Frederico Curado

  • Nome Completo: Frederico Pinheiro Fleury Curado
  • Data de Nascimento: 1961
  • Local de Nascimento: Rio de Janeiro, Brasil
  • Nacionalidade: Brasileiro
  • Formação: Engenheiro mecânico
  • Ocupação: Executivo
  • Redes Sociais:

Quem é Frederico Curado

Frederico Pinheiro Fleury Curado é o atual presidente do grupo Ultra, que atua nos setores de distribuição de combustíveis.

Entre 2007 e 2016, Frederico Pinheiro Fleury Curado foi o presidente da Embraer – conglomerado brasileiro especializado na fabricação de aviões.

Carioca, Frederico é formado em engenharia mecânica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

É também pós-graduado em comércio exterior pela Fundação Getúlio Vargas e MBA em administração de empresas pela Universidade de São Paulo (USP).

Trajetória de Frederico Curado

Frederico Curado

Frederico Curado nasceu no Rio de Janeiro, em 1961.

É formado em engenharia mecânica pelo ITA, pós-graduado em comércio exterior pela Fundação Getúlio Vargas e MBA em administração de empresas pela USP.

Passou quase toda a vida profissional na Embraer: dos 32 anos que esteve na empresa de aviação, 22 foram em cargos na diretoria.

O posto de presidente foi alcançado em 2007.

Com Frederico Curado como CEO, a Embraer deixou de ser a quarta e passou a ser a terceira maior empresa do ramo no mundo.

A crise econômica de 2008 atingiu em cheio o setor de aviação, com a queda nas vendas de jatos executivos.

Uma das medidas adotadas na empresa para conter a crise foi demitir alguns milhares de funcionários. A ação levou Curado à Brasília para dar satisfação ao ex-Presidente Lula.

Saiu de lá com a garantia de que a aeronáutica investiria no desenvolvimento do cargueiro KC-390.

As realizações conquistadas nas mais de três décadas na Embraer renderam a Frederico Curado, em 2012, o prêmio Tony Jannus, que reconhece os expoentes da área de aviação.

Em 2016, uma crise atingiu a Embraer: a empresa se envolveu em um escândalo internacional de corrupção.

Na época, a companhia reconheceu que pagou propina de US$ 5,97 milhões para funcionários da República Dominicana, da Arábia Saudita e de Moçambique.

De acordo com as informações, o dinheiro foi dividido para contratos de compra e venda de aeronaves em 2007, 2008 e 2010.

Em março de 2016, o jornal norte-americano The Wall Street Journal fez uma reportagem sobre o tema e afirmou que membros da diretoria da Embraer, incluindo Frederico Curado, autorizaram o pagamento de propinas no contrato da República Dominicana.

Depois do escândalo, Frederico Pinheiro Fleury Curado deixou a presidência da Embraer. A empresa diz que a troca já estava prevista.

Entretanto, no período da transição, diversos veículos alegaram que a notícia pegou todos de surpresa e que havia sido repentina.

Curado foi substituído por Paulo César de Souza e Silva.

Em junho de 2017, o conselho de administração do grupo Ultra confirmou o nome de Frederico para a presidência do grupo.

A novidade veio após Thilo Mannhardt, então CEO da empresa, ter externado a intenção de não renovar o contrato com a companhia.

O grupo Ultra é dono de negócios como os postos de gasolina Ipiranga, a distribuidora de gás domiciliar Ultragaz e da rede de farmácias Extrafarma.

Entre os desafios de Frederico Curado no Ultra está manter a companhia na curva de crescimento que já experimenta há anos.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Deixe sua opinião sobre Frederico Curado