Por: Tiago Reis

Breakeven: como calcular o ponto de equilíbrio financeiro?

Termo comum dentro do mundo corporativo, o break even (ou no português “ponto de equilíbrio”) é um dos maiores focos da gestão de uma companhia. Independentemente do tamanho e segmento da empresa, o conceito do ponto de equilíbrio funciona como um sinalizador sobre a saúde financeira de uma empresa.

No entanto, a aplicação prática do break even pode ultrapassar as paredes de uma Companhia e ser utilizada inclusive na análise de um investimento.Assim sendo, através desse guia completo você saberá tudo sobre o break even, inclusive sobre como utilizá-lo para avaliar seus investimentos.

O que é break even?

O break even é o indicador através do qual uma companhia não reportará nem lucro nem prejuízo. Ou seja, é o ponto de equilíbrio para os negócios e seu resultado é igual a zero.

Também conhecido como break even point (BEP), ponto crítico ou ponto de ruptura, ele pode ser entendido, de outro modo, como o momento onde receita e despesa se equivalem em valor, neutralizando o investimento.

Minicurso: Contabilidade para Investidores

Inscreva-se no nosso minicurso gratuito e aprenda os principais conceitos de contabilidade para quem quer investir em empresas na Bolsa de Valores!

Para ficar mais claro, imagine uma empresa que despenda um gasto mensal de 80 mil reais. Simultaneamente, suponha que o faturamento alcançado com as vendas no mesmo período seja também de 80 mil reais. Nesse caso, a empresa atingiu o break even e não terá prejuízos, nem lucros.

Desse modo, com esse indicador é possível descobrir qual será o faturamento mínimo exigido para que a empresa consiga pagar suas contas e então começar a lucrar.

Sendo assim, a diretoria de uma empresa possui um foco muito grande sobre esse tema, pois é com o seu conhecimento que a companhia saberá quando passará a sair da perda para o ganho.

Em outros termos, podemos dizer que esse conceito é representado pelas margens de um negócio.

Quanto maior, obviamente melhor. De modo geral, empresas com margens de lucro elevadas, possuem vantagens competitivas que as põe, de alguma forma, a frente de seus pares de mercado.

Dessa forma, o break even é tratado como indicador de grande relevância para um negócio já que através dele a organização pode mensurar o sucesso de seu negócio por meio de uma análise mais completa da viabilidade do empreendimento.

Além de auxiliar um maior controle dos resultados empresariais e comerciais.

Valuation e precificação de ativos

Como funciona o break even?

Olhando sob outra perspectiva, o break even pode ser interpretado como um ponto de virada nos rumos de uma empresa. Virada essa que pode ser tanto positiva como negativa.

Em outras palavras, suponha uma empresa que precisou de alto investimento para entrar no mercado.

Após a expansão e consolidação dos negócios da companhia, imagine que o faturamento ultrapassa os custos e os sócios comecem a recolher seus lucros. Dentro desse contexto o break even será positivo.

Por outro lado, imagine o processo de falência de uma Companhia. Obrigatoriamente a empresa passa pelo ponto de break even seguido pela etapa onde os custos aumentam e/ou o faturamento cai.

Ou seja, para garantir a sustentabilidade financeira do negócio, o breakeven passa a ser uma espécie de sinalizador.

Então, se a empresa vai mal, o break even pode funcionar como um sinal vermelho que ao ser acionado, desperta a empresa para buscar a recuperação do faturamento.

Como calcular o break even?

break even

Em primeiro lugar, para calcular break even é essencial fazer um levantamento de todas as movimentações de entrada e saída (gastos fixos e variáveis) do caixa da empresa

Sendo assim, é preciso que saibamos o que são os conceitos de custos fixos, variáveis, vendas e margem de contribuição:

1. Custos fixos (CF)

São os gastos que possuem caráter permanente dentro da empresa.Em outras palavras é o quanto custa para manter a empresa aberta. Dessa forma, podem ser considerados custos fixos:

  • Aluguéis de escritórios, lojas, fábricas ou outras instalações;
  • Seguros;
  • Eletricidade, gás, água e esgoto;
  • Despesas com o quadro de funcionários como os salários e planos de benefícios a empregados;
  • Contratos de serviços de limpeza e segurança, contratos de publicidade;
  • Licenças e autorizações;

2. Custos variáveis (CV)

São gastos que variam de acordo com o nível de produção da empresa, ou seja, quanto custa criar cada unidade do produto vendido ou serviço prestado.

