Walther Moreira Salles

  • Nome Completo: Walther Moreira Salles
  • Data de Nascimento: 28 de maio de 1912
  • Local de Nascimento: Pouso Alegre, Brasil
  • Data de Falecimento: 27 de fevereiro de 2001
  • Filhos: 4
  • Idade: 88
  • Nacionalidade: Brasileiro
  • Formação: Advogado
  • Ocupação: Banqueiro e empresário
  • Estado Civil: Casado
  • Redes Sociais:

Quem foi Walther Moreira Salles

Embaixador, banqueiro, empresário e amigo de ex-presidentes: Walther Moreira Salles foi um expoente no mercado financeiro brasileiro. Nascido em Pouso Alegre, Minas Gerais, é pai dos herdeiros do Itaú Unibanco e Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração.

O patrimônio da família – uma das mais ricas do Brasil – teve início com o pai de Walther Moreira Salles, João Moreira Salles. Ele fundou, em 1924, na cidade de Poços de Caldas, a Casa Bancária Moreira Salles.

Dos cinco filhos de João, apenas Walther pode estudar em uma universidade. Formou-se na Faculdade de Direito no Largo de São Francisco, da Universidade de São Paulo. Ainda que estivesse estudando, quando podia, ajudava nos negócios da família.

Antes mesmo de se formar, Walther já era sócio do pai. Em 1940, a Casa Bancária Moreira Salles juntou-se a outros três bancos da região: surgiu o Banco Moreira Salles.

O nome Unibanco veio em 1975. A função de banqueiro dividiu espaço com a de embaixador e ministro da fazenda. Walther faleceu em 2001, em Petrópolis, no Rio de Janeiro.

Deixou quatro filhos: Fernando Roberto, Pedro, Walter e João.

Biografia de Walther Moreira Salles

Advogado formado pela Universidade de São Paulo, Walther era conhecido por sua elegância e educação. Segundo descreve matéria da GQ Brasil, mesmo em casa, ele raramente desabotoava o paletó do terno.

Durante sua gestão, o conglomerado Unibanco foi um dos maiores privados do Brasil. Mas, aquém de seus feitos como empresário financeiro, a trajetória de Walther foi marcada pela política.

Ele serviu a quatro ex-presidentes da República. Na década de 1950, no segundo mandato de Getúlio Vargas, foi embaixador do Brasil em Washington, Estados Unidos.

No governo de Juscelino Kubitschek, teve papel fundamental na reconstrução dos laços do Brasil com o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Num ímpeto de ufanismo, Juscelino anunciou o rompimento com o FMI. Arrependido, recorreu a Walther para remediar a situação.

Quando João Goulart se tornou presidente, Walther Moreira Salles foi nomeado Ministro da Fazenda. Já no curto mandato de Jânio Quadros, ele também ajudou na negociação da dívida externa brasileira.

O traquejo social e educação, trouxe para Walther amigos famosos, como Mick Jagger, Keith Richards, Christina Onassis e Tom Jobim.

Deixou a presidência do Conselho de Administração do Unibanco no início da década de 1990, quando investiu no que amava: arte.

O primeiro Instituto Moreira Salles surgiu em 1996, na cidade Poços de Caldas (MG).

Depois foram inauguradas as unidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

Walther foi casado três vezes e, embora tivesse uma trajetória como banqueiro, nunca impôs a mesma vida aos filhos.

Porém, sempre foi exigente quanto a importância da educação.

E o amor pela arte migrou para o DNA dos filhos – a família com atual patrimônio de mais de US$ 20 bilhões, de acordo com levantamento da Forbes em 2018, é grande investidora do segmento no Brasil.

Walther Moreira Salles morreu aos 88 anos, no dia 27 de fevereiro de 2001, na cidade de Petrópolis. Foi enterrado com um terno inglês, risca de giz – elegante, como gostava de ser. As causas do óbito não foram reveladas pela família. Uma das torres do Itaú Unibanco, em São Paulo, leva seu nome.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
Deixe sua opinião sobre Walther Moreira Salles