Acesso Rápido

    4 erros a serem evitados ao se investir em fundos imobiliários

    4 erros a serem evitados ao se investir em fundos imobiliários

    Importante sempre lembrar que o Fiikipedia é um ambiente colaborativo. O artigo de hoje foi escrito por Vinycius Azevedo, meu ex-aluno na pós graduação, hoje investidor em fundos imobiliários e tem buscado compartilhar seu conhecimento.

    Vamos ao artigo do Vinycius Azevedo:

    Olá leitores do Fiikipedia, tudo bem com vocês? Eu, de verdade, espero que sim! Meu nome é Vinycius Azevedo, tenho 30 anos, sou graduado em Engenharia Civil e pós-graduado em Gestão de Projetos de Engenharias e Arquiteturas e atuo na minha área de formação. Tenho um canal no YouTube chamado Canal do Vinycius Azevedo (bem criativo né?!) e por lá eu falo sobre bolsa de valores, educação financeira, crescimento patrimonial, fundos imobiliários e tento mesclar esses temas com política, pois eu acredito que os nossos investimentos podem ser seriamente prejudicados por conta de más decisões políticas.

    Confesso que foi uma surpresa ter recebido esse convite do Professor Baroni, o qual eu tive o prazer de ter sido aluno na pós-graduação que eu fiz e será uma honra conversar um pouco com vocês.

    O investimento em fundos imobiliários é algo que cada vez mais tem ganhado adeptos nos últimos anos. Isso é possível de se notar pelo aumento contínuo do número de investidores registrados pela B3, pois de acordo com o último relatório publicado pela Bovespa em setembro de 2020 com os dados de agosto do mesmo ano, o número de investidores atingiu a marca de 1 milhão de CPF’s na bolsa.

    Apenas a título de comparação, há dez anos atrás esse segmento contava apenas com 20 mil investidores. No final de 2018, já haviam 208 mil investidores e no ano seguinte, em 2019, o número de investidores atingiu a marca de 645 mil pessoas.

    Sem dúvida nenhuma que isso é muito bom, pois traz uma liquidez maior para essa indústria e fortifica ainda mais esse segmento. Contudo, esse aumento exponencial do número de investidores gera um problema, visto que essa leva de novos investidores, em sua maioria é composta por pessoas inexperientes e pela falta de conhecimento acabam tomando decisões erradas que podem gerar efeitos bem negativos na rentabilidade dos seus investimentos.

    E-book: Aprenda como analisar uma ação

    Baixe gratuitamente o nosso ebook e conheça os principais critérios para se analisar uma ação antes de investir!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Nesse artigo eu vou ponderar os 4 principais erros e o que não fazer para cometê-los.

    NÃO LER OS RELATÓRIOS GERENCIAIS

    É fundamental ler os relatórios gerenciais. Ler não é um hábito praticado pela maioria dos brasileiros e muitas pessoas ao investirem em um fundo imobiliário por não serem familiarizadas com o hábito da leitura preferem assistir um vídeo no Youtube para tomar a decisão de investimento ao invés de ler e decidir isso por si só.

    É muito interessante assistir um vídeo sobre algum fundo imobiliário, mas mais interessante ainda é ler, pelo menos, os últimos 3 relatórios gerenciais que a gestora emitiu para que somente assim a pessoa possa decidir se deve investir ou não no fundo objeto de estudo.

    Ao ler o relatório gerencial, o investidor poderá saber em detalhes como o fundo imobiliário opera, como foi o seu desempenho no período abrangido pelo relatório, sem falar que através desse documento é possível ter uma noção de como são as tomadas de decisões do gestor do respectivo fundo.

    NÃO DIVERSIFICAR

    Diversificação é a melhor iniciativa para a minimização dos riscos ao se investir em fundos imobiliários. A pessoa que decidi investir em renda variável deve estar ciente que está exposta a uma quantidade maior de riscos e como os fundos imobiliários são uma classe de ativos de renda variável, existem riscos ao se investir neles.

    Não é difícil encontrar pessoas que possuem poucos fundos imobiliários na carteira de investimentos. Não existe um número exato de quantos fundos é o certo ter em uma carteira de fundos imobiliários, mas um número superior a 8 é interessante.

    Além disso, é recomendável que o cotista, que é como são chamadas as pessoas que investem em fundos imobiliários, invista em fundos de diferentes segmentos de atuação, por exemplo, lajes corporativas, papéis, shoppings, galpões, híbridos e desenvolvimento.

