Acesso Rápido

    After-market: entenda como operar após o pregão da bolsa

    After-market: entenda como operar após o pregão da bolsa

    Para algumas pessoas, a carga de trabalho é extensa o bastante para impedir que você negocie ações durante o horário normal do pregão. Então, para solucionar esse problema, foi criado o chamado after-market.

    O advento do after-market permitiu que mais pessoas, que antes não podiam negociar na bolsa por uma limitação de tempo, pudessem ter mais um oportunidade no dia para comprar e vender suas ações.

    O que é After-Market?

    After-market é um período de negociação extra ao horário de funcionamento da bolsa de valores, ocorrendo logo após o encerramento do pregão.

    Esse serviço oferecido pela bolsa de valores foi especialmente criado para ajudar o acesso de pequenos e médios investidores à renda variável.

    E-book: Aprenda como analisar uma ação

    Baixe gratuitamente o nosso ebook e conheça os principais critérios para se analisar uma ação antes de investir!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    A transação por meio desse serviço é feito normalmente através de um home broker, ou por uma mesa de operações de uma corretora.

    É importante destacar que possível negociar ativos por meio de ordens de compra ou venda normalmente. No entanto, essa possibilidade está sujeita a algumas restrições.

    Horário do after-market

    Após o fechamento do mercado, que ocorre às 17 horas, o período do after-market começa a entrar em ação das 17h25 até às 17h30, que é onde ocorre a fase de pré-abertura e posteriormente das 17h30 às 18 horas, que é o seu horário de pleno funcionamento.

    Regras e restrições do After-Market

    Esse beneficio aos investidores não vem sem algumas regras específicas e restrições um pouco diferentes daquelas observadas em um horário normal de pregão.

    Algumas restrições e regras do after-market são as seguintes:

    • Não é permitido operar com opções;
    • Somente as ações negociadas no horário normal do pregão poderão ser negociadas no after-market;
    • Somente serão negociados ativos à vista;
    • As ações negociadas devem fazer parte da carteira teórica do índice Ibovespa;
    • Existe um limite máximo de negociação por CPF, da qual não pode ultrapassar os R$ 900 mil;
    • Os preços negociados não podem sofrer volatilidade superior a 2% em relação ao fechamento do pregão normal.

    Ao vermos essas regras podemos concluir que para o investidor médio que não negocia com derivativos é plenamente viável o investimento feito através do after-market.

    Isso acontece porque a grande preocupação da bolsa é com relação a volatilidade das ações nesses horários de negociação.

    Desse modo, qualquer variação brusca pode desequilibrar o mercado financeiro num horário inviável para muitos investidores, analistas e funcionários de corretoras.

    Benefícios do after-market

    O advento dessa ferramenta sem dúvidas foi de grande valia para aqueles investidores que não conseguem acompanhar o desempenho de um pregão convencional.

    Além disso, ela abre oportunidade para que esses mesmos investidores consigam fazer, convenientemente, os seus ajustes de portfólio dos quais não foram possíveis de realizar em tempo hábil.

    Desse modo, por ter um tempo limitado de negociação, a praticidade desse pregão é praticamente igual ao que observamos em um horário convencional.

    Dessa forma, durante o momento em que ele estiver aberto, basta somente escolher o ativo que desejamos comprar ou vender e depois é só aguardar a realização da devida operação.

    Por fim, também é importante mencionarmos que as ordens efetuadas ao longo do dia têm a possibilidade de serem executadas durante o after-market.

    Assim, caso um investidor tente comprar um ativo durante o final do horário normal de pregão, sua ordem pode muito bem ser concluída durante o período do after-market.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    3 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Lambert 12 de setembro de 2019

      muito boa informação.

      Responder
    • Otávio 7 de março de 2020

      Realmente é muito bom já que é uma boa opção concluir qualquer aplicação em que por um motivo ou outro não pôde ser concluído no tempo normal do pregão.

      Responder
    • Alexandre 15 de abril de 2020

      Por que Itub3 não funciona no after-market ?

      Responder