Fernando Moreira Salles

  • Nome Completo: Fernando Roberto Moreira Salles
  • Data de Nascimento: 29 de maio de 1946
  • Local de Nascimento: Rio de Janeiro, Brasil
  • Filhos: 2
  • Idade: 72
  • Nacionalidade: Brasileiro
  • Ocupação: Empresário
  • Fortuna: US$ 5 bilhões
  • Estado Civil: Casado
  • Redes Sociais:

Fernando Roberto Moreira Salles pertence a uma das famílias mais ricas do Brasil. Empresário, ao lado dos três irmãos (João, Pedro e Walter), é um dos grandes acionistas do Itaú Unibanco e da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM).

Da família, apenas Pedro Moreira Salles e Fernando Roberto Moreira Salles atuam efetivamente na administração do Itaú Unibanco, como presidente e conselheiro, respectivamente.

Formado pela Fundação Getúlio Vargas, Fernando Roberto Moreira Salles é casado, pai de dois filhos e tem patrimônio pessoal estimado em US$ 5 bilhões, de acordo com o ranking de bilionários da revista Forbes de 2018. É o sétimo bilionário mais rico do Brasil.

Biografia de Fernando Roberto Moreira Salles

Nascido no Rio de Janeiro, em 29 de maio de 1946, Fernando Roberto Moreira Salles é filho de Walter Moreira Salles e Helène Matarazzo.

O império da família começou com o avô, em Poços de Caldas (Minas Gerais), quando foi criada a Casa Bancária Moreira Salles. Mas foi Walter o responsável por transformar o comércio local no Unibanco – gigante banco privado brasileiro.

Fernando Moreira Salles estudou na Fundação Getúlio Vargas. Dentre os irmãos, tem uma das biografias menos conhecidas – uma busca no Google revela que, ao contrário de outros bilionários, não possui uma página no Wikipedia, por exemplo.

Em 2008, o banco controlado pelo clã Moreira Salles tinha valor de mercado estimado em R$ 46 bilhões. Foi quando fundiu-se ao Itaú, dando origem ao Itaú Unibanco, maior holding financeira do país e uma das maiores do mundo.

Porém, o alto patrimônio da família está ligado também a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), maior produtora mundial de nióbio de ferro. Com base na cidade de Araxá, Minas Gerais, a empresa está sob o comando dos Moreira Salles desde a década de 1960.

Embora eles tenham vendidos percentuais para grupos estrangeiros da Ásia (o valor da aquisição é estimado em US$ 4 bilhões), ainda controlam 70% da CBMM.

De acordo com matéria do Valor Econômico de fevereiro de 2018, os negócios fluem muito bem no ramo do nióbio: a empresa espera aumento de 7% nas vendas do elemento em relação a 2017, que já foi um ano de crescimento.

Porém, a participação da família, incluindo Fernando Moreira Salles, não limita-se ao universo bancário e metalúrgico. Eles são, como disse em uma reportagem da GQ Brasil, os grandes mecenas brasileiros.

A contribuição para o ramo das artes é marca registrada. Vai desde de doações de obras à museus, como o MASP, a editoração de revistas como Piauí e Serrote, e fundação do Instituto Moreira Salles.

A criação do prédio situado na Avenida Paulista, em São Paulo, e inaugurado em 2017, contou com aporte de R$ 200 milhões dos irmãos.

Fernando, que é sócio da editora Companhia das Letras, gosta de escrever poesias. Sua esposa, Claudia Moreira Salles, é uma designer de móveis renomada.

Fernando Roberto Moreira Salles é também autor de obras como A Chave do Mar, com 45 poemas, lançado em 2011 pela Companhia das Letras; Ser Longe, de 2003, e Habite-se, de 2005.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
Deixe sua opinião sobre Fernando Moreira Salles