realizada

Corresponde à capacidade efetiva, mas considerando também as perdas e paradas que não são planejadas. Entram nesse cálculo eventos como como interrupção de energia, falta de matérias primas, ausência de funcionários, danos na infraestrutura, entre outros.

Como são fatores imprevisíveis, a capacidade realizada é calculada por uma estimativa – que leva em conta a probabilidade desses eventos acontecerem e o histórico da empresa.

Por que sua análise é importante?

Quando o assunto é avaliar a situação atual de uma empresa, saber como anda a sua eficiência operacional funciona é mais do que fundamental.

No setor industrial, por exemplo, conhecer quanto uma empresa consegue produzir de uma fábrica permite uma melhor tomada de decisões. Entre elas, estão o dimensionamento dos estoques, a redução dos custos de produção e armazenagem, o melhor aproveitamento dos insumos e matérias primas e a otimização na rotina de trabalho dos funcionários.

Além disso, o indicador de capacidade produtiva serve para dimensionar o fornecimento ao mercado e adequar a planejamento comercial e financeiro da empresa. Produzir a menos pode significar perda de clientes, beneficiando diretamente a concorrência. Por outro lado, produzir a mais gera custos maiores, prejudicando o fluxo de caixa operacional da empresa.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

4 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Rodrigo 28 de agosto de 2019

    Digamos que uma empresa produza vassouras.

    A empresa produz 100 vassouras por hora.

    Após avaliação foi identificado que a empresa produz as 100 vassouras por hora.

    Porém, 90 vassouras são entregues com problemas.

    Me corrija se eu estiver errado.

    É correto afirmar que SIM a capacidade produtiva da empresa é de 100 vassouras.

    É correto afirmar que SIM a capacidade do processo produtivo da empresa é de 10 vassouras. Pois eles possuem falhas no processo produtivo.

    Responder
    • Tania Costa 30 de setembro de 2019

      Processo produtivo são de 10 vassouras.

      Responder
    • Dimas Marinheiro 17 de setembro de 2020

      Não. A capacidade de produção continua sendo 100 vassouras, no entanto, a eficiência da maquina foi 10%.

      Responder
  • Jaqueline Valério 7 de maio de 2020

    Em uma empresa que produz software, como faço esse cálculo?
    Muito obrigada

    Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

208 artigos
Ações

FIIs

58 artigos
FIIs
kisspng-warren-buffett-business-stock-nebraska-sales-warren-buffett-5b5ea4d6586671.9006389715329292383621

eBook Gratuito

Invista Como
Warren Buffett

Aprenda a usar a estratégia do Value Investing, usada pelo maior investidor do mundo!

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!