Lee Iacocca

  • Nome Completo: Lido Anthony Iacocca
  • Data de Nascimento: 15 de outubro de 1924
  • Local de Nascimento: Pensilvânia, Estados Unidos
  • Filhos: 2
  • Idade: 89
  • Nacionalidade: Estadunidense
  • Formação: Engenheiro industrial
  • Ocupação: Executivo
  • Conhecido como: Lee Iacocca
  • Estado Civil: Divorciado
  • Site Oficial: http://www.leeiacocca.com/
  • Redes Sociais:

Quem é Lee Iacocca

Lee Iacocca é um executivo do setor automobilístico dos Estados Unidos. É atribuído a ele e criação e desenvolvimento do Ford Mustang e do Ford Pinto. É também autor do livro Where Have All the Leaders Gone? (sem tradução para o português).

Lee Iacocca foi também CEO da Fiat Chrysler Automobiles. Assumiu em 1978 e permaneceu lá até 1992, quando se aposentou.

Em 2009, foi eleito pelo portal Portfolio.com o 18º melhor CEO da história dos Estados Unidos. Entre os feitos de Iacocca listados, estava o fato de ter reerguido a Chrysler e obtido lucros recordes.

Na eleição dos 20 melhores, ficou a frente de Herb Kelleher e Oprah Winfrey.

Trajetória de Lee Iacocca

Nascido na Pensilvânia, nos Estados Unidos, a origem do nome Lido Anthony Iacocca é romantizada, segundo ele.

Há quem diga que o Lido, que não é um nome comum, foi dado por seu pai em homenagem a cidade de Lido, em Veneza, onde passou a lua de mel com a esposa.

O empresário refuta a história em sua autobiografia Iacocca: Uma Autobiografia, escrita por ele em parceria com William Novak, em 1984.

Lee Iacocca formou-se em engenharia industrial pela Universidade Lehigh. É membro da sociedade mais antiga de engenheiros dos Estados Unidos, a Tau Beta Pi.

Depois de ganhar uma bolsa de estudos, foi cursar algumas disciplinas sobre a área de formação e política na Universidade de Princeton.

Iacocca e a Ford

A trajetória começou na Ford em 1946, ainda na área de engenharia.

Depois de um tempo, pediu para ser transferido para o departamento de vendas e marketing. Foi a partir desse momento que começou a se destacar na carreira.

A campanha que fez, enquanto era assistente da gerência de vendas, oferecendo desconto em no modelo 1956, ganhou projeção nacional.

Ele saiu da filial da Filadélfia e foi para a sede de Dearborn, no estado de Michigan, onde ascendeu.

No início dos anos de 1960, conquistou o primeiro cargo de gerente e vice-presidente de uma das divisões da Ford.

Cinco anos mais tarde foi promovido para a divisão que cuidava também dos caminhões e, em 1967, tornou-se vice-presidente executivo. O posto de CEO veio em dezembro de 1970.

Entre os principais projetos que participou, estão os lançamentos dos modelos Mustang, Lincoln Continental Mark III e Escort.

Além disso, está por trás também do renascimento do Mercury.

O modelo Ford Pinto está entre seus grandes feitos: ele previu a necessidade de um modelo produzido localmente, com tamanho compacto e que fosse eficiente e de baixo custo.

O carro foi um sucesso, até que, por problemas mecânicos relacionados ao tanque combustível, fez com que a empresa, em 1978, recolhesse as unidades produzidas entre 1971-1976 para recall.

Vida após a Ford

Em 1978 ele teve um atrito com Henry Ford II e foi demitido. No mesmo ano aceitou chamado da Chrysler, que passava por sérios problemas financeiros e perdia milhões em vendas na América do Norte.

Ele começou a restaurar a empresa do zero e trouxe para a Chrysler pessoas de sua confiança dos tempos de Ford.

Com ele, modelos da empresa, como o Golf, chegaram ao mercado – foi sucesso instantâneo.

Ainda assim, a situação não estava tranquilo. Ele se aproximou do Congresso dos Estados Unidos e conseguiu um empréstimo para injetar na empresa.

Lee Iacocca liderou a empresa para que ela se reerguer. Ao se aposentar, como CEO, em 1992, a Chrysler estava em seu auge.

No livro Where Have All the Leaders Gone? Lee Iacocca revela que pensou em concorrer à presidência dos Estados Unidos em 1988.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
Deixe sua opinião sobre Lee Iacocca