YDUQS (YDUQ3) finaliza compra do grupo Athenas

YDUQS (YDUQ3) finaliza compra do grupo Athenas
YDUQS (foto: divulgação)

A YDUQS (YDUQ3) informou, na manhã desta terça-feira (28), que finalizou a compra integral do grupo educacional Athenas na última segunda-feira (27). A informação foi divulgada por meio de um fato relevante.

Segundo a YDUQS, foram pagos R$ 106 milhões à vista na operação. Além disso, no quinto aniversário do acordo, os antigos controladores do grupo Athenas receberão mais R$ 14 milhões da controladora da Estácio. A aquisição foi realizada através da subsidiária IREP Sociedade de Ensino Superior, Médio e Fundamental.

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou o negócio no início deste mês. Por mais que ambas as companhias atuem no mesmo segmento do mercado, a autarquia entendeu que o negócio não deve prejudicar a competitividade de outros agentes do setor.

Suno One: o primeiro passo para alcançar a sua independência financeira. Acesse agora, é gratuito!

O acordo também prevê um pagamento adicional para os cursos de medicina em R$ 600 mil por vaga autorizada, totalizando um valor potencial de R$ 180 milhões na negociação.

O grupo Athenas foi fundado em 1990 e possui cinco instituições localizada nas seguintes regiões:

  • Rio Branco (AC)
  • Ji-Paraná (RO)
  • Rolim de Moura (RO)
  • Pimenta Bueno (RO)
  • Cáceres (MT)

Ao todo, a Athenas contabiliza nove mil alunos e um portfólio de 67 cursos de graduação, cursos técnicos superiores e programas de pós graduação na modalidade ensino à distância (EAD).

De acordo com um fato relevante divulgado pela YDUQS no início de junho, a Athenas apresentou, em 2019, uma receita líquida de R$ 94,5 milhões. O Ebitda (lucro ates de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado foi de R$ 15 milhões.

“O Grupo Athenas possui ótima qualidade de ensino, excelente infraestrutura e exposição em praças de alto crescimento no segmento presencial e significativa oportunidade no ensino digital”, informou a companhia.

YDUQS lucra R$ 167,8 milhões no primeiro trimestre

O lucro da companhia no primeiro trimestre deste ano foi de R$ 167,8 milhões, representando  uma queda de 30% em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados no início de maio.

A receita da Yduqs registrou queda de 1%, para R$ 923,3 milhões. Isso porque, segundo a empresa, houve um recuo na base de alunos que usam o programa de financiamento estudantil (FIES). A companhia também atribuiu a baixa ao “aumento na agressividade comercial” em algumas praças.

Veja também: Yduqs fecha aquisição da Adtalem por R$ 2,2 bilhões

“Adicionalmente, o segmento presencial foi impactado pela desaceleração da captação com o início do período de quarentena”, afirma a Yduqs em seu relatório divulgado junto ao balanço.

Por outro lado, a base total de alunos da YDUQS registrou alta de 12,7%, totalizando 632,5 mil estudantes. A modalidade EAD apresentou um salto de 40,8% por conta da medidas para combater a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião