Roberto Castello Branco Roberto Castello Branco

Roberto Castello Branco

Perfil de Roberto Castello Branco
Nome Completo Roberto Castello Branco
Nacionalidade Brasileiro
Formação Economia
Ocupação Presidente da Petrobras

Biografia de Roberto Castello Branco

Quem é Roberto Castello Branco

Roberto Castello Branco é o presidente da Petrobras. Foi empossado do novo cargo em 3 de janeiro de 2019, após recomendação de Paulo Guedes, Ministro da Economia do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro.

Antes de ser presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco foi funcionário da Vale durante 15 anos. Na mineradora, foi economista-chefe e diretor de relações com investidores.

Quando saiu da empresa, Roberto Castello se tornou um dos membros do conselho administrativo da estatal. Ocupou a posição entre 2015 e 2016.

Castello Branco foi escolhido pelo cargo por partilhar da visão liberal, comum na University of Chicago, berço do neoliberalismo, onde Roberto fez pós-doutorado e também alma mater de Paulo Guedes.

Trajetória de Roberto Castello Branco

Roberto Castello Branco é um economista doutorado pela Fundação Getúlio Vargas. Em seguida, fez pós-doutorado na University of Chicago com apoio financeiro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Como profissional, teve uma das primeiras experiências como professor da escola de economia da pós-graduação da Faculdade Getúlio Vargas.

Depois, foi presidente executivo do Ibmec, época em que conheceu Paulo Guedes.

Em 1985, assumiu como diretor de normas e mercados de capitais do Banco Central, durante o governo do ex-presidente José Sarney.

Anos mais tarde, depois de passar por algumas empresas, se tornou economista-chefe da Vale, empresa que permaneceu por 15 anos.

Durante o governo de Dilma Rousseff, integrou o quadro de membros do conselho administrativo da Petrobras. Ficou lá entre 2015 e 2016.

Roberto Castello Branco é crítico à intervenção do Estado na economia e defensor da privatização de empresas estatais.

Durante a greve dos caminhoneiros, que levou a demissão de Pedro Parente, Branco escreveu um texto para a Folha de São Paulo, no qual alegou: “é inaceitável manter centenas de bilhões de dólares alocados a empresas estatais em atividades que podem ser desempenhadas pela iniciativa privada.”

Atualmente, Roberto Castello Branco é também diretor do Centro de Estudos em Crescimento e Desenvolvimento Econômico da Fundação Getúlio Vargas.

No mercado internacional do petróleo, existe uma sigla muito usada: a WTI. A gente explica aqui o que é esse petróleo bruto utilizado pelos economistas para valor-padrão para definir o preço do bruto nos mercados, em contratos a termo.

Ler mais

Perfis Relacionados a Roberto Castello Branco

Compartilhe sua opinião