Entre os custos variáveis, podemos citar:

  • Matérias-primas e suprimentos;
  • Contrato de trabalho temporário;
  • Horas extras do salário de empregados;
  • Despesas de viagem;
  • Aluguel de máquinas, equipamentos e ferramentas para trabalhos específicos;
  • Frete e Combustível;
E-book: Aprenda como analisar uma ação

Baixe gratuitamente o nosso ebook e conheça os principais critérios para se analisar uma ação antes de investir!

3. Vendas

É o montante obtido ao comercializar seus produtos ou serviços.

4. Margem de contribuição

Custo para fabricar apenas uma unidade ou prestar um serviço. É calculado através da subtração dos custos variáveis pelo total de vendas. Dessa forma, o índice da Margem de Contribuição corresponde a relação entre margem de contribuição sobre a receita total.

Calculando o break even

Então, munido de um demonstrativo de resultados financeiros é possível que qualquer gestor calcule o breakeven de sua empresa.

No entanto, ao fazer o levantamento dos custos, é essencial levar em conta aqueles que refletem na rentabilidade do seu negócio.

Em outras palavras, você precisa saber exatamente quais custos aumentarão ou se manterão quando houver aumento no volume de vendas.

O cálculo do ponto de equilíbrio financeiro, embora pareça complexo, é bastante fácil de ser feito, acompanhe na sequência.

Fórmula para calcular o break even

Uma das fórmulas mais utilizadas para o cálculo de break even é apresentada abaixo:

  • Break even = Custos fixos / (1 – (Custos variáveis / Vendas))

A equação simples é baseada nos custos totais da empresa. O valor dos custos fixos deve ser dividido pelo resultado obtido pela divisão dos custos variáveis divididos pelas vendas e subtraído de 1.

Com o resultado da equação é possível dizer qual deve ser a quantidade de vendas necessária para que a empresa comece a lucrar.

Então qualquer valor de acima do break even proporcionará lucros ao negócio, e abaixo, prejuízos.

Outras formas de se calcular o break even

brek even

Outra maneira de aplicar a fórmula de break even é baseado no percentual de margem bruta. De acordo com a seguinte equação:

  • Break even = Total de custos fixos / Percentual de margem bruta

Neste caso, o percentual de margem bruta corresponde à:  preço de venda – custos variáveis / preço de venda.

Existe ainda uma outra variação do break even realizada sobre o número de unidades. Dessa forma, pela equação abaixo é possível encontrar o número de unidades que devem ser vendidas para atingir o break even.

Sendo assim, baseado apenas na margem do produto, o gestor da empresa pode optar por concentrar mais recursos sobre os produtos mais rentáveis ou interromper a venda daqueles que não atingem o break even.

Exemplo de cálculo do break even

Digamos que uma empresa XYZ possua uma receita total de R$ 500 mil, além de custos fixos e variáveis de R$ 70 mil e R$ 120 mil, respectivamente.

Desse modo, o gestor dessa companhia gostaria de saber como calcular o ponto de equilíbrio de seu negócio, tarefa que mostraremos a seguir:

Primeiro calcularemos a margem de contribuição (MC), que é feita subtraindo da receita total os custos variáveis: RT – CV= R$ 380 mil.

Logo em seguida, calculamos o índice da margem de contribuição (IMC), que é calculado a partir da divisão da margem de contribuição pela receita total (MC / RT) = R$ 380mil/ 500 mil = 0,76.

Portanto o ponto de equilíbrio (PE) é encontrado através da divisão do custo fixo pelo IMC. CF/ IMC = R$ 70 mil/ 0,76 = R$ 92.105 mil.

Por fim, descobrimos que na empresa XYZ, o valor que ela precisa atingir em vendas para chegar no seu ponto de equilíbrio é de R$ 92.105 mil. Portanto, o montante que entrar na empresa e exceder esse valor poderá ser convertido em lucro.

Vale destacar que o breakeven descreve a situação financeira de uma empresa em um momento específico no tempo. Ou seja, ele leva em consideração o preço do produto ou serviço e os custos fixos e variáveis que existem em um dado momento.

Logo, se as circunstâncias forem alteradas o ponto de nivelamento também irá mudar.

Como analisar o ponto de equilíbrio?

Após encontrar o ponto de equilíbrio, é possível visualizar o desempenho de sua empresa em relação a esse ponto e passar a buscar uma superação com o objetivo de atingir a maior margem possível.

