Guilherme Aché

  • Nome Completo: Guilherme Aché
  • Local de Nascimento: Rio de Janeiro
  • Nacionalidade: Brasileiro
  • Formação: Economia
  • Ocupação: Investidor
  • Redes Sociais:

Quem é Guilherme Aché

Guilherme Aché é um dos sócios-fundadores da gestora focada em investimentos no mercado de ações Squadra Investimentos. Parte de seu patrimônio, inclusive, está alocada nos fundos da empresa.

Guilherme Aché também já atuou no BTG Pactual, onde foi chefe da área de análise de empresas da instituição financeira.

Outro destaque na trajetória de Guilherme Aché é ter integrado o time que criou a JGP Gestão de Recursos, de André Jakurski e Paulo Guedes. Na época, ele trabalhava no banco Pactual quando recebeu o convite dos economistas.

Trajetória de Guilherme Aché

Guilherme Aché é nascido na cidade do Rio de Janeiro. Estudou durante muito tempo no Santo Agostinho, tradicional colégio carioca. Na infância, devido ao trabalho do pai, que era empregado de uma empresa de navegação, morou na Nigéria por dois anos.

Em seguida, passou um tempo no Brasil e mudou-se novamente com a família para a Inglaterra. Lá, ele e os pais ficaram por mais ou menos dois anos.

No final da década de 1980, teve seu primeiro retorno financeiro em um empreendimento ao trazer da Indonésia acessórios pertinentes ao universo praieiro do Rio de Janeiro, como cangas. As mercadorias, provenientes de duas viagens ao país asiático, foram revendidas a amigos e parentes.

Quer se tornar um investidor de sucesso? Veja os 10 livros que todo investidor deveria ler.

Aché se formou em economia pela Faculdade Cândido Mendes em 1991. O investidor escolheu a carreira porque queria ganhar dinheiro e ter independência financeira. Os pais, funcionários públicos, recomendavam, no entanto, que ele prestasse concurso para trabalhar em empresas estatais.

Em 1991, começou a trabalhar no Banco Pactual (hoje BTG Pactual) onde ingressou como estagiário. Ele começou a atuar na área de análises de empresas.

Em 1993, aos 23 anos, já era chefe do departamento. Permaneceu no cargo até 1998, quando recebeu o convite dos economistas André Jakurski e Paulo Guedes, que também atuavam no Pactual, para fundar a JGP Gestão de Recursos.

Na instituição financeira, Guilherme Aché foi portfolio manager responsável por investimentos em ações no Brasil e mercados emergentes.

André Aché e a Squadra Investimentos

Aché deixou a JGP Gestão de Recurso em 2007 para fundar a própria empresa. No mesmo ano, nascia a Squadra Investimentos, voltada para investimentos em ações. A gestora administra cerca de R$ 7,5 bilhões em ativos.

O executivo é fã do megainvestidor americano Warren Buffet, em quem busca inspiração e cuja estratégia em ações busca aprender.

No campo pessoal, Aché já “quebrou” como pessoa física em duas oportunidades.

A primeira foi em 1994, quando alocou grande parte de seus recursos em ações do Banco Nacional, que enfrentava dificuldades. O motivo foi um rumor de mercado que a instituição seria adquirida pelo Unibanco. A posterior intervenção pelo Banco Central, devido a problemas legais, frustrou essa expectativa.

O segundo caso aconteceu em razão de uma grande compra de opções da estatal de telecomunicações Telebrás. Um episódio de queda rápida das ações da empresa fez com que, em cerca de 20 dias, o executivo carioca perdesse todo seu dinheiro.

Uma parte importante da carreira de Guilherme Aché foi construída no BTG Pactual. Um dos principais bancos de investimentos do Brasil, a instituição financeira fatura de seis formas distintas. Para entender mais sobre a estratégia de faturamento do BTG Pactual, veja o artigo da Suno a respeito.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Deixe sua opinião sobre Guilherme Aché

GARANTA ACESSO AOS DESCONTOS EXCLUSIVOS DA CYBERWEEK

não perca tempo! As ofertas terminam em:

DIAS
 HOR
 MIN
 SEG

CLIQUE NO BOTÃO ABAIXO PARA ACESSAR AS OFERTAS: