David Einhorn

  • Nome Completo: David Einhorn
  • Data de Nascimento: 20 de novembro de 1968
  • Local de Nascimento: Nova Jersey, Estados Unidos
  • Filhos: 3
  • Idade: 49
  • Nacionalidade: Estadunidense
  • Formação: Ciências e artes
  • Ocupação: Empresário
  • Fortuna: US$ 1,3 bilhão
  • Estado Civil: Divorciado
  • Redes Sociais:

Quem é David Einhorn

David Einhorn é o fundador e presidente do Greenlight Capital, um fundo de investimentos de capital livre, com graus de risco variados. Tornou-se conhecido por conseguir identificar fraudes contábeis em empresas listadas.

David Einhorn criou o Greenlight Capital em 1996 – hoje, a empresa tem cerca de US$ 7 bilhões em ativos.

Na lista da Forbes, que estima quem são as pessoas mais ricas do mundo, ele aparece na posição 1650 em 2018. O patrimônio dele é estimado em US$ 1,3 bilhão.

Ainda em 2018, a revista também elegeu Einhorn como o 18º gestor de fundo de investimento mais rico do mundo.

Trajetória de David Einhorn

David Einhorn nasceu em Nova Jersey, nos Estados Unidos, em 1968.

A veia para investimentos foi herdada de seu pai, que criou a empresa de consultoria Einhorn & Associates e o fundo de capital de risco Capital Midwest Fund.

David Einhorn se formou como bacharel em artes e ciências na Universidade de Cornell.

Criou a Greenlight Capital em 1996, com capital inicial de US$ 900 mil.

Tido como um gênio, ele ganhou muito dinheiro para seus clientes quando apostou contra a bolha do mercado imobiliário dos Estados Unidos.

Mas nos últimos tempos as coisas não têm sido boas para a Greenlight Capital. Entre 2014 e o final de 2017, por exemplo, o fundo apresentou queda de 11,3%.

Para efeito de comparação, no mesmo período, a Standard & Poor’s 500 (S&P 500) teve valorização superior a 33%.

Ao lado do termo gênio atrelado a Einhorn, também está o adjetivo esquisito. Ele é conhecido por ser um profissional pouco simpático aos clientes – e por investir em ações nas quais ninguém quer apostar.

O resultado, segundo se tem sido noticiado, é que investidores estão resgatando seus investimentos da Greenlight Capital.

Um site especializado considerou a situação atual de Einhorn como a de chutar um cachorro morto.

Na primeira parte do século 20, David Einhorn envolveu-se em uma briga pública contra a empresa de investimento de capital privado Allied Capital.

Ele acusou o grupo de inflar suas ações. Em 2007, após ambos terem sido investigados, a Comissão de Valores Mobiliários e Câmbio dos EUA constatou que a Allied quebrou as leis de valores imobiliários relacionados à contabilização e avaliação de títulos líquidos que detinha.

David Einhorn

Como resultado da ação, David Einhorn escreveu o livro Fooling Some of the People All The Time – a Long Short Story (sem tradução para o português).

A cartela de empresas com as quais David Einhorn tem brigado nos últimos anos não para por aí, seja por ataques públicos ou levando para outras instâncias. Entre elas estão Microsoft e Apple.

O executivo é um dos fundadores do concurso virtual de negociação de ações Portfolios with Purpose.

Também conhecido como um filantropo, ele é membro do conselho da The Michael J. Foz Foundation, que investe em pesquisas para encontrar a cura para a doença de Parkinson.

Ainda nessa seara, contribui para a Robin Hood Foundation, que investe para amenizar a situação da comunidade mais carente em Nova York, Estados Unidos.

Ainda que a Greenlight Capital tenha declinado em 15,1% apenas no primeiro semestre de 2018, David Einhorn continua em ascensão patrimonial: a Forbes aponta que ele tem cerca de US$1,3 bilhão.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
Deixe sua opinião sobre David Einhorn