Acesso Rápido

    CEI: saiba como acessar e usar o Canal Eletrônico do Investidor

    CEI: saiba como acessar e usar o Canal Eletrônico do Investidor

    Para aqueles investidores que procuram estar atentos quanto a sua carteira de investimentos, bem como à oficialização da custódia de seus ativos, é imprescindível que esse aplicador tenha acesso ao Canal Eletrônico do Investidor (CEI).

    Afinal de contas, por meio desse canal os investidores têm acesso a várias informações fundamentais sobre os seus investimentos. E para saber tudo sobre o Canal Eletrônico do Investidor, é preciso entender, de fato, o que ele é, como ele funciona e quais são as informações disponibilizadas neste canal do investidor.

    O que é Canal Eletrônico do Investidor (CEI)?

    O CEI, sigla para Canal Eletrônico do Investidor, é um canal disponibilizado pela bolsa brasileira B3 (Brasil Bolsa Balcão) para que os investidores possam realizar consultas e conferências pela internet dos seus investimentos. Assim, eles podem ficar por dentro sobre as principais informações financeiras do seu portfólio de ativos.

    Por conta da disponibilização compilada de todas as informações sobre os seus investimentos, esse é um serviço interessante para que investidores possam realizar eventuais acessos, de tempos em tempos, para verificarem a veracidade dos seus investimentos. Por exemplo, para saber se as aplicações foram, de fato, custodiadas e realizadas pelas corretoras.

    Planilha de Controle de Investimentos

    Faça o controle completo das suas ações, FIIs e todos os seus investimentos com a nossa planilha gratuita de Controle de Investimentos!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Isso porque, apesar de as principais corretoras de valores terem um sistema bastante confiável, a grande vantagem de acessar o canal eletrônico do investidor é a possibilidade de ter uma retaguarda em casos de fraudes que são possíveis de acontecer no ambiente virtual.

    E, além disso, o CEI também pode ser uma plataforma interessante para aqueles investidores que possuem conta em mais de uma corretora. O que é, inclusive, bastante comum.

    Isso porque diversos investidores acabam optando por realizar investimentos em renda variável na corretora X e em renda fixa na corretora Y, por exemplo. Isto de forma a aproveitar os melhores produtos e preços oferecidos por cada uma das corretoras.

    Então, por meio do Canal Eletrônico do Investidor, é possível que esse tipo de aplicador possa verificar toda a custódia registrada por cada uma das suas respectivas corretoras de maneira simplificada. Sendo que o portal irá demonstrar todos os tipos de investimentos realizados por cada uma das contas de titularidade do investidor.

    Quem pode ter acesso ao CEI?

    Uma pergunta bastante frequente sobre esse canal do investidor diz respeito a quem pode ter acesso ao CEI. E, como foi dito, o CEI é uma plataforma oferecida pela bolsa de valores (B3). Por conta disso, investidores que possuem os seguintes investimentos poderão ter acesso ao canal:

    Além disso, qualquer investidor que tenha direitos a proventos das empresas, como dividendos e juros sobre capital próprio (JCP), podem ter acesso à plataforma para ter informações referentes aos seus investimentos.

    Informações disponíveis no CEI

    As informações contidas no canal eletrônico do investidor são bastante completas e muito úteis para qualquer investidor que possua um dos ativos financeiros citados anteriormente. Por isso, é fundamental que todo investidor saiba quais são as informações dispostas no CEI.

    Assim, quando for necessário colher alguma dessas informações, o investidor já saberá que pode tê-las por meio do portal.

    Enfim, entre as informações disponíveis no CEI para os investidores estão:

    • Saldo diário da conta e extrato mensal de custódia de ativos;
    • Saldo no mercado futuro;
    • Saldo no mercado de opções;
    • Saldo de ativos depositados para garantias de posições;
    • Aviso de movimentação, informe de rendimento e reembolso BTC;
    • Avisos de transferências;
    • Extrato de negociação de ativos;
    • Salto de títulos públicos.

    E além dessas informações citadas, é possível também ter acesso a um histórico de todas as posições em custódia do investidor. Nesse histórico, há a possibilidade de consultar todas as movimentações realizadas nos últimos 60 dias.

