adiantamento de contrato de câmbio (ACC)
Por: Tiago Reis

Como funciona o Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC)?

Devido ao considerável tempo de entrega entre um país para outro, normalmente o pagamento por uma importação é feito apenas quando o produto chega ao seu destino final. Dessa forma, exportar acaba sendo uma espécie de venda a prazo feita em um câmbio diferente – o que acaba trazendo certas dificuldades para o fluxo de caixa do exportador. Porém, existe no mercado um instrumento financeiro muito utilizado para contornar esse tipo de questão: o Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC).

É com o Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC), por exemplo, que a exportador consegue acessar de forma imediata parte do pagamento sobre o que foi exportado. Logo, com esse adiantamento, o empresário não precisa esperar um longo período para receber pela venda – desafogando assim o seu caixa e dando condições para o negócio continuar operando.

O que é o Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC)?

O Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC) é uma antecipação financeira parcial ou total para empresas que venderam produtos ao exterior com entrega futura. Ou seja, o ACC funciona como uma espécie de financiamento, onde o banco adianta capital ao exportador antes do seu produto embarcar para o destinatário final.

O adiantamento é todo feito em moeda nacional, relativo ao valor da venda feita em moeda estrangeira. Nesse caso, a conversão é feita pela taxa de câmbio corrente do dia da contratação do ACC. Por isso, o adiantamento também permite que o exportador receba o seu pagamento em uma taxa de cambio fixa – se blindando de possíveis variações cambiais até a entrega do produto.

Como funciona o Adiantamento de Contrato de Câmbio?

Para realizar um ACC, o interessado precisa procurar um banco comercial ou instituição autorizada a operar contratos de câmbio. Ao comprovar as condições necessárias e tendo limite de crédito no banco, o exportador pode contratar o financiamento no valor correspondente às exportações que deseja adiantar.

Por ser um empréstimo garantido pelo pagamento futuro do importador, a taxa de juros do ACC costuma ser menor que a média do mercado. Por outro lado, o prazo do ACC é limitado a um máximo de 360 dias, que vão desde da contratação do crédito até a data da fatura de serviço ou do conhecimento de embarque.

adiantamento de contrato de câmbio (ACC)Quais vantagens o ACC oferece ao exportador?

Por oferecer diversos benefícios, o ACC é dos mecanismos mais utilizados pelo mercado para financiar o setor exportador. Algumas das vantagens do ACC são:

  • Possibilidade de receber antecipadamente até 100% dos valores exportados;
  • Acesso a capital de giro que pode ser utilizado na produção e operação da empresa;
  • Financiamento pré-embarque, com a entrada de capital a vista por vendas feitas a prazo;
  • Taxa de juros atrativa em relação a outras modalidades de financiamento;
  • Fixação da taxa de câmbio, protegendo o exportador de variações cambiais até o momento da entrega;
  • Isenção de tributos bancários, como o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).

O que é o ACC indireto?

O ACC indireto é um também é um tipo de adiantamento para exportação. Porém, como o próprio nome sugere, esse tipo de contrato não é destinado para o exportador em si, mas sim para as demais empresas e fornecedores que participam da sua cadeia de produção.

Ou seja, com ACC indireto, os fabricantes de insumos que integrem o processo produtivo do bem a ser exportado também podem adiantar suas receitas e financiar seu fluxo de caixa. Entretanto, nesse caso, o contrato só pode ser fechado com a participação da empresa exportadora, que deve declarar tanto os insumos utilizados quanto os os produtos e valores a serem vendidos para o exterior.

Qual a diferença entre ACC e ACE?

Embora sejam operações semelhantes, existe uma grande diferença entre ACC e ACE. O ACE (Adiantamento sobre Cambiais Entregues) também é tipo de financiamento à exportação, mas que acontece apenas na fase de comercialização ou pós-embarque.

Por outro lado, o Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC) é contratado ainda no pré-embarque – ou seja, antes do produto ter sido efetivamente vendido. Por apresentar essa diferença, normalmente o ACE possui juros e condições melhores do que o ACC.

 

 

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

6 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Alexsander Silva 9 de junho de 2019

    Após o adiantamento no formato ACC, se houver uma variação cambial tornando a moeda estrangeira mais valorizada em relação a nacional, essa diferença será transmitida para a empresa ou ficará para o banco?

    Responder
  • RCC 30 de julho de 2019

    com o banco, lógico.

    Responder
  • Marco 12 de outubro de 2019

    Os bancos exigem garantias para essas operações de ACC E ACE?

    Responder
    • luiz fernandes 1 de dezembro de 2019

      No caso de ACC, creio que faturas são aceitas. No caso do ACE, documentação de embarque é exigido.

      Responder
  • João Fábio 15 de janeiro de 2020

    Boa Tarde.

    No Adiantamento de Contrato de Câmbio, deve ser feito a retenção de algum imposto, sendo que trata-se apenas de adiantamento?

    Responder
  • Edu 5 de fevereiro de 2020

    Uma dúvida:
    Na contratação do ACC já tem o deságio e o banco ganha passando os Reais $ para o clientes.
    Quando o valor do ACC for pago para o banco pelo importador em moeda estrangeira, como será fechado esse câmbio?

    Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

209 artigos
Ações

FIIs

54 artigos
FIIs
united-states (2)

eBook Gratuito

INvestindo
No
Exterior

Descubra como você também pode investir nas maiores empresas do mundo.

Frame

NÃO VÁ EMBORA AINDA...

Inscreva-se e receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!