Fabio Schvartsman

Quem é Fabio Schvartsman

Fabio Schvartsman é CEO da multinacional Vale S.A., maior produtora de minério de ferro do mundo e uma das principais operadoras de logística do país. Fabio assumiu o cargo em 2017 com o principal objetivo de liderar a reorganização societária do grupo com a finalidade de alocar as ações em uma carteira de ordinárias voltadas para o Novo Mercado, mais alto escalão da Bovespa, extinguindo assim Valepar, braço que controla a companhia, e deixando o negócio sem controlador até 2020.

O empresário Fabio Schvartsman já trabalhou em cargos de alto escalão de grandes empresas, como o Grupo Ultra e a Duratex, além de ter sido o responsável por finalizar o processo de profissionalização da fabricante de papel e celulose Klabin. Nesse caso, foi o primeiro executivo que não pertence às famílias controladoras a comandar o grupo.

Um dos principais motivos para escolha dele como responsável pela função de presidente foi seu histórico profissional e a sua capacidade técnica.

Fabio é formado em engenharia de produção pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – USP.

De 1985 até 2007 ele fez parte do conglomerado Ultra, período que contribuiu para que o negócio se tornasse um gigante.

No início de 2007 ele foi um dos responsáveis pela compra da rede de postos de combustíveis Ipiranga, ação realizada em conjunto com a Petrobrás e a Braskem.

No fim daquele ano ele encerrou sua trajetória na companhia.

Pessoas próximas contam que ele tinha a expectativa de assumir o cargo de presidência da Ultrapar, função ocupada por Pedro Wongtschowski na época.

Fabio Schvartsman tem perfil traçado como um profissional sério e direto.

Para reverter o cenário que a Vale se encontrava quando assumiu, apostou na diminuição do risco financeiro que a multinacional apresentava, além de tonar a empresa mais previsível para o mercado.

Carreira de Fabio Schvartsman

Fabio Schvartsman nasceu em 1954.

Graduou-se em engenharia de produção pela Escola Politécnica da USP. Também na USP realização sua pós-graduação na área.

Fabio Schvartsman teve seu currículo construído, no geral, por passagens em grandes empresas nacionais de commodities.

Aos 31 anos de idade entrou para o Grupo Ultra. Entidade que permaneceu durante 22 anos, até 2007, quando deixou sua função na empresa após uma série de troca de comandos.

Durante seu período na empresa se destacou – em especial – no processo de aquisição da rede de postos de combustíveis Ipiranga.

Em seu período na Ultrapar foi um dos defensores da compra da petroquímica Copene. Empreendimento que a Odebrecht adquiriu e que deu origem à Braskem, frente com melhores resultados da empresa.

Um ano após sair da Ultra, Fabio assumiu o comando do grupo San Antonio. Empreendimento que se tornou um dos maiores fracassos da gestora GP Investments.

No ano de 2010 o empresário se tornou diretor do grupo Klabin, em um processo de profissionalização da multinacional fabricante de papel e celulose.

Schvartsman foi o responsável por realizar o projeto Puma, maior investimento da história do conglomerado.

Inaugurado em 2016 e com valor de custo estipulado em 8,5 bilhões de reais, é considerado o melhor segmento de celulose do Brasil.

Em 2017 o empresário foi contratado como CEO da mineradora multinacional Vale. Algo que causou um certo murmurinho no mercado.

O conglomerado tem em sua cartilha que os mandatos no cargo durem dois anos, mas no geral quem assume historicamente fica períodos maiores, visto que o setor pede projetos voltados ao longo prazo.

Por exemplo, seu antecessor, Murillo Ferreira, ficou seis anos na posição.

Porém, existe uma “regra” de que o presidente da holding não possa ter mais que 65 anos. Fabio assumiu com 63.

O que se passa nos bastidores é que o empresário foi contratado como nome técnico, com objetivo de arrumar a casa.

Como CEO Fabio Schvartsman é o responsável pela mudança de gestão das ações da mineradora e contornar a crise causada pelo rompimento da barragem da Samarco. Dois temas que estão diretamente relacionados ao faturamento da Vale.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
Deixe sua opinião sobre Fabio Schvartsman