Sheldon Adelson

  • Nome Completo: Sheldon Adelson
  • Data de Nascimento: 4 de agosto de 1933
  • Local de Nascimento: Dorchester, Boston, Massachusetts, EUA
  • Filhos: 5
  • Idade: 85
  • Nacionalidade: Norte-americano
  • Ocupação: Empresário
  • Fortuna: US$ 38,5 bilhões
  • Estado Civil: Casado
  • Redes Sociais:

Quem é Sheldon Adelson

Sheldon Adelson é um empresário que ajudou a criar e atua como CEO da Las Vegas Sands Corporation – responsável pelo gerenciamento de resorts e cassinos nos Estados Unidos e na Ásia.

Também proprietário de jornais nos Estados Unidos e em Israel, Sheldon Adelson foi listado pela Forbes em 2018 como a 21ª pessoa mais rica do mundo.

De acordo com a publicação, o patrimônio dele é de US$ 38,5 bilhões.

Membro do Partido Republicano, ele doou US$ 25 milhões para a campanha presidencial de Donald Trump – é a maior doação individual para uma campanha já realizada no país.

Trajetória de Sheldon Adelson

Nascido em Boston, nos Estados Unidos, Sheldon Adelson é tradicional de uma família judia e de origem pobre.

Com 12 anos de idade deu seu primeiro passo no mundo dos negócios. Ele pediu dinheiro emprestado a um tio. Com a verba, adquiriu a licença para vender jornais nas ruas.

Quatro anos mais tarde, ele novamente recorreu ao tio para um empréstimo. Dessa vez, investiu na compra de uma máquina de doces.

Mais velho, Sheldon serviu ao exército do país. Quanto foi dispensando, começou a vender kits de higiene.

Com isso, criou um produto pensado para limpar para-brisas de carros quando congelavam no inverno.

Já na década de 1960, era hora de uma nova empreitada. Sheldon Adelson abriu uma pequena empresa especializada em passeios fretados.

Perto dos 30 anos de idade, já era um milionário.

Ao longo de sua vida – atualmente ele tem 85 anos – atuou em cerca de 50 negócios. Ele foi responsável pela construção de quase todos eles.

Em 1979, ao lado de sócios, criou a feira para exposições de computadores, voltados para a indústria, a COMDEX.

No ano de 1995, o evento foi vendido para a holding japonesa SoftBank Corporation. Ao se desfazer do negócio, Sheldon Adelson embolsou US$ 500 milhões.

No final da década de 1980, Sheldon e outros sócios adquiriram o Sands Hotel and Casino, em Las Vegas.

O local, que serviu de base para vários encontros de Frank Sinatra, passou por uma grande reforma. Era o início da incorporadora Las Vegas Sands Corporation.

Entre os novos atributos, estava o Sands Expo and Convention Center – o primeiro centro de convenções privado dos Estados Unidos.

Na primeira parte da década de 1990, investiu cerca de US$ 1,5 bilhão para reformar o hotel – foi criado ali um resort, inspirado em Veneza. A inauguração foi em 1999.

O complexo passou a contar com mais de quatro mil quartos, dezoito restaurantes, um shopping e gôndolas.

Já nos anos 2000, Sheldon Adelson construiu um resort, também com cassino, na cidade de Bethlem, na Pensilvânia. O negócio era um dos poucos independentes com licença para jogos caça-níqueis.

Em 2004, construiu em Macau um cassino. Um ano após o negócio ter aberto as portas, ele já havia recuperado o investimento inicial de mais de US$ 240 milhões. Além disso, era sócio majoritário com 69% das ações.

Em 2006, construiu o Marina Bay Sands. Os valores da obra são estimados em US$ 5,5 bilhões.

No ano seguinte, criou o primeiro jornal gratuito de Israel, o Israel Hayom – o periódico diário de maior circulação por lá.

Em 2015, adquiriu o jornal diário Las Vegas Review-Journal, nos Estados unidos. A publicação foi, entre as grandes, a única a endossar a campanha de Donald Trump a Presidência dos Estados Unidos.

Reconhecidamente um filantropo, Sheldon Adelson foi a pessoa que, individualmente, mais doou para uma campanha política nos EUA. Para apoiar Trump, dispôs de US$ 25 milhões.

Segundo levantamento da Forbes em 2018, Sheldon Adelson tem patrimônio de US$ 38,5 bilhões.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
Deixe sua opinião sobre Sheldon Adelson