A análise do Ponto de Equilíbrio pode ser visualizada graficamente conforme figura abaixo

breakeven ponto de equilibrio

Então, a partir do gráfico apresentado acima é possível observar que a reta da receita (linha vermelha) se inicia na origem e à medida que ganha fluxo de caixa pelas vendas segue em direção ascendente.

Por outro lado a reta de custo total (linha azul) não se inicia na origem pois leva em consideração o custo fixo envolvido na produção, ou seja, antes mesmo de a empresa começar a produzir, já tem gastos envolvidos.

Os custos vão crescendo na proporção em que o volume de unidades produzidas aumenta. Entretanto, esse crescimento se dá a uma taxa menor que o crescimento da receita, até um ponto em que ocorre a interseção entre receitas e custos.

Essa interseção representa o exato ponto onde a receita gerada pelas vendas se iguala ao custo de produção (custos fixos e variáveis).

Nesse ponto é possível descobrir qual o faturamento mínimo que a empresa deve ter para cobrir suas despesas e começar a gerar caixa. Ao olhar mais atentamente ainda, é possível concluir que abaixo do break even a receita é menor que o custo total, logo, a empresa tem prejuízo.

A mesma correlação pode ser feita ao olhar para o ponto acima do break even. Neste caso a receita é maior que o custo total, e assim a empresa passa a colher os lucros.

Sendo assim, o objetivo de todo empresário deve ser buscar um posicionamento sempre acima do ponto de equilíbrio.

Invista como Warren Buffett

Para que serve o break even?

Para o gestor de uma empresa, saber o ponto de equilíbrio do seu negócio é uma tarefa vital para a compreensão da sua viabilidade econômica.

Isso fica mais claro no seguinte exemplo: imagine que um negócio precisa de um investimento de R$ 2 milhões mas leve 8 anos para alcançar o break even. Só com essa informação é possível deduzir que o empreendimento não é nada atrativo.

Dessa forma, uma série de análises podem ser realizadas a partir do momento que o gestor tem em suas mãos o ponto de equilíbrio. Entre elas podemos citar:

  • Analisar a quantidade dos produtos vendidos está alinhada com os custos de produção;
  • Analisar se o valor aplicado ao produto é compatível com aquilo que é gasto;
  • Analisar se é possível realizar cortes nos custos a fim de atingir o break even point mais rapidamente;
  • Decidir o valor do capital que deve ser injetado na abertura de um negocio;
  • Ter uma percepção mais clara da lucratividade do negócio, tendo em vista que o faturamento não apresenta o cenário real da empresa.

Então, o break even funciona como um ponto de referência para o planejamento e execução das atividades da companhia. Ele dá ainda informação sobre qual o nível de vendas é necessário para cobrir todos os custos envolvidos na operação.

Com ele é possível obter também o número de unidades que precisam ser vendidas para a empresa começar a lucrar.

Isso porque ao encontrar o ponto de equilíbrio, a companhia  pode descobrir qual deve ser o faturamento mínimo mensal para cobrir gastos fixos e variáveis e começar a ter retorno financeiro.

Dito de outra forma, o break even é o ponto de partida pela qual um empreendimento pode começar a dar lucro.

E-book: Comece a Investir na Bolsa

Comece a investir! Saiba tudo que você precisa saber para dar os seus primeiros passos na Bolsa com o nosso Manual Gratuito do Investidor Iniciante!

Para que um negócio atinja mais facilmente o seu ponto de equilíbrio é preciso repensar todos os custos e despesas de modo a tentar fazer a companhia o mais competitiva possível.

Também poderá ser uma tarefa interessante rever toda a matriz de produtos e serviços prestados pela empresa, favorecendo aqueles que melhorarem as margens e o giro de estoques da companhia.

Vale destacar, no entanto, que os custos diferem entre os ramos de atuação da indústria. Dentro deste contexto, pontos de equilíbrio só podem ser comparados se as empresas em questão forem da mesma indústria e do mesmo porte.

Além disso, o break even aliado a indicadores como o ROI e o Payback, dão ao gestor da empresa um panorama apurado sobre a saúde financeira do empreendimento.

Como utilizar o break even para avaliar um investimento?

break even

Mas o conceito de Break even pode ultrapassar os espaços de uma companhia. Nesse sentido é possível aplicar esse conceito inclusive para avaliar um investimento.

