Economia

Zeina Latif: O risco de uma frustração grande na economia diminuiu

0

A economista Zeina Latif, que anunciou sua saída da XP Investimentos, afirma que vê uma forte recuperação da economia em 2019, mas salienta que o país precisa de um maior crescimento. Em entrevista ao jornal “O Globo”, Latif salienta a importância das reformas no Brasil.

Segundo Zeina Latif, “o risco de ter uma frustração muito grande diminuiu”. No entanto, para ela, é importante que o País não se acomode com a recuperação vindoura, à luz da recessão que o Brasil passou.

Questionada por que esse risco caiu, Latif afirmou que “estamos falando de um país que está conseguindo, diferentemente dos anos anteriores, se beneficiar com o corte de juros. Vimos um esforço enorme do Banco Central (BC) no governo anterior que reduziu a taxa Selic de 14,25% ao ano para 6,5% e mal se viu o impacto na economia”.

Atualmente, a taxa básica de juros da economia está em 4,5%, menor patamar na sua série histórica.

A economista frisa que, para o Brasil voltar a crescer, precisa de reformas.  “Acelerar com reformas mesmo que elas não tenham impacto rápido para que esses 2%, 2,5% se consolide e, mais do que isso, consiga acelerar e voltar a crescer em linha com o mundo”, disse.

Confira: Produção industrial recua 1,2% em novembro frente a outubro, diz IBGE

Ela justifica a necessidade dessas alterações estruturais dizendo que “estamos colhendo os frutos do corte de juros. Sabemos que, em algum momento, o Banco Central vai ter que subir juros, talvez ainda em 2020. O fato é que o efeito do corte de juros tem uma hora que é superado”.

Quando questionada acerca da queda da produção industrial em novembro, Latif diz que ainda existem “setores da economia com problema grave de baixa produtividade e, portanto, de competitividade, que vão ficar pra trás”.

“Não é o corte da Selic que vai resolver o problema da indústria. O setor de uma forma geral está com problema grave de competitividade”, disse a economista.

Saída da XP Investimentos

A economista anunciou, no dia 8 de janeiro, que deixará o cargo de economista-chefe da XP Investimentos. Latif está na instituição há cerca de seis anos e passará a atuar no papel de consultora em um processo de transição que durará os próximos meses.

A especialista tem 52 anos e é considerada uma das mulheres mais influentes do Brasil na economia. Latif é doutora em economia pela Universidade de São Paulo e possui passagem por diversos bancos como:

  • HSBC
  • ING
  • Royal Bank of Scotland

Em nota, a XP declara que a decisão da economista foi completamente pessoal. “A empresa manifesta o seu profundo agradecimento por toda dedicação e deseja sucesso em seus novos desafios. Com toda a sua capacidade intelectual e analítica, Zeina Latif teve papel relevante na consolidação da XP como a principal empresa de investimentos do país”.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Jader Lazarini
Jader Lazarini escreve sobre mercado financeiro, política e economia para o portal de notícias da Suno Research. Anteriormente, trabalhou na Unidas. Estuda Relações Internacionais na Universidade Anhembi Morumbi.