Rodolfo Villela Marino Rodolfo Villela Marino

Rodolfo Villela Marino

Perfil de Rodolfo Villela Marino
Nome Completo Rodolfo Villela Marino
Local de Nascimento São Paulo, Brasil
Nacionalidade Brasileiro
Formação Administrador de empresas
Ocupação Executivo
Fortuna US$ 1,6 bilhão
Estado Civil Casado

Biografia de Rodolfo Villela Marino

Quem é Rodolfo Villela Marino

Rodolfo Villela Marino é o diretor vice-presidente do Itaúsa – a holding que controla o banco Itaú Unibanco, Duratex, Alpargatas e Itautec. Villela Marino é também membro do Conselho de Administração da instituição.

Além do Itaúsa, Rodolfo Villela Marino faz parte do quadro de dirigentes da Elekeiroz, empresa de produtos químicos brasileiros. Na Elekeiroz, atua como presidente desde 2010 e é membro do Conselho Administrativo.

Em organizações do terceiro setor, Rodolfo Villela Marino integra a Sociedade Cultura Artística, o Instituto Cultural Itaú e o Instituto para Estudos do Desenvolvimento Industrial (IEDI), entre outros.

A revista Forbes listou Rodolfo como um dos homens mais ricos do mundo em 2019. A publicação aponta que ele tem fortuna de mais ou menos US$ 1,6 bilhão. No ranking mundial, está empatado na posição de número 1425, ao lado de Luiza Helena Trajano, do Magazine Luiza.

Rodolfo é neto de Eudório Libânio Villela, um dos fundadores do Itaú.

Trajetória de Rodolfo Villela Marino

Rodolfo Villela Marino é formado em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Ao concluir o curso, tornou-se mestre em Estudos do Desenvolvimento e em Economia e Filosofia pela London School of Economics and Political Science (LSE), na Inglaterra.

Nascido em São Paulo, Villela Marino construiu sua carreira na empresa da família, onde atuou em diversas vertentes.

Na Itautec, por exemplo, tornou membro do Conselho de Administração em 2008 – e segue no grupo. Passou também pelos comitês de pessoas e governança, de estratégia e de auditoria e gestão de riscos.

Já na Elekeiroz é membro do Conselho desde 2008, além de ter feito parte dos comitês de auditoria e
gerenciamento de riscos, estratégia e inovação, entre outros. Assumiu como presidente em abril de 2010 e se mantém no cargo.

Na Duratex, também controlada pela Itaúsa, é membro do Conselho de Administração. Mas fez parte de outros conselhos, como o de pessoas, governança e nomeação, do comitê de sustentabilidade e do de auditoria, entre outros.

Dentro da Itaúsa, a holding que controla as demais empresas do grupo, é membro efetivo do Conselho Administrativo desde 2011 e vice-presidente desde maio de 2015.

Além da família Villela, o Itaúsa é também controlado pela família Setubal. Na imprensa, tanto Rodolfo quanto outros membros do clã Villela são tidos como discretos.

Fora do ramo financeiro, Rodolfo Villela Marino é membro da Sociedade Cultura Artística, Instituto Itaú Cultural, do Instituto PDR, da São Paulo Companhia de Dança, do Young Presidents Organization- YPO/WPO, do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, da Fundação Itaú Social e do Instituto para Estudos do Desenvolvimento Industrial.

Rodolfo Villela Marino é irmão de Ricardo Villela Marino, que também atua na Itaúsa. A Forbes em 2019 aponta que cada um dos dois tem fortuna de US$ 1,6 bilhão.

O banco Itaú é uma das empresas que compõe a Itaúsa. A instituição financeira é uma das maiores do Brasil. A Suno fez um artigo apontando quais os rendimentos do Itaú. Acesse este artigo para se aprofundar no assunto.

Ler mais

Compartilhe sua opinião