Rogério Xavier

  • Nome Completo: Rogério Xavier
  • Nacionalidade: Brasileiro
  • Formação: Administrador
  • Ocupação: Empresário
  • Redes Sociais:

Quem é Rogério Xavier

Rogério Xavier é um dos sócios-fundadores da SPX Capital, uma das principais gestoras do Brasil, que tem mais de R$ 30 bilhões em ativos sob sua coordenação.

Considerado um dos mais celebrados gestores de ativos do mercado nacional, Rogério Xavier começou carreira no Garantia, dos empresários Jorge Paulo Lemann, Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira.

Depois atuou por 21 anos no BBM – hoje a joint venture Banco BOCOM BBM. No BBM, passou dez anos como responsável pela tesouraria da instituição.

Trajetória de Rogério Xavier

Rogério Xavier

Nascido no estado de São Paulo, Rogério Xavier mudou-se ainda criança com a família para o Rio de Janeiro.

O pai de Rogério Xavier foi um dos responsáveis por introduzir o Círculo do Livro no Brasil.

Enquanto estudante do ensino médio, Rogério já ganhava seu próprio dinheiro, dando aulas particulares de química para outros alunos. A indicação vinha dos próprios professores.

Desde cedo soube que queria trabalhar no setor financeiro, como disse ao portal Genial Investimentos.

Na época, havia lido uma entrevista em uma revista com um operador de moedas, do Bankers Trust. Na reportagem, o profissional descrevia sua rotina no emprego e também afirmava ter ganhado US$ 3 milhões apenas naquele ano.

E esse personagem foi quem o inspirou.

Assim que passou no vestibular, começou a entregar currículos. A recomendação das pessoas para o melhor banco de investimentos era o Banco de Investimentos Garantia.

Foi até lá de ônibus e deixou um papel com suas informações. No outro dia recebeu uma ligação e, ao contar sua história e suas ambições, encontrou o primeiro emprego.

Em 1985, começou no Garantia como um cargo de liquidante. Ficou anos na instituição e, devido a rotina corrida na empresa, chegou a trancar a graduação.

Só retomou ao curso quando ingressou no Banco da Bahia (mais tarde BBM), em 1989.

Mudou-se para São Paulo em 1991, quando deixou de ser operador e se tornou um dos representes do BBM na cidade.

Depois, tornou-se sócio da instituição. Foi o momento em que o banco tradicionalmente familiar se abria a novos executivos.

Em 1997 conquistou o cargo de diretor responsável pela tesouraria do BBM. Ficou dez anos no cargo.

Em 2008 veio um novo desafio dentro da instituição financeira: Rogério Xavier assumia a diretoria executiva da unidade de gestão de recursos de terceiros.

Embora tenha passado 21 anos no BBM, ele diz que teve a forma de enxergar as coisas fora moldada pelo que aprendeu no início da carreira, no Garantia.

Saiu do BBM em 2010, quando ao lado de Daniel Schneider e Bruno Pandolfi, também do BBM, fundaram a SPX Capital.

Na SPX Capital, que hoje tem mais de R$ 30 bilhões em ativos, Rogério Xavier atua como coordenador do comitê executivo e é também o diretor responsável pela área de juros do grupo.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
Deixe sua opinião sobre Rogério Xavier