• Nome Completo: Raymond Dalio
  • Data de Nascimento: 01/08/1949
  • Local de Nascimento: Nova Iorque
  • Filhos: 1
  • Idade: 69
  • Nacionalidade: Estadunidense
  • Ocupação: Fundador da Bridgewater
  • Fortuna: US$ 17,7 bilhões
  • Conhecido como: Ray Dalio
  • Estado Civil: Casado
  • Site Oficial: https://www.bridgewater.com/
  • Redes Sociais:

Quem é Ray Dalio?

Ray Dalio é fundador e acionista do maior fundo de investimento tipo hedge do mundo, a firma Bridgewater. Ray também é conhecido por sua personalidade e características como gerente de grupo.

A capacidade de perceber os movimentos do mercado e seu modelo de gestão de capital colocaram Ray Dalio entre as pessoas mais ricas do mundo.

No ranking da Forbes de 2018, o investidor ocupa a 67ª posição, com uma fortuna estimada e 17,7 bilhões de dólares.

O desejo de Dalio pelo mercado financeiro surgiu ainda na juventude, quando ele realizou um investimento bem-sucedido em uma companhia área.

Ray Dalio tem formação e especialização em finanças.

Suas primeiras experiências profissionais no mercado financeiro foram trabalhando especialmente com commodities

Em 1975, ele lançou seu próprio negócio. A empresa de gestão de investimentos Bridgewater Associates.

30 anos após seu lançamento, em 2005, o fundo alcançou o posto de maior fundo hedge do mundo.

Muito do sucesso do negócio é resultado das capacidades de Dalio como investidor.

Ainda assim, até alcançar o topo de setor, o grupo passou por enormes reformulações.

A principal talvez tenha sido a elaboração de regras de convivência dentro da Bridgewater. As medidas tomadas também ganharam notoriedade no meio, que colocam o negócio como uma espécie de seita.

Os princípios de Ray Dalio ficaram conhecidos não só no mercado, mas em todo o setor empresarial.

Em 2017, ele deixou seu posto como CEO da empresa após uma séria de reformulações que estão em curso.

História de Ray Dalio

Ray Dalio

Raymond Dalio nasceu no dia 1 de agosto de 1949, no bairro do Queens, na cidade de Nova York, Estados Unidos.

Aos 12 anos de idade Ray realizou seu primeiro investimento, na época ele comprou ações da Northeast Airlines por 300 dólares.

A paixão por investimentos o levou para a Long Island University, na instituição ele se formou em finanças. Mais tarde o investidor concluiu MBA pela Harvard Business School.

Após terminar sua graduação, Ray teve experiência trabalhando no pregão da Bolsa de Valores de Nova York – NYSE.

Seu próximo trabalho foi como diretor de commodities na Dominick & Dominick LLC. Em 1974, se tornou trader na Shearson Hayden Stone.

Um ano mais tarde, em 1975, Dalio fez sua investida mais arriscada no mercado ao lançar seu próprio negócio, a Bridgewater.

As capacidades como investidor de Ray foram fundamentais para o sucesso do negócio, ainda assim foi necessário que ele e a companhia passassem por severas reformulações.

Os dogmas da Bridgewater

Ray Dalio

Em 1993, Ray teve uma reunião que mudou totalmente sua trajetória e o futuro da empresa.

Na época, três de seus sócios: Bob Prince, Giselle Wagner e Dan Bernstein, se reuniram com ele com o objetivo de dar um feedback sobre sua gerência.

A conversa foi determinante, no qual o assunto principal foi no modelo de gestão de pessoas existentes dentro do grupo e no modo em que Ray tratava seus funcionários. Algo que o mesmo não percebia.

Entendido o que deveria ser mudado, a empresa implementou uma espécie de cartilha focada na “verdade extrema” estre os funcionários.

12 anos depois o grupo alcançou o posto de maior fundo hedge do mundo.

A cartilha existente na empresa sempre intrigou o meio.

Em 2011, foi publicado um resumo sobre os dogmas existentes na Bridgewater. O arquivo já foi baixado mais de três milhões de vezes.

Em 2018, Dalio transformou os princípios da empresa em dois livros.

Alguns especialistas acreditam que o modelo de gestão da Bridgewater é complexo e toca em pontos delicados demais para serem implementados em outras empresas.

Ainda assim, a políticas criadas por Ray Dalio intrigam o mudo empresarial como um todo.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
Deixe sua opinião sobre Ray Dalio