Paul Krugman Paul Krugman

Paul Krugman

Perfil de Paul Krugman
Nome Completo Paul Robin Krugman
Nascimento 28/02/1958
Local de Nascimento Albany, Estados Unidos
Idade 62
Nacionalidade Norte-americano
Formação Economista
Ocupação Escritor
Conhecido Como Paul Krugman
Estado Civil Casado
Site Oficial https://www.nytimes.com/column/paul-krugman
Redes Sociais Facebook Twitter

Biografia de Paul Krugman

Quem é Paul Krugman

Paul Krugman é um economista norte-americano especializado em comércio e “economia geográfica”. Paul ainda se destaca como um crítico ferrenho do que se tornou a área econômica na modernidade, no qual ele argumenta que não existe política fiscal que corrija as falhas do sistema, além de destacar que até mesmo as potências estão sujeitas a liquidez financeira.

A contribuição de Paul Krugmam para o campo também é destaque, sendo que durante sua carreira ele produziu obras que eram voltadas tanto para pessoas do meio como para leigos no assunto. O economista defende que o ensino básico do conceito econômico é fundamental.

Suas contribuições, principalmente relacionadas ao campo da globalização, lhe renderam um Prêmio Nobel de Economia em 2008.

Com Ph.D. na área econômica, Krugman conta que seu interesse pela área surgiu assistindo a série Foundation, de Isaac Asimov. No programa existia a “psico-história”, Paul definiu que o que mais se assemelhava aquele campo era a economia.

A maior parte de sua carreira foi voltada para o campo acadêmico, sendo que lecionou em faculdade de renome dos Estados Unidos.

Paul também trabalhou por alguns anos no governo.

Durante sua carreira Krugman se tornou uma figura em destaque no meio. O economista é um dos principais defensores do Keynesianismo.

Não à toa, Paul é crítico das ideias liberais.

Além de seus livros e artigos, Krugman é conhecido por ser colunista, desde 2000, do The New York Times.

Trajetória de Paul Krugman

Paul Krugman

Paul Robin Krugman nasceu no dia 28 de fevereiro de 1958, na cidade de Albany, Estados Unidos.

Após terminar o colegial, Krugman pensou em seguir para o curso de história, todavia acabou optando pela faculdade de economia. Graduação que concluiu pela Universidade de Yale.

Posteriormente, Paul se tornou Ph.D. na área pelo Instituto de Tecnologia do Massachusetts (MIT).

Durante parte da carreira Krugman lecionou nas universidades pelas quais havia se graduado e especializado, e também teve carreira como professor pela Universidade de Princeton e pela Universidade de Stanford.

Entre 1982 e 1983, Paul foi membro do Conselho de Economistas da Casa Branca durante o governo de Ronald Reagan.

Krugman também é autor de 20 livros e mais de 200 artigos. Sendo que ele busca atingir a todos os públicos com suas obras.

Em International Economics: Theory and Policy (1987) ele cria uma obra introdutória sobre economia global. Enquanto em The Return of Depression Economics (1999), Paul elabora uma crítica complexa sobre como os problemas econômicos da modernidade são causados pela procura insuficiente.

Em 2008, o economista ganhou o Nobel de Economia, por sua contribuição para o campo da macroeconomia.

Pensamentos de Paul Krugman

Paul Krugman

Paul se considera um NeoKeynesiano.

Durante sua carreira ele criticou as ideias liberais propostas por Adam Smith e Milton Friedman.

Segundo ele, políticas como austeridade são duras e contribuem com a desigualdade. Além disto Krugman coloca Estados Unidos, Japão e a Europa em uma “armadilha” causada pela fluidez da economia.

O economista ainda defende que a ideia de poupar para uma nação é errada, pois não é investimento se comparado com a geração de emprego e desenvolvimento social.

Em 2011, Krugman se tornou um dos apoiadores do Occupy Wall Street, movimento contra a desigualdade.

Se baseando em parte das ideias de John Maynard Keynes, Paul Krugman se tornou um economista de destaque, além de crítico ferrenho ao modelo liberal.

Ler mais

Compartilhe sua opinião