O ponto de partida é o mesmo, ou seja, pressupõe-se um ponto de equilíbrio que não gera lucro nem perda, ou seja, 0 a 0.

Além disso, o break even de um investimento é um ponto psicológico importante para os investidores pois ele determina uma posição neutra para o investidor, onde não há prejuízo nem lucros.

Quando se fala em investir na Bolsa de valores, o investidor precisa pensar no longo prazo. Isso porque o mercado de investimento em ações é extremamente volátil.

Então um eventual prejuízo pode levar muito tempo para break even ser recuperado.

Dentro desse contexto, o break even pode ser aplicado sob duas óticas diferentes:

Em primeiro lugar imagine um investidor que tenha comprado 1.000 reais em ações da empresa X. Suponhamos que um ano depois as ações tenham caído 50% e o investidor esteja agora com 500 reais.

Quanto às ações precisam valorizar para que o investidor recupere os prejuízos?

Dito de outra forma, qual deve ser a valorização necessária para atingir o break even?

A resposta não é tão óbvia quanto parece. Isto porque se a ação caiu 50% então é necessário 100% de valorização somente para alcançar o break even.

No gráfico abaixo fica mais claro de entender como funciona essa dinâmica. Através dele é possível descobrir ganho necessário para recuperar uma perda.

breakeven grafico

Então, seguindo o exemplo citado acima, é possível identificar no gráfico que quando o investidor se depara com um prejuízo de 50% nos seus investimentos, ele precisa de uma valorização de 100% somente para atingir o ponto de equilíbrio.

Neste caso então, para o investidor o break even é o ponto a partir do qual ele deixa de perder dinheiro e passa a lucrar e equilibrar o capital investido.

O gráfico mostra ainda uma curva exponencial que comprova que quanto maior for o prejuízo do investidor, muito maior precisará ser a recuperação para que o papel volte ao ponto de equilíbrio.

Outra forma de aplicar o break even nos investimentos é reduzindo o preço médio da ação comprada. Para ficar mais claro vamos ilustrar a situação:

Suponha que você tenha comprado 10 ações da empresa CYD por 28,29 reais. Considere ainda que não tenha mais nenhum custo envolvido na operação, nem da corretora. Somente os 28,29 reais por ação, só para facilitar as contas.

Neste caso, o break even desse investimento é 28,29. Abaixo desse ponto o investidor terá prejuízos e acima, lucros.

Continuando a situação hipotética imagine que um mês depois a ação tenha desvalorizado, atingindo uma cotação de 25,29.

Neste caso, o investidor está perdendo 3 reais por ação e aqui ele pode seguir por dois caminhos: esperar o papel subir e ultrapassar o break even inicial ou diminuir o risco do investimento e fazer descer o break-even.

Em outras palavras, quando a ação estiver caindo pode ser uma boa opção comprar mais ações para reduzir o preço médio dela (break even).

Para ficar mais claro, suponha que o investidor decida comprar mais 10 ações da empresa CYD, agora por 25,29. Com isto, o break-even passou de 28,29 reais para 26,79 reais = ((10 x 28,29 + 10 x 25,29) / 20 ações).

Vale destacar que, neste exemplo, quanto maior o número de ações compradas, mais irá cair o valor de break even. Sendo assim, com um break even mais baixo, mais cedo o investidor começa a ter lucros à medida que a ação voltar a subir.

Telegram Suno
Perguntas Frequentes sobre Break Even

O que é ponto de equilíbrio para que serve?

O ponto de equilíbrio serve para medir onde acaba o prejuízo e onde começa o lucro de uma empresa. Ao alcançá-lo significa que a empresa consegue obter capital suficiente para pagar todas as despesas variáveis.

O que é um break even?

Quando os cálculos indicam que uma empresa atingiu o ponto de equilíbrio isso quer dizer que a despesa total é igual à receita total. Dito de outro modo, a empresa não teve lucro nem prejuízo.

Qual o principal objetivo do ponto de equilíbrio?

O objetivo do ponto de equilíbrio é apresentar o valor total de vendas necessário para que a empresa consiga pagar as contas e ter lucro a partir do ponto de equilíbrio.

Qual a utilidade do Break-even point?

O break even point é útil para que a gerência da empresa possa avaliar a viabilidade econômica do negócio.

O que é lucro zero?

Lucro zero pode ser encontrado no patamar onde a receita cobre as despesas fixas e variáveis. Neste ponto, o lucro, assim como o prejuízo, é zero.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.