    Algumas dessas informações acima estão disponíveis na aba “Extrato e Informativos”, que pode ser acessada logo na página de início ao realizar o login na conta do CEI. Como é possível verificar na imagem a seguir:

    CEI

    Outras informações, como a carteira de ativos do investidor em cada corretora, bem como os proventos que têm direito a receber, estão disponíveis na aba “Investimentos”, também na página inicial. Como pode ser conferido a seguir:

    CEI

    Acompanhamento de dividendos pelo CEI

    Outra possibilidade bastante interessante é o acompanhamento de dividendos pelo CEI, sendo que o portal acusa todos os provisionamentos de proventos do investidor. Ou seja, quando uma empresa com ação na bolsa anuncia o pagamento de dividendos ou de JCP (juros sobre capital próprio), o CEI provisiona esses proventos dentro da plataforma.

    Com isso, é possível verificar quando foi a data-ex do pagamento e quando ele de fato irá ocorrer. Sendo que essa informação é separada por corretora, o que ajuda muito no controle dos investimentos de qualquer investidor.

    Além disso, esse serviço é importante também porque, às vezes, o investidor sequer fica sabendo quando alguma de suas empresas anuncia pagamento de dividendos. Afinal, nem todos recebem comunicados por e-mail ou acompanham com frequência a página de relação com investidores das companhias.

    Por isso, utilizar o portal do investidor para acompanhar esses pagamentos de proventos é outra possibilidade desse portal. Para isso, no menu inicial o investidor deve, em primeiro lugar, abrir a aba de “Proventos”. Depois, clicar para ampliar as informações referentes aos “Eventos em Dinheiro Provisionado”.

    E-book: Investindo em Dividendos

    Baixe gratuitamente o nosso ebook e descubra como viver de renda investindo em empresas pagadores de dividendos!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Acompanhamento de aluguel de ações pelo CEI

    Ainda, outra funcionalidade que tem ganhado espaço no portal é a possibilidade de fazer o acompanhamento de aluguel de ações pelo CEI. Sendo possível conferir todos os aluguéis de ativos que estão acontecendo. Em outras palavras, essa funcionalidade permite que o investidor possa saber exatamente quais são suas ações alugadas no mercado.

    Isso é fundamental porque muitas corretoras apenas pedem o aceite do investidor para realizar o aluguel dos seus ativos de forma automática, não sendo, portanto, o próprio cliente que realiza a operação. Com isso, muitas vezes esses investidores sequer sabem quais são as suas ações e ativos que estão sendo alugados.

    Então, para conferir essa informação no CEI, basta acessar a aba no menu inicial de “Empréstimos de ativos”.

    Extrato mensal do CEI

    Muitos investidores passam a conhecer esse canal por meio do extrato mensal do CEI. Afinal, muitos recebem todos os meses um e-mail com esse extrato da B3.

    Nesse extrato, o investidor pode conferir as movimentações de ativos que foram realizadas no mês. Por exemplo, eventuais ordens de compra ou de venda de ações executadas pelo investidor naquele período.

    E caso o investidor não esteja recebendo esses extratos, é possível configurar no portal do CEI para o recebimento dos extratos por e-mail ou até pelos correios. Para isso, basta seguir o seguinte passo a passo:

    1. Acessar o site do CEI;
    2. Clicar na opção de “Extratos e Informativos”;
    3. Clicar em “Configurar Envio de Extratos”;
    4. Selecionar a marcação de envio do extrato por e-mail ou pelos correios.

    Vale destacar que para ter acesso aos extratos enviados por e-mail, será necessário, também, de uma senha de acesso ao PDF enviado. Sendo que essa senha também pode ser consultada diretamente pelo portal seguindo o passo a passo a seguir:

    1. Acessar o site do CEI;
    2. Clicar na opção de “Senhas”;
    3. Clicar em “Senha dos extratos enviados por e-mail”;
    4. Na nova aba, clicar para visualizar a senha de acesso.

    E além do extrato mensal do CEI, diversos investidores, sobretudo os iniciantes, passaram a ter conhecimento sobre a existência desse canal por conta dos aplicativos de acompanhamento de investimentos, que vêm se popularizando cada vez mais.

