Antônio Luiz Seabra

  • Nome Completo: Antônio Luiz Seabra
  • Data de Nascimento: 1942
  • Local de Nascimento: São Paulo, Brasil
  • Filhos: 4
  • Idade: 75
  • Nacionalidade: Brasileiro
  • Formação: Economista
  • Ocupação: Presidente da Natura
  • Fortuna: US$ 1,5 bilhão
  • Conhecido como: Luiz Seabra
  • Estado Civil: Casado
  • Site Oficial: http://www.natura.com.br/
  • Redes Sociais:

Quem é Antônio Luiz Seabra

Antônio Luiz Seabra é o fundador da empresa brasileira Natura. Empreendimento que atua na área de cosméticos e que é pioneiro em relação a diversas frentes – em especial -, as ligadas ao meio ambiente. Política que está nos valores da empresa desde seu início.

De acordo com o ranking de bilionários de 2018 da revista Forbes, Antônio Luiz Seabra é a 1561ª pessoa mais rica do mundo e 34ª do Brasil, com uma fortuna estimada de 1,5 bilhão de dólares.

Antônio Luiz procurou voltar sua empresa para um modelo de vendas diretas. Prática inspirada – em especial -, na que é executada pela multinacional americana Avon.

Uma ação que deu retorno, visto que Natura está entre os 20 negócios do ramo de cosmético de mais sucesso, na 17ª posição, segundo lista do site Brand Finance.

Único empreendimento brasileiro presente nesse ranking.

Outro fator existente na filosofia do negócio é a noção de pioneirismo em questões não tão comuns no seguimento. O bilionário brasileiro inova, principalmente, quando se trata de assuntos ligados a preservação do meio ambiente.

O fundador da Natura também é proprietário da Bresco, empreendimento voltado para locação de escritórios, hotéis e armazéns.

Antônio Luiz Seabra e religião são dois assuntos que também ganham o noticiário. Sua crença espírita também é um dos fatores pelos direcionamentos da empresa.

Como o próprio fala: “Em vez de disputar em nossas individualidades, acho que todas as pessoas deveriam descobrir o dom da fraternidade”.

Biografia Antônio Luiz Seabra

Antônio Luiz Seabra nasceu no ano de 1942, na cidade de São Paulo.

Desde cedo se interessou pelo ramo das finanças. Com apenas 15 anos trabalhava como calculista de custo indireto na empresa em que seu pai trabalhava.
Período fundamental para que fizesse o bilionário brasileiro tomar gosto pelo universo. Tanto que escolheu cursar economia após o término do colegial.

Concluiu a faculdade e foi trabalhar na empresa de fabricação de computadores “Remington Rand”, local onde permaneceu durante oito anos e saiu como superintendente.

Experiência que influenciou diretamente seus passos seguintes.

Em 1969, com apenas 27 anos, Antônio Seabra e Jean Pierre Berjeaout formaram a “Industria e Comércio de Cosméticos Berjeaout Ltda”.

Nome que duraria menos de um ano, sendo trocado por Natura.

Mudança ocasionada pela presença de componentes naturais na fabricação dos produtos vendidos.

O diferencial inicial era que o Antônio Luiz ia à rua para vender seu produto, isso se dava na forma de consultorias. Experiência que o fez entender as particularidades da área.

“Sempre pensei no dinheiro como um meio de acesso à beleza, à harmonia, não apenas da forma, mas também dos sentidos”, declarou o fundador da Natura certa vez à revista Época Negócios.

No ano de 1979, o administrador Guilherme Leal começa a fazer parte da empresa. Suas ideias e ações foram fundamentais para o crescimento do negócio por todo território nacional, naquele início.

O fundador da Natura sempre buscou que sua liderança fosse guaiada por ideias ligadas à preservação do meio ambiente. Por isso o empreendimento sempre foi administrado através de ideias e ações pioneiras em diversos aspectos.

Por exemplo: foram os primeiros a oferecer refis no setor de cosmético nacional, além de produzir uma série de produtos de carbono neutro, pois sua fabricação causa menos dano à natureza.

Em 2015 a empresa de Antônio Seabra ganhou o prêmio internacional “Champions of the Earth 2015”, na esfera “Visão Empreendedora”, cedido pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente – PNUMA.

O empreendimento emprega quase 1,5 milhão de “consultoras” por todo país, na maioria mulheres.

Porém, as singularidades do faturamento da Natura fazem com o que o futuro da empresa tenha sua complexidade. Algo que nem mesmo Antônio Luiz Seabra tem controle.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
Deixe sua opinião sobre Antônio Luiz Seabra