Philip Arthur Fisher

  • Nome Completo: Philip Arthur Fisher
  • Data de Nascimento: 08/09/1907
  • Local de Nascimento: São Francisco, Estados Unidos
  • Data de Falecimento: 11/03/2001
  • Filhos: 3
  • Nacionalidade: Estadunidense
  • Formação: Economia
  • Conhecido como: Philip Fisher
  • Site Oficial: http://www.fisherbc.com/
  • Redes Sociais:

Quem é Philip Arthur Fisher

Philip Arthur Fisher é uma lenda do universo dos investimentos. Suas ideias, livros e ações influenciaram diretamente várias gerações de investidores de sucesso. Seu livro de maior sucesso, Ações Comuns, Lucros Extraordinários (1958), é considerado uma das principais obras do ramo.

As ideias de Philip Arthur Fisher ao enxergar as peculiaridades e complexidades da bolsa de valores mudaram de forma drástica algumas estruturas do meio.

Fisher era formado em economia.

Em 1928, ele iniciou sua trajetória no mercado financeiro como analista de valore mobiliários.

Três anos depois, em 1931, Philip fundou sua própria empresa, a Fisher & Co.

A ideia do investidor era montar um negócio voltado para gestão de dinheiro e análise de em qual negócio se devia investir.

Por mais de seis décadas o economista foi o líder da companhia. Em 1999, ele se aposentou aos 91 anos de idade.

Ainda assim seu legado se tornou inestimável ao meio.

Seguindo as ideias de que um investimento tem que ser pensado no modelo de longo prazo, além da compreensão de qual é o momento de investir em grandes empresas, Philip se tornou um dos maiores influenciadores do meio.

A figura de Philip sempre foi a de uma pessoa discreta.

Tanto que, somente em 1958, ele se tornou uma figura conhecida pelo grande público.

O livro “Ações Comuns, Lucros Extraordinários”, traduz diversos conceitos que serviram de inspiração para grandes investidores.

Tanto que o megainvestidor Warren Buffett coloca Philip entre as suas grandes inspirações, junto de nomes como Benjamin Graham.

Philip faleceu em 2004.

Carreira de Philip Arthur Fisher

Philip Arthur Fisher

Philip Arthur Fisher nasceu no dia 8 de setembro de 1907, na cidade de São Francisco, Estados Unidos.

Após o termino do colegial, ingressou na faculdade de Stanford para cursar economia. Philip também teve experiência na aeronáutica estadunidense.

Em 1928, aos 21 anos, Fisher foi contratado pelo Anglo – London Bank como analista.

O economista também trabalhou por algumas empresas da bolsa de valores por um curto período.

Em 1938, abriu a Fisher & Co.

Seguindo alguns dogmas pessoais, o investidor obteve sucesso à frente de seu negócio.

Sua visão de longo prazo fez com que entre as décadas de 40 e 50 seus investimentos fossem voltado à empresas de tecnologia. A Texas Instruments e a Motorola são exemplos.

O caso da Motorola com o investidor traz outra ideia marcante de sua trajetória, a de: “a hora de vender é quase nunca”.

Ele comprou as ações da então fábrica de rádios em 1955, e as manteve até o fim da vida.

Em 1958, Philip se tornou um dos investidores mais conhecidos do mundo.

O sucesso do livro “Ações Comuns, Lucros Extraordinários“, uma das primeiras obras literárias sobre investimentos a aparecer na lista de best-sellers do New York Times, foi responsável pela sua fama.

A principal ideia do livro é aconselhar o investidor a apostar em empresas inovadoras e que estão na liderança do mercado de sua área, além disso é necessário levar em consideração a honestidade de seu alto escalão.

Outros exemplos de livros de Philip Fisher são: Caminhos Para Riqueza Através de Ações Ordinárias (1960) e Investidores Conservadores Dormem Tranquilos (1975), ambos também servem como inspiração para investidores.

Philip se aposentou da presidência da Fisher & Co. em 1999.

No dia 11 março de 2004, Philip faleceu, em sua casa na Califórnia, aos 96 anos de idade.

Porém as ideias de Philip Arthur Fisher seguem servindo de exemplo a inúmeras pessoas da área. Não à toa o pai do método “buy and hold” figura entre os maiores investidores de todos os tempos e é encarado como uma lenda dos negócios.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
Deixe sua opinião sobre Philip Arthur Fisher