Acesso Rápido

    Alaska Black: conheça um dos fundos de investimento mais famosos do país

    Alaska Black: conheça um dos fundos de investimento mais famosos do país

    Atualmente, investir em fundos de investimentos é uma decisão tomada por investidores de  todo o país e, nesse contexto, o Alaska Black pode ser uma alternativa.

    Um diferencial relevante do Alaska Black é o investimento realizado nas empresas estrangeiras, que é feito via BDRs, que são Recibos de Depósitos Brasileiros.

    O Alaska Black, um fundo que investe em Cotas de Fundos de Investimento em Ações, é classificado como sendo de categoria Ações de Valor, que busca retornos absolutos no longo prazo.

    A seleção das ações do fundo é feita com base em análise fundamentalista, que é uma técnica que tenta determinar o valor de um título. Logo, pode-se dizer que o fundo concentra-se mais em observar fatores que afetam o negócio de uma empresa e suas perspectivas futuras.

    Alaska Black

    Por ser um Fundo de Ações, a composição da carteira Alaska Black deve possuir, no mínimo, 67% de alguns desses seguintes ativos:

    • Ações;
    • Bônus ou recibos de subscrição;
    • Certificados de depósito de ações;
    • Cotas de fundos de ações;
    • Cotas dos fundos de índice de ações;
    • BDRs classificados como nível II e III;

    Esses fundos, também chamados de FIA, têm como principal fator de risco a variação de preços do mercado de renda variável, que podem resultar em perdas patrimoniais aos seus cotistas ou ganhos assertivos.

    Desse modo, faz-se necessário conhecer o regulamento de um fundo de investimento deste segmento.

    As estratégias de investimento podem resultar em perdas superiores ao capital aplicado e a consequente obrigação do cotista de aportar recursos adicionais para cobrir o prejuízo do fundo.

    Conheça os fundos de investimentos do Alaska Black

    A Alaska Asset Management distribui apenas cotas de fundos de investimentos no qual faz a gestão. Confira os fundos disponíveis:

    • Alaska Black FIC FIA – BDR Nível I – O fundo aloca pelo menos 97% de seus recursos em cotas do fundo de investimento ALASKA BLACK MASTER FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES – BDR NÍVEL I.
    • Alaska Black FIC FIA II – BDR Nível I – O fundo aloca pelo menos 97% de seus recursos em cotas do fundo de investimento ALASKA BLACK MASTER FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES – BDR NÍVEL I.
    • Alaska Black Institucional FIA – O fundo tem por objetivo alocar seu patrimônio em ações selecionadas através de uma análise fundamentalista.
    • Alaska Range FIM – É um fundo de investimentos multimercado que busca retornos em qualquer ciclo econômico no médio e longo prazos.

    Luiz Alves Paes de Barros: o sócio fundador da Alaska Investimentos

    Luiz Alves Paes de Barros

    Aos 69 anos, Luiz Alves Paes de Barros é um grande influenciador no mercado de capitais, devido a construção de sua grande fortuna sem grandes holofotes a seu respeito.

    Com seu excelente trabalho, desenvolveu a Alaska Investimentos, uma gestora sólida e independente que busca retornos consistentes no longo prazo e à preservação patrimonial.

    No que diz respeito à gestão do dinheiro dos outros, Barros é um principiante, já que ajudou a fundar a Alaska em julho de 2015.

    Seu método de investimento continua sendo o mesmo. Ele diversifica pouco suas ações e aproveita as oscilações negativas do mercado para suas aquisições.

    “Aperfeiçoar a paciência é tudo o que fiz nos últimos 50 anos”, diz Barros. “Eu amo quando as coisas ficam ruins. Quando está ruim, eu compro.”

    Alaska Black: um fundo com uma gestão bem orientada por Henrique Bredda

    Henrique Bredda é o sócio fundador da Alaska Asset Management.

    Ele é o gerente de portfólio do Alaska Black, um fundo de ações focado principalmente no Brasil.

    Com sua gestão, o fundo tem uma abordagem orientada para o valor, com uma superposição de estratégia macro.

    Antes de fundar a Alaska Asset, o Sr. Bredda trabalhou na Venturestar Capital Management.

    Henrique iniciou sua carreira como analista de crédito no Banco Unibanco e é bacharel em Engenharia Naval pela Universidade de São Paulo.

    Vale a pena aplicar em um fundo de investimento como o Alaska Black?

    Com a rentabilidade das aplicações de renda fixa se tornando menos atrativas, muitos investidores desejam entender e investir em fundos.

    Portanto, uma boa noticia dos fundos de investimento no Brasil é que são os mais seguros do mundo.

    Talvez a ocorrência de fraudes tenha sido um dos motivos do grande avanço de nossas normas sobre segurança do investidor.

    Deve-se considerar também algumas regras importantes que são apresentadas e elaboradas pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA).

    Dessa forma, esses tipos de fundos são indicados para a diversificação da carteira do investidor em busca de maiores resultados.

    Além disso, o Alaska Black também é indicado para maximizar a rentabilidade da carteira do investidor, com o objetivo de obter altos retornos com qualidade e estratégia no longo prazo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    5 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • ricardo 5 de setembro de 2019

      Ainda não entendi bem como funciona esse fundo. Fiz uma aplicação neste fundo em fevereiro, ficou muito tempo em queda, recentemente subiu, mas voltou a cair. Antes eu aplicava em renda fixa, e sempre assistia o saldo subir, pouco mais subiu. Esse fundo Alaska parece que ele não “cresce”. Esse tipo de aplicação só verei o saldo subindo se eu fizer aportes constantes?

      Responder
      • Leonardo Junges 11 de outubro de 2019

        Como um dos próprios gestores do fundo, Henrique Bredda disse em seu twitter, que vai torcer para o fundo cair para novos cotistas, como você. O alaska foi rentável para quem entrou com a bolsa em baixa em 2016, não agora na alta. Sem falar que o fundo é focado no longo prazo, então você pode esperar mais uns 5 anos para ter ganhos sólidos.

        Responder
        • semnome 18 de março de 2020

          Vim do futuro pra te avisar que a torcida dele deu certo, o fundo caiu 63% haha

          Responder
          • elisabete 16 de junho de 2020

            Penso em entrar na justiça, pois no regulamento deste fundo diz que ele aplica 97% de suas quotas no fundo ALASKA BLACK MASTER FIA ACOES BDR NIVEL I . Baixei o regulamento deste Master e diz que aplica 67% em ações. As ações cairam 35% e não 67%.
            Pura enganação nas lives deles. Todos que tiveram perdas deveriam entrar com ações contra isso, pois nada justifica perdas de 63% a 67% neste fundo. Parece uma arapuca isso. Um fundo Alaska aplica no outro deles mesmo e não dá para entender isso. Vou analisar bem isso. Não irei ficar com este prejuízo não.

            Responder
    • Ramon 9 de setembro de 2020

      Levei fumo nesse fundo de investimento….

      Responder