Travis Kalanick

  • Nome Completo: Travis Cordell Kalanick
  • Data de Nascimento: 06/08/1976
  • Local de Nascimento: Los Angeles, Estados Unidos
  • Idade: 42
  • Nacionalidade: Estadunidense
  • Ocupação: Investidor
  • Conhecido como: Travis Kalanick
  • Site Oficial: http://10100fund.com/
  • Redes Sociais:

Quem é Travis Kalanick

Travis Kalanick é o cofundador da Uber, empresa prestadora de serviços eletrônicos na área do transporte privado urbano. O executivo esteve à frente do empreendimento até 2017. Sob sua gestão, a companhia passou de um aplicativo que funcionava apenas na cidade de São Francisco, para um grupo mundialmente conhecido. Além disso, a Uber está entre os aplicativos com maior popularidade no mundo.

Desde que saiu do cargo de CEO da empresa, Travis Kalanick dedica seu tempo a tratar de novos projetos. Ele criou o fundo de investimento de risco 10100, que combina seus investimentos com e sem fins lucrativos.

O empresário também é o presidente executivo da City Storage Systems. Travis também se posiciona entre as pessoas mais ricas do mundo.

Segundo a revista Forbes, em 2018, a fortuna de Travis Kalanick é de 4,8 bilhões de dólares. Valor que o coloca entre as 500 pessoas com mais dinheiro do planeta, na 422ª posição.

Kalanick tem afinco por empreender no mundo digital desde jovem. Tanto que iniciou seu primeiro negócio antes de encerrar a faculdade.

Em 1998, ele lançou o Scour, ferramenta voltada para compartilhamento de músicas e vídeos.

A startup durou pouco tempo.

No ano de 2001, ele se tornou um dos fundadores da Red Swoosh. Ferramenta que mantinha alguns conceitos da Scour, porém aproveitou melhor o período da evolução da banda larga.

Durante os seis anos que esteve na liderança da Red Swoosh, Kalanick conviveu com um período longo sem receber em prol da empresa; ele também foi acusado de fraude fiscal por determinado tempo.

Em 2007, o negócio foi vendido por um valor milionário.

Três anos mais tarde, Kalanick, junto de Garrett Camp, fundou a UberCab, posteriormente chamado apenas de Uber. Um dos primeiros negócios a aliar o serviço de motorista privado com o campo digital.

Em sete anos à frente do negócio, Travis Kalinic fez a Uber se tornar um dos serviços mais utilizados na internet.

No ano de 2017, ele deixou o cargo de CEO da empresa. Os atos e personalidade de Travis não agradavam os investidores.

Trajetória de Travis Kalanick

Travis Kalanick

Travis Cordell Kalanick nasceu no dia 6 de agosto de 1976, na cidade de Los Angeles, Estados Unidos.

Após terminar o segundo grau, ingressou na Universidade da Califórnia para cursar engenharia da computação. Foi no seu período na faculdade que criou o Scour.

Não conseguindo aliar estudos com o projeto, Kalanick decidiu deixar a faculdade para se dedicar a startup.

Por um tempo o Scour foi concorrente do Napster na área de compartilhamento de músicas e vídeos.

Porém a necessidade de pagar direitos fez com que o negócio acabasse após exigirem o pagamento de uma multa de mais de 200 milhões de dólares.

Em 2001, Travis pegou parte dos conceitos e da equipe da Scour, e se tornou um dos fundadores do Red Swoosh.

Seis anos depois o grupo foi vendido por um valor milionário para Akamai Technologies.

Em 2010, Kalanick lançou a Uber. A ideia do negócio surgiu de uma viagem que ele e seu sócio, Camp, fizeram à Paris.

Na ocasião, era inverno e os dois não conseguiam encontrar um táxi, daí comentaram sobre a criação de um aplicativo no qual fosse possível conseguir chamar um motorista através do celular.

Nos seus sete anos como CEO, Travis foi um dos grandes responsáveis pele crescimento da empresa fora dos Estados Unidos.

Em 2017, deixou o grupo. Desde então dedica seu tempo no fundo de investimento de rico, 10100, lançado em 2018. Kalanick também é CEO da holding City Storage Systems.

Saída de Travis Kalanick

Travis Kalanick

Kalanick foi CEO da Uber de 2010 até 2017. Ainda que o crescimento e expansão do negócio tenham acontecido, os investidores sempre tiveram receio com o cofundador.

Como gestor, por vezes, Travis foi acusado de atitudes machistas e antiéticas.

Além disso, acumulou polêmicas fora da empresa. Em um dos casos mais notórios, ele é filmado em uma discussão com um motorista de Uber Black.

A aparição constante de Kalanick fez com que os investidores do grupo pressionassem para saída.

Fato que aconteceu na metade de 2017.

Existia a expectativa para volta de Travis Kalanick, porém, o cofundador do grupo Garrett Camp, negou que isto aconteceria. Desde então Dara Khosrowshahi assumiu seu posto.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
Deixe sua opinião sobre Travis Kalanick