    Uso do CEI por aplicativos de investimentos

    Com a expansão dos aplicativos de investimentos, diversos investidores passaram a utilizar o CEI com maior frequência. Isso porque esses aplicativos importam informações desse canal para calcular a rentabilidade de seus investimentos.

    Com isso, esse tipo de aplicativo consegue calcular essa rentabilidade em vários tipos de investimentos, como no tesouro direto, em ações e em fundos imobiliários (FIIs). Sendo que isso tem ajudado bastante diversos investidores, sobretudo os iniciantes, que ainda não possuem um controle próprio de seus investimentos.

    E para que os aplicativos consigam calcular a rentabilidade dos investimentos com tanta precisão, eles importam as informações de investimentos realizados diretamente do Canal Eletrônico do Investidor. É por conta disso que eles solicitam ao investidor suas informações de login no CEI (CPF e senha) para realizar todo esse cálculo.

    Em outras palavras, com o acesso à conta do CEI do investidor, os aplicativos coletam algumas informações de seus investimentos. Sendo algumas dessas informações coletadas são:

    • Data da aplicação;
    • Preço de aquisição;
    • Preço de mercado atual.

    Com os dados de quando foi realizado o investimento, o preço da aquisição e com o valor de mercado atual do investimento, esses aplicativos conseguem representar graficamente a rentabilidade obtida pelo investidor ao longo do tempo.

    Essas representações gráficas são importantes para que seja possível comparar a performance financeira obtida pelo investidor com a de outros benchmarks do mercado. Por exemplo, com a rentabilidade do CDI, IPC-A, dólar e até com o Ibovespa, o índice da Bolsa.

    Então, o gráfico construído por esses aplicativos com essas informações do CEI fica da seguinte forma:

    CEI

    Como acessar o CEI?

    CEI

    Apesar de diversos investidores terem uma certa dificuldade inicial para acessar o portal eletrônico do investidor, vale destacar que esse acesso à plataforma do seu é feita de maneira bastante simples.

    Nesse sentido, para entrar no Canal Eletrônico do Investidor, será preciso apenas do CPF e de uma senha de acesso. Sendo que essa senha pode ser enviada por e-mail ou pelos correios no momento da abertura de conta em uma corretora credenciada pela B3 (brasil bolsa balcão).

    Por isso, vale destacar que não é possível fazer um cadastro no CEI. Afinal, ele é realizado de forma automática no momento em que o investidor cria sua conta de investimentos em uma corretora de valores. Quando também a senha é enviada por e-mail ou pelos correios.

    Por fim, para ter acesso à plataforma, é preciso que o investidor siga o seguinte passo a passo de como acessar o CEI:

    1. Acessar o site do CEI

    Obviamente, o primeiro passo para que o investidor consiga entrar em sua conta do CEI é realizar o acesso ao site do portal.

    2. Preencher as informações de acesso

    Em segundo lugar, o investidor deverá preencher as informações de login. Isto é, deve informar o número de inscrição do seu CPF e a sua senha de acesso ao portal.

    3. Entrar na conta

    Por fim, com as informações do CPF e da senha preenchidas, o investidor então poderá ter, de fato, o acesso ao portal do CEI e às informações de seus investimentos.

    4. Esqueci a senha do CEI

    No caso do investidor ter esquecido sua senha de acesso a esse canal,  é preciso deixar claro que é possível sim recuperar a senha do CEI. Para fazer isso você irá precisar entrar no mesmo link de acesso à plataforma que colocamos acima, para depois seguir 4 passos:

    Primeiramente, é preciso selecionar a opção de “Esqueci minha senha”. Dessa forma, o investidor será direcionado para uma nova página. Nesta página, será preciso preencher o CPF/CNPJ digitando o número que consta no seu documento.

    Após isso, o próximo passo é clicar na opção de “Continuar”, quando o sistema irá identificar qual o meio de envio da nova senha. Sendo que isso poderá acontecer por email ou correios.

    Na hipótese de o investidor ter um e-mail cadastrado no Canal Eletrônico do Investidor, o encaminhamento da senha será uma opção mais ágil. Afinal, desse jeito basta solicitar uma nova senha de acesso e aguardar que ela seja enviada diretamente para o endereço eletrônico.