    Ao fazer isso, o cotista estará mitigando os riscos inerentes a cada tipo de fundo imobiliário e proporcionando uma maior estabilidade para o seu portfólio de fundos imobiliários.

    Minicurso: Valuation e Precificação de Ativos

    Inscreva-se no nosso minicurso gratuito de Valuation e aprenda os principais conceitos sobre como avaliar ativos e empresas do jeito certo!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    SE GUIAR APENAS POR UM INDICADOR

    É do conhecimento de todos que a maioria dos fundos imobiliários pagam dividendos mensais e por conta disso, muitas pessoas usam esse recurso financeiro como uma “aposentadoria”. Um número significante de investidores se guia apenas por um indicador ao investir em fundos imobiliários e normalmente esse indicador é o dividend yield (DY).

    Esse indicador deve ser o último a ser analisado em um fundo imobiliário, visto que rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. Quando uma pessoa decidi investir em um fundo imobiliário se guiando exclusivamente pelo DY, esse investidor não está levando em consideração a origem desse rendimento, o que compõem a carteira do fundo, muito menos como a gestão administra o fundo.

    Pode ocorrer que algum fundo imobiliário distribuiu um DY fora do padrão em um determinado mês e justamente naquele mês a pessoa se deparou com o fundo, sendo que a distribuição habitual de dividendos do respectivo fundo é bem abaixo da média. Por isso, em hipótese alguma se guie apenas por um indicador para tomar a sua decisão de investir ou não.

    NÃO INVESTIR PARA O LONGO PRAZO

    Se quiser ter sucesso ao investir em fundos imobiliários invista para o longo prazo. Muitas pessoas por serem novas e não terem o conhecimento necessário para investir, pensam em investir já querendo saber quanto o fundo irá valorizar no outro dia, e no dia seguinte e assim por diante. Porém, quando ocorre qualquer queda, por menor que seja, essa pessoa já entra em desespero e decidi vender as cotas do fundo amargando um grande prejuízo.

    É fato que todos queremos que os nossos investimentos se valorizem cada vez mais, mas quedas irão acontecer e elas serão compensadas no longo prazo. Um grande causador disso é o fato de vivermos em uma sociedade imediatista. Precisamos ser perseverantes na nossa estratégia de investimentos e não mudar essa estratégia a cada queda ou alta da bolsa.

    Somente o conhecimento liberta e antes de investir em algum fundo imobiliário, procure entender primeiramente o que são esses fundos de investimentos. Após entender como funciona um fundo imobiliário, o investidor perceberá que os 4 erros mencionados aqui se conectam e notará as melhores decisões a serem tomadas para evitar essas e outras práticas ao se investir na bolsa de valores.

    Marcos Baroni
    Compartilhe sua opinião
    7 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Eduardo Oliveira 17 de setembro de 2020

      Bom artigo, fica a sugestão de explorar cada tema, um relatório gerencial e suas minúcias, por exemplo.

      Responder
      • Vinycius Azevedo 21 de setembro de 2020

        Isso é verdade Eduardo. Não dá pra ser um investidor de sucesso e não ler o relatório gerencial. Somente ao fazer isso é possível compreender em detalhes do que se trata o fundo objeto de estudo.

        Obrigado pelo seu comentário.

        Responder
    • Wilson Santos 20 de setembro de 2020

      Parabéns Vinycius, agora novos artigos pela frente, no aguardo. Ao Baroni parabéns pela oportunidade dada ao Vinycius. Abraço a todos

      Responder
      • Vinycius Azevedo 21 de setembro de 2020

        Que ótimo que você gostou do artigo Wilson. Tenha a certeza de que novos artigos virão e logo serão publicados aqui no FIIkipedia. Sou muito grato ao Baroni pela oportunidade que ele me deu.

        Responder
      • Suno Research 22 de setembro de 2020

        Olá, Wilson! Tudo bem?
        Obrigado! Ficamos felizes em ajudar.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • KELFREEN 24 de setembro de 2020

      Quando se trata de ações a diversificação pode trazer uma possível pulverização do patrimônio e com isso uma menor rentabilidade. Quando se refere ao FIIS pode acontecer o mesmo ?

      Responder
      • Suno Research 25 de setembro de 2020

        Olá, Kelfreen! Tudo bem?
        Sim, isso também pode acontecer com os FIIs.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder