Ana Lucia Villela

  • Nome Completo: Ana Lucia de Mattos Barretto Villela
  • Data de Nascimento: 1974
  • Local de Nascimento: São Paulo, Brasil
  • Filhos: 2
  • Idade: 44
  • Nacionalidade: Brasileira
  • Formação: Pedagogia
  • Ocupação: Presidente do Instituto Alana
  • Fortuna: US$ 2,2 bilhões
  • Conhecido como: Ana Lucia Villela
  • Estado Civil: Casada
  • Site Oficial: https://alana.org.br/
  • Redes Sociais:

Quem é Ana Lucia Villela

Ana Lucia Villela é uma das maiores acionistas da holding Itaúsa, empresa que detém posse majoritária sobre o controle, por exemplo, de gigantes como o Itaú Unibanco e Duratex. Marcas fundadas pelo seu bisavô, Alfredo Egídio de Souza Aranha. Ainda assim seu investimento de longo prazo está ligado a outro assunto. Ana é presidente do Instituo Alana.

De acordo com o ranking de bilionários de 2018 da revista Forbes, Ana Lucia Villela é a 1103ª pessoa mais rica do mundo e 25ª do Brasil, com uma fortuna estimada de 2,2 bilhões de dólares.

Ana Lucia tem o maior controle das ações da Itaúsa, junto de seu irmão mais velho – Alfredo Egydio Arruda Villela Filho.

Porém, suas principais atividades são voltadas para o Instituto Alana.

Projeto iniciado pelos irmãos em 1994, com o objetivo de contribuir com o crescimento de crianças que vivem em áreas de carência.

Com características que fogem do comum da área, Ana é atuante em relação à temas complexos, como na luta contra publicidade e consumo direcionada a crianças.

Batendo de frente com muitos empresários do alto escalão. Sua fama no meio é de “rebelde”

Mesmo ausente do dia a dia, Ana ainda participa de algumas ações ligadas a holding, entretanto seu irmão é quem tem maior atuação e poder de decisão do grupo da família Villela.

Biografia de Ana Lucia Villela

Ana Lucia Villela nasceu na capital paulista, São Paulo, no ano de 1974.

Com apenas oito anos perdeu seus pais, Alfredo Villela e Maria Silvia, em um acidente de avião.

Então ela e seu irmão, quatro anos mais velho, foram criados por seus tios Alberto e Elena.

Após o término do ensino médio, Ana entrou na faculdade de pedagogia da PUC-SP. Foi nessa época que conheceu a ideia de que “todo ser humano tem potencial, falta só uma aposta naqueles que não tiveram chances”.

Filosofia transmitida por seu professor de graduação, Paulo Freire. E que influenciou diretamente em sua formação, como a própria afirma.

Com apenas 20 anos, em 1994, Ana Lucia se deparou com um problema ligado à uma área de posse da família que estava sendo ocupada.

O terreno, localizado no Jardim Pantanal, Zona Leste de São Paulo, propriedade da família Villela, estava sendo habitado por milhares de famílias pobres.

Em conjunto com o irmão, eles não buscaram reaver posse da área. E foi realizado um trabalho de melhorias na área para os moradores.

A ideia era investir em um projeto de impacto social, visando – em especial-, o futuro dos jovens daquela região. Surgia assim o Instituto Alana, organização nomeada com o início do nome dos dois irmãos.

Ana Lucia Villela buscou investir na educação dos jovens que ali viviam. Proporcionando um ensino de qualidade.

Junto do crescimento do projeto, seu desejo de ser parte ativa da Itaúsa foi diminuindo.

Após três anos de terapia em conjunto com Alfredo Filho, ela cedeu o poder das decisões sobre a holding Itaúsa ao irmão.

Com a evolução do projeto do Jardim Pantanal, seu foco começou a ir para outras áreas.

Em 2006 Ana lançou o projeto Criança e Consumo. Uma frente que combate marketing voltado para crianças.

Uma ação que fez a bilionária arrumar conflitos com empresas como Coca-Cola e McDonald’s.

Em paralelo com a quebra anual de recordes de faturamento e lucro do Itaú – negócio mais rentável da holding -, Ana Lucia Villela têm seus projetos sociais, em especial o Alana.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
Deixe sua opinião sobre Ana Lucia Villela