Jorge Moll Filho

  • Nome Completo: Jorge Neval Moll Filho
  • Data de Nascimento: 1945
  • Local de Nascimento: Rio de Janeiro, Brasil
  • Filhos: 5
  • Idade: 73
  • Nacionalidade: Brasileiro
  • Formação: Médico
  • Ocupação: Presidente do Grupo D'Or
  • Fortuna: US$ 2,6 bilhões
  • Conhecido como: Jorge Moll Filho
  • Estado Civil: Casado
  • Site Oficial: http://www.rededor.com.br/
  • Redes Sociais:

Quem é Jorge Moll Filho

Jorge Moll Filho é o médico e empresário responsável pela presidência do Conselho de Administração maior rede de hospitais privados do país, a D’Or. Empreendimento avaliado em mais de 20 bilhões de reais e com uma rede com mais de 30 hospitais espalhados pelo Brasil.

Com os valores da empresa definidos desde sua criação, na década de 90, o grupo de Jorge Moll Filho soube suprir a carência de hospitais particulares de excelência existente na cidade do Rio de Janeiro.

De acordo com o ranking de bilionários de 2018 da revista Forbes, Jorge Moll é a 924ª pessoa mais rica do mundo e 14 ª do Brasil, com uma fortuna estimada de 2,6 bilhões de dólares.

As três primeiras unidades da rede são o Copa D’Or, Barra D’Or e Quinta D’Or.

Porém a “mudança” de Jorge Moll neurocientista para se tornar empresário acontece antes da criação do grupo D’Or.

Em 1977 o médico iniciou sua trajetória no mundo dos negócios com a fundação do Grupo Labs.

A primeira unidade, Cardiolab, atuava na área de diagnósticos médicos.

Investimento que teve como ação inicial a ideia de ocupar espaços, política que Jorge Moll utiliza em seus empreendimentos.

Em 2015 a família Moll vendeu 8,3% das ações para o fundo americano Carlyle, em uma transação que rendeu 1,75 bilhão de reais.

Jorge Moll é parte da lista dos mais ricos da Forbes.

Biografia Jorge Moll Filho

Jorge Moll Filho nasceu na cidade do Rio de Janeiro, em 1945.

Formou-se em medicina e se especializou como neurocirurgião.

Em 1977, com 32 anos, o médico fez seu primeiro investimento, o Grupo Lab. No mesmo ano inaugurou sua primeira unidade, a Cardiolab, que trabalhava com ultrassonografias e ecocardiografias.

Empreendimento que ele entendia como um investimento a longo prazo, pois atuava em uma frente relativamente nova no Brasil.

O negócio expandiu durante toda década de 80. Porém foi no início dos anos 90 em que realmente mudou de patamar.

Isso graças a inauguração de uma unidade que trazia o conceito de “todos exames em um só local”.

Também foi nesse período que Jorge Moll se aproximou da família Barata.

O médico tinha uma dívida com o empresário Jacob Barata. Daniel Barata, filho de Jacob, era quem fazia a intermediação da dívida.

Sabendo que Jacob era o proprietário do hotel Copa D’Or, propriedade localizada no bairro fluminense Copacabana, o neurocirurgião convenceu Daniel de investirem na criação de um hospital no local.

Inicialmente o Rei do Ônibus – como Jacob é conhecido -, não se entusiasmou com a ideia. Porém, Daniel foi assassinado em 1995.

A tragédia fez com que o empresário mudasse de ideia e investisse no desejo do filho.

Pela falta de hospitais privado de excelência na capital carioca o investimento trouxe retornos em médio prazo.

No ano de 2000 nasce o Copa D’Or. Unidade com o conceito de hotelaria hospitalar, modelo inédito para região.

Outro fator que fez o grupo de Jorge Moll Filho crescer foi o contexto externo da época.

O mercado de saúde privada vivia um momento de expansão. O empresário soube aproveitar isso ao aliar com as regras que impediam o investimento de empresas estrangeiras no setor de saúde nacional, o que dificultava concorrência.

A expansão do grupo atraiu o banco de investimento BTG, que comprou debêntures conversíveis em ações do grupo.

Com as mudanças de regras em relação à entrada de investimentos estrangeiros no setor, em 2015, o grupo de Jorge Moll Filho passou a ter o grupo Carlyle como investidor em uma negociação bilionária.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
Deixe sua opinião sobre Jorge Moll Filho