Roberto Setubal

  • Nome Completo: Roberto Egydio Setubal
  • Data de Nascimento: 1954
  • Local de Nascimento: São Paulo, Brasil
  • Filhos: 1
  • Idade: 63
  • Nacionalidade: Brasileiro
  • Formação: Engenheiro de produção
  • Ocupação: Conselheiro da Shell e copresidente do conselho de administração do Itaú Unibanco
  • Fortuna: US$ 3,3 bilhões
  • Estado Civil: Casado
  • Redes Sociais:

Roberto Setubal é um banqueiro brasileiro, sócio e co-presidente do conselho de administração do Banco Itaú. Ele também faz parte, desde outubro de 2017, do conselho e do comitê de auditoria da americana Shell.

À frente da diretoria do Itaú Unibanco, Roberto Setubal já foi eleito, algumas vezes, o melhor executivo do país – e é admirado pela capacidade de prever os cenários futuros, abrindo vantagem sobre a concorrência, de acordo com reportagem da Época Negócios.

Nas décadas que passou como executivo dentro do Itaú, Setubal transformou o então banco paulista em uma holding internacional após fundi-lo com as instituições financeiras Unibanco e BBA.

Sob sua gestão, Roberto Setubal fez o Itaú Unibanco ganhar o status de maior banco privado do Brasil, superando o Santander e o Bradesco, por exemplo.

Seguem os números da gestão Setubal enquanto diretor da instituição: aumento de agências e postos de atendimento de 2 mil para 5 mil e presença em mais de 20 países.

Biografia de Roberto Setubal

Nascido em 1954, na cidade de São Paulo, Roberto Setubal é filho de Olavo Egídio de Sousa Aranha Setubal, ex-prefeito da cidade de São Paulo (1975-1979), ex-diretor e ex-acionista do banco Itaú.

Roberto seguiu o exemplo do pai na vida acadêmica e profissional: estudou na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), em São Paulo, onde se formou em Engenharia de Produção.

Mais tarde, tornou-se mestre em engenharia pelo Stanford University, na Califórnia, Estados Unidos. Ingressou no Itaú em 1984, onde ocupou cargos seniores em operações bancárias individuais, de crédito ao consumidor e varejo bancário. Antes, teve breve passagem pelo Citibank, em Nova York.

O nome de Roberto Setubal foi sugerido para a presidência do Itaú quando ele tinha apenas 35 anos de idade. Vetado pelo pai, foi nomeado diretor-geral da instituição.

Em 1994 virou CEO do banco, posição que ocupou até 2017. Entre os anos de 1997 e 2000 também foi presidente da Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN) – voltou a ocupar a posição entre 2011 e 2017.

Os feitos a frente do Itaú lhe renderam outros frutos: em 2011, Roberto Setubal foi eleito o banqueiro do ano pela publicação europeia Euromoney; membro da Federal Reserve Bank of New York Building (2002) e do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Brasil (2003) – vagas que ainda ocupa.

Atualmente, além das posições no Itaú Unibanco e na Royal Dutch Shell, é membro fundador e presidente do Comitê Executivo da Fundação Itaú Social, responsável por iniciativas sociais voltadas à educação em parceria com o UNICEF e outras ONGs.

Faz parte também do Comitê Executivo do Instituto Itaú Cultural, braço do grupo focado em democratizar e valorizar a cultura brasileira.

Além disso, Roberto Setubal é membro da diretoria da Conferência Monetária Internacional (IMC), da diretoria do Instituto de Finanças Internacionais (IIF) e do Conselho Empresarial Internacional do Fórum Econômico Mundial.

Em 2016, a edição brasileira da Forbes fez um ranking com as famílias mais ricas do Brasil. O clã de Roberto Setubal apareceu no 12º lugar, com patrimônio estimado em aproximadamente US$ 3,3 bilhões, mas, isoladamente, sem nenhum indivíduo bilionário.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Deixe sua opinião sobre Roberto Setubal

eBook Gratuito

Manual do Investidor

Tudo o que você precisa para dar os primeiros passos na Bolsa de Valores

eBook Gratuito

Invista Como
Warren Bufeett

Aprenda a usar a estratégia do Value Investing, usada pelo maior investidor do mundo!