    Minicurso: Valuation e Precificação de Ativos

    Inscreva-se no nosso minicurso gratuito de Valuation e aprenda os principais conceitos sobre como avaliar ativos e empresas do jeito certo!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Conclusão sobre o CEI

    Por fim, é importante destacar que o Canal Eletrônico do Investidor é uma plataforma muito bem vinda para os investidores brasileiros. E não só para aqueles que investem na bolsa, mas também para investidores com um perfil de investidor mais conservador, que possuem, por exemplo, títulos no Tesouro Direto.

    Afinal, por meio desse portal é possível conferir diversas informações sobre os títulos, sobre os ativos custodiados e sobre todas as movimentações dos investimentos. Isto entre outras funções que também são oferecidas pelo CEI.

    Além disso, outra grande vantagem do CEI é a unificação das informações sobre investimentos. Isso serve para aqueles investidores que possuem conta em mais de uma corretora. Sendo que pelo canal ele poderá ter acesso a informações sobre sua custódia de investimentos através do tópico “menu de investimentos”.

    Após entrar na página, será possível ter acesso a todas as contas registradas em corretoras com a titularidade do investidor e também aos investimentos que foram realizados em cada uma dessas corretoras de maneira separada, o que ajuda bastante no controle de qualquer aplicador.

    Vale a pena utilizar o CEI?

    Em primeiro lugar, é preciso que seja destacado que, sem dúvida, vale a pena utilizar o CEI. Afinal de contas, ele é um canal oferecido pela própria bolsa brasileira para que investidores possam acompanhar seus investimentos de maneira completamente segura e confiável.

    Nesse sentido, podemos constatar que o CEI é uma ferramenta de garante a informação do patrimônio do investidor fornecida pelo sistema integrado de última geração da bolsa de valores do Brasil.

    Sendo que qualquer informação oficial quanto a movimentação de ativos, em última instância, deve ser processado e informado pelo canal eletrônico do investidor para que tenha a sua veracidade comprovada. Por isso, ter o hábito de acessar o CEI com certa frequência é recomendado para qualquer investidor.

    E então, conseguiu entender mais sobre o CEI e saber quais funções esse canal possui? Deixe abaixo seus comentários e eventuais dúvidas sobre esse portal do investidor.

    Perguntas frequentes sobre o CEI
    O CEI é a sigla para Canal Eletrônico do Investidor. Sendo esse um canal oferecido pela bolsa para que os investidores possam conferir seus investimentos de maneira compilada. Assim, é possível ter acesso a todos os ativos do investidor e aos seus saldos e extratos.
    O extrato b3 é um serviço oferecido pela bolsa brasileira (B3) para que os investidores possam conferir e acompanham as posições e as movimentações de seus ativos financeiros. Este extrato pode ser conferido no site do CEI, ou através de um documento enviado pelo portal para o e-mail ou pelos correios para o endereço do investidor.
    O CEI Bovespa é um canal oferecido pela b3 para que investidores possam conferir todas as informações de seus investimentos em um só lugar, independente da corretora onde o investidor mantém seus investimentos em bolsa, renda fixa, derivativos, etc.
    O CEI serve como um canal simplificado e unificado onde o investidor pode ter acesso a todas as principais informações de seus investimentos. Nele, é possível conferir, por exemplo, os ativos custodiados, saldos, extratos e até os dividendos provisionados.
    Caso o investidor tenha esquecido sua senha e deseje recuperar a senha de acesso ao CEI, é preciso acessar o site do canal e clicar na opção de “Esqueci a senha”. Nessa página, haverá a opção de conseguir uma nova senha pelo seu e-mail ou também pelos correios.
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    2 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • FERNANDA 31 de agosto de 2019

      Na CEI é possível ver também
      Fundos de investimento? E cdbs? Pq no meu cei so aparece minhas ações e tesouro direto! Então estou na dúvida e não acho essa resposta em nenhum lugar
      Obrigada

      Responder
    • Gilson 6 de agosto de 2020

      Parabenizo o canal pelas excelentes explicações e esclarecimentos! Parabéns